Carregando...
Colunas

Vídeo Gamecídio Indie: Odallus – The Dark Call

Fala galerinha do Girls of War beleza? O Vídeo Gamecídio dessa vez vai começar um especial bem legal com jogos independentes, de preferência brasileiros (mas os gringos também serão bem vindos). Os jogos mostrados aqui não precisam estar finalizados, mas devem possuir – no mínimo – uma demo jogável.

E o primeiro game da série é o “Odallus – The Dark Call”, da desenvolvedora brazuca JoyMasher. O pessoal da Joy (apelido carinhoso que eu criei) inclusive já apareceu por aqui para apresentar o Oniken, que é muito legal e difícil pra kct!

A história: Em busca de Poder Supremo, um Senhor das Trevas e seu exército maldito estão devastando uma terra antes pacífica, destruindo vilas e deixando viva nenhuma boa alma. Para acabar com essa carnificina, o guerreiro chamado Haggis deve mais uma vez brandir sua espada já suja de sangue e derrotar o Senhor das Trevas. Odallus é a história de Haggis na forma de um jogo clássico num universo dark fantasy.

Gameplay: Odallus é um jogo de exploração inspirado em clássicos no NES com muita ação. O game será dividido em estágios, mas cada um deles é alinear e terá caminhos diversos, com diferentes itens e upgrades. Entretanto, os caminhos em Odallus estão infestados de demônios e armadilhas, de forma que o jogador deve estar sempre atento (até porque os bichos ressuscitam!).

O vídeo abaixo é de uma demonstração do jogo e vocês também podem baixá-la AQUI.

O jogo está participando de uma campanha para arrecadar fundos para ser finalizado. No site IndieGoGo,você pode ajudar a galera da JoyMasher fazendo uma doação. Ah, não esqueça também de votar no game na página do Steam Greenlight, para que ele possa ser vendido na loja do Steam também! Go Go indies!

[nggallery id=3]

16 comentários
  1. Danilo Dias

    Opa muito obrigado Vivi e toda a equipe do Girls of War pela matéria e pelo video! =D
    Eu terminei de ver o video aqui e notei que você teve um probleminha na tela de game over, o jogo parou de responder e você não conseguiu voltar. Outras pessoas nos relataram esse problema e parece que é uma falha com os controles na tela de game over. Fizemos algumas modificações e o problema agora está 100% resolvido! =) É só baixar a demo novamente. Quando ocorre game over você irá perder os checkpoints mas as chaves, relíquias e dinheiro vão continuar.
    Muito Obrigado novamente!

  2. Firenando

    Vivi pobretona, não tem dinheiro nem pra sopa! Daqui a pouco está vendendo o almoço pra comprar a janta! XD

    Eu gostei do jogo tbm, estes games antigos irritavam mesmo, mas eram muito divertidos. O cenário ficou legal, o visual dos monstros também, só que quando vi o protagonista pela primeira vez lembrei de um Thundercat! oO E o game over com a espada e chamas no fundo é muito intro de Diablo I pra não ter tido inspiração. rs

    Eu também não gosto muito de fases na água Vivi! See ya!

  3. Leonardo

    Ah, mal vi o sprite da personagem, me lembrou logo do Trevor Belmont (fui o único que as ver os blocos pesados se lembrou de Saint Seya?).
    Depois do Oniken, este parece mais um óptimo exemplo do regresso ao retro. Adorei as cores do cenário e os próprios e a música também está boa. O menú é simples mas eficaz; os inimigos são desafiantes.
    Concluindo, está um óptimo trabalho.

    Ahahaha, se as fases de água já são uma pain in the ass, então com gelo pelo meio fica mortal! Gostei deste video gamecídio.

    1. Shaka

      Agora que vc falou eu fiquei pensando, será que os blocos de Saint Seya eram feitos de aerolitos pq eles conseguiam carregar nas costas, né?
      É desse bloco que vc estava falando?

      1. Leonardo

        Esses mesmo! No vídeo dá para ver que tem o rosto de um monstro e um puxador, logo me veio à cabeça os blocos/caixas das armaduras de Saint Seya!
        Hum, creio que parte do mérito em ser Cavaleiro devesse estar em conseguir carregar aquilo, porque um bloco de puro metal não deve ser coisa fácil XD

  4. Shaka

    “Essa coisa fálica e descontrolada”
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk, Vivi mente poluída.

    Bicho chato do inferno esse roxo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *