Carregando...
Notícias

Mass Effect: 18% dos jogadores escolhem versão feminina de Shepard

Segundo a BioWare, jogadores que usam a versão padrão, oferecida pelo próprio game, do Comandante Shepard são raros. O estúdio diz ainda que meros 13% dos jogadores escolhem a versão comercial do Shepard masculino. O restante dos 87% padronizam seu personagem (assim como eu) mudando a aparência, cabelo, classe, gênero, ou seja, extreme makeover total!

Quem falou sobre esses dados, de acordo com o site GameInformer, foi o diretor de marketing da BioWare (me contrata! rs) David Silverman. Durante a entrevista, Silverman fala em particular sobre a versão feminina de Shepard, da qual é escolhida por 18% dos jogadores. Mesmo assim, a empresa nunca mostrou nenhuma peça promocional de Mass Effect com a versão feminina até hoje e é sempre aquele sem sal do Shepard com cara de Mark Vanderloo.

No entanto, a BioWare disse que isso está para mudar em breve, com a aparição da Shepard mulher em um trailer que está por vir de Mass Effect 3 e também na caixa da edição de colecionador do jogo (que irei vender a alma para comprar, se necessário! rs).

Silverman disse que ficou surpreso com o aumento do interesse pela Shepard, mas isso também é algo que o time de desenvolvimento já havia abraçado. “Não existem muitas heroínas nos games em geral, então isso é algo que as pessoas podem comemorar”, disse. “Jannifer Hale faz um trabalho absolutamente maravilhoso dublando a voz da Shepard, as pessoas realmente se sentem ligadas a personagem”.

Particularmente, já fechei os dois primeiros games da série com a versão feminina e masculina do Shepard e a interpretação meio robótica de Mark Meer (que faz o Shepard masculino) não me convenceu até hoje. Do contrário dele, a versão feminina dá um show e dá até vontade de você pular na Normandy, durante as batalhas finais, quando a Shepard faz seu famoso último pronunciamento pré-batalha à tripulação.

E vocês, qual versão preferem?

51 comentários
  1. Kowagaru (Darkhealm)

    Sempre ouvi falar que a Sheppard tinha uma dublagem muiot mais viva e forte que o Male Sheppard, mas sempre joguei com meu Sheppard barbudo =P (E isso foi depois que Dragon Age 2 saiu… ENtão o nome dele? Hawke Sheppard…

    Mas graças ao seu artigo me pintou uma vontade de jogar tudo de novo com Fem Sheppard (Vontade que vai embora logo quando penso em jogar o 1 + 2 com ela e gastar mais 50 horas de jogo)

    Talvez seja isso que eu tenha sentido falta quando comparei a voz do Male Hawke com Male Sheppard. Male Hawke tem uma voz muito melhor colocada que o Male Sheppard [+ Off topic]

    1. Vivi Werneck

      Não precisa nem terminar os 2 jogos novamente. Jogue só um pouco com a Shepard feminina que você já vai sentir a diferença na interpretação.

  2. Leandro Tonetto

    Nem conheço tanto sobre Mass Effect tenho que pega firme nos dois pra pegar o 3.
    Um jogo que quero ouvir falar muito por aqui é o The Elder Scrolls V: Skyrim to loco por esse jogo *.*

      1. Roberto Vasconcelos

        Btw, como faço pra deixar minha Jane gata assim? As opções do primeiro jogo são muito parcas; no segundo não sei, pois ainda não joguei.
        E Jennifer Hale, casa comigo, sua linda! xD

  3. Jhun

    Eu sempre jogo primeiro com a versão masculina padrão mesmo, pra me decepcionar logo. Mas após terminar o game (já não aguentando mais jogar com o Shepard Comercial) finalmente é chegado o momento de jogar com Female Shepard. Aí sim eu digo que estou realmente jogando Mass Effect. Kra, Jennifer Hale faz um trabalho simplesmente espetacular. Como já comentei em outro post, ela faz um trabalho espetacular dublando uma personagem que não tem uma aparência definida. Isso deve dificultar demais o trabalho do dublador. Mesmo assim, a dublagem dela é digna de admiração.
    Sinceramente, acho que Female Shepard tinha que ser a verdadeira cara do jogo. A mulher mais badass de toda galáxia.

  4. Fernando

    Sou muito mais a versão feminina. Ela sempre me pareceu ter mais carisma, talvez pela dublagem melhor. E, obviamente, eu fiz minhas mudanças na Shepard “padrão”, e me apeguei tanto ao personagem que agora, pra mim, a Shepard “padrão” é a minha…

  5. Hélio

    Particularmente, se eu fosse jogar Mass Effect, usaria o Shepard normal. Sei muito bem q os desenvolvedores da Bioware estão tentando dar cada vez mais liberdade de customização e caminhos paralelos aos jogadores, mas eu continuo com a minha linha de pensamento de sempre: cadê aquela sensação de que o personagem é único, não um robozinho q eu mudo e que não tem personalidade? Não me identifico com essa história de EU TER QUE DAR A PERSONALIDADE ao char, prefiro q ele já tenha um histórico independente de mim. Fico pensando se alguém ainda vai lembrar do Shepard daqui a dez anos. Em compensação, todo mundo sabe quem é Cloud, Terra, Squall, etc. Pq? Pq eles têm personalidades marcantes e definidas. Não aceito isso, acho q personagem de videogame tem que ter um jeito único q te faça não esquecer dele. Char genérico de WRPG te diverte muito na hora, mas depois q vc acaba, ele é igual a um avatar criado no LBP, ninguém mais lembra nada de marcante nele. Sei q o enredo pode ser interessante, mas o personagem em si… Realmente não engulo. E minha implicância não é só contra os ocidentais, eu tbm não suportei Phantasy Star Universe pq vc não tinha um personagem com individualidade e trejeitos únicos, ele era só um instrumento, só mais um zé ninguém customizado q eu dirijo pra onde eu quiser.

  6. Fabio Sooner

    Meu problema é sempre uma questão de identificação. Sempre que posso personalizar, eu crio uma hiper-versão de mim mesmo (obviamente, apenas no sentido estético). Em jogos de terceira pessoa, isso ajuda na imersão, em achar que sou eu que estou lá. Esse fio de corte, obviamente, também vale para as atitudes do personagem dentro do jogo, os diálogos escolhidos, etc.

    Mas um dia eu vou jogar com uma Shepard, com certeza. A merda é justificar para si mesmo gastar 100 horas de novo com os dois jogos quando nesse tempo eu consigo terminar de 5 a 10 jogos na fila… :/ Mas um dia vai, nem que seja depois de jogar o 3.

    1. Vivi Werneck

      Fabio, também essa mania de tentar caracterizar meu char o máximo possível para que se pareça comigo. Engraçado essas coisas né? Por isso mesmo acabei de raciocinar que nunca “modelei” uma personagem (na primeira vez jogando um game) que não fosse morena, branquela e com cara de marrenta. Por que será? rsrs

  7. Marcelo Martins

    Achei essa decisão da Bioware sensacional. Joguei o demo do ME2 com Shepard mulher e achei muito curioso. Tomara que vire uma tendência, já que é uma das coisas que pode aumentar o interesse das mulheres pelos jogos. Essa indústria PRECISA de mais mulheres.

    1. Hélio

      Como alternativa para as mulheres se interessarem por games, até é uma boa ferramenta. Mas ainda acho q personagens icônicas como Terra de FFVI, Lara Croft, Aya Brea e Jill Valentine são melhores do q simples avatares genéricos.

      1. Jhun

        Por essas e outras que eu gostaria que Female Shepard não fosse um avatar genérico e sim um personagem pré-definido. Na verdade eu preferia que fosse dela o posto de protagonista do game e não o Male Shepard.
        A grande questão é que, devido o trabalho espetacular de Jennifer Hale Female Shepard, mesmo sendo um avatar genérico, ganhou destaque. Pena que isso seja mal aproveitado. =/

        1. Hélio

          Ah, isso sem dúvida, Jhun, a atuação nos games está melhorando muito e isso só nos traz alegria. Muito tbm por causa das minúcias q só a geração atual consegue proporcionar, como expressões faciais mais realistas, movimentos corporais reais graças ao motion capture, etc. Só acho q a personalidade é uma coisa insubstituivel. Por exemplo, é óbvio q eu tbm gosto do Snake por ele ter essas habilidades de luta fodas e se virar sozinho contra tantos soldados. Mas eu gosto dele PRINCIPALMENTE por ser um personagem tão profundo que tem dores no seu passado e presente, um personagem que é sim um grande herói mas que rejeita esse título e sabe que o mundo real (pra ele, o universo dele é real rsrs) não é simples de salvar como em histórias mais fantasiosas. O Snake lida com dilemas morais, transformações de personalidade por causa da política, da ética e dos problemas q ele enfrenta. Enfim, é dessas coisas, entre outras, que eu sinto falta.

  8. JP AdmMelhorFinal

    Quando jogo um game que me permite customizar o personagem, eu sempre aproveito a chance para esculachar geral, hehe. Quase nunca levo a sério. É só uma bobagem; acho que isso vem desde a época em que jogava The Sims 2, quando eu disputava na net quem criava o sim mais feio. Ainda posso me lembrar de quando criei meu personagem em Dragon Age Origins, e consegui fazer um ET cabeçudo, narigudo e totalmente desproporcional. Foi hilário, e eu ainda joguei com ele.

    Mas aí está: eu NUNCA criei uma fêmea quando tinha a oportunidade de criar um ser masculino. Vou experimentar e ver se fica legal.

    PS: Jamais tentei modelar um personagem para que se parecesse comigo. Seria injusto na disputa pela criação do personagem mais feio. huahuahuahua

  9. danilo

    tb jogo com a versão feminina! kkkkk eh muito mais interessante jogar nessa versão ainda mais que a visão é de terceira pessoa… haeuaheuaheuhe

  10. Alice

    Customizar é uma coisa engraçada pra mim. Se eu gosto do jogo e, consequentemente, do personagem, eu não consigo avacalhar com ele. Se for um Mii, beleza, mas eu acho que eu nunca iria conseguir começar um Ocarina of Time batizando o Link de “Filomena” sem ter tiques nervosos depois.

    Agora, se eu fosse jogar Mass Effect 2 (sim, eu ainda não joguei…tenho que resolver isso rápido), com toda a certeza eu iria escolher a versão feminina, até porque, pelo jeito, a Jennifer Hale fez um ótimo trabalho.

  11. Amyr L.

    Wait? Jeniffer Hale dubla a Shepard?…..Não vou jogar de female, não vou jogar de female, não vou jogar de female…..

  12. Fabão

    eu sou um dos 13 q usa o sheppard padrão, acho massa poder customizar e talz, mas me dá muita preguiça… as vezes quero começar a jogar logo e não tenho saco pra ficar customizando personagem…

  13. Elton BM

    Sempre tive Minha Shepard. Sempre que posso, jogo com avatares femininos: Fallout 3, Oblivion, ME… Realmente são raros os personagens femininos, pelo menos principais. Se tão poucos usam a versam feminina, será que quer dizer que ou a maioria dos jogadores é masculino e quer ver um homem no jogo e que as moças TAMBÉM querem ver um homem no jogo. Que coisa engraçada.

  14. Marcel

    Eu geralmente começo com um char homem quando não sei aonde estou pisando no jogo(período de adaptação), após ter uma certa ideia do que fazer, eu crio um char definitivo, e 90% das vezes é uma mulher(FAllout, Dragon Age, DUngeon Siege II…), acho interessante a ideia de uma mulher enão o homem sair por aí sendo a badass do pedaço rs.

  15. Gilberto

    ainda não criei um char feminino no Mass Effect, mas fala sério, as fotos no ínicio do post, shepard ta parecendo um travesti. hashdjhfjdfas

  16. Shaka

    A primeira vez que eu joguei foi com o Shepard homem, a segunda com ele mulher e a terceira vez com uma mulher que eu criei. Eu gosto dos 2, não consigo decidir qual prefiro jogar.
    Normalmente eu não tento fazer o personagem parecido comigo, e quando tem opção de mulher eu sempre faço o mais atraente possível, não sei pq.

  17. Raul Ghost

    ja eu tenho o mesmo problema do Fabio Sooner e da Vivi eu sempre faço um personagem o mais parecido possivel comigo por isso acabei gostando mais do Male Shepard, eu ate zerei o primeiro ME com a Female Shepard, mesmo a dublagem sendo mais bem feita eu prefiro jogar com o Ghost Shepard pq gera muito mais emoções pra mim

  18. Beatriz

    Eu gosto de ambas as versões, eu tenho um save com um Male Shepard e outro com uma Female Shepard só esperando pelo ME3. Eu adorei jogar com ambos, e realmente, tentei fazer uma Shepard parecida comigo, a voz da Jennifer Hale caiu tão bem para a minha char quanto a voz do Mark Meer para o Shepard que eu customizei. Eu consegui me envolver com a história em ambos os gameplays e mal posso esperar para continuar a saga dos meus Shepard’s nesse jogo épico.

  19. Kinrpg

    Prefiro ver uma bonita bunda feminina, mesmo que virtual. Voto na versão feminina. alem disso nos jogos em ação como o modelo feminino é geralemente menor que o masculino vc ganha um pouco mais de campo de visão alem de mais agilidade.

  20. Bowie

    Ja finalizei os games de umas 4 formas diferentes, com opções diferentes, e caminhos diferentes, uma delas é uma versão feminina personalizada, particularmente não curto a Sheppard Fem, pq nunca consegui deixar ela bonitinha (apesar da dublagem ser um show) XD… O visual padrão é estranho e nunca consigo dar as formas faciais que quero. No fim acabo fazendo mesmo uma versão idealizada de mim mesmo nos Sheppards male. 🙂

  21. Sovereign

    Ainda nao joguei o mass effect, mas qdo tiver tempo pra iniciar, sera de Sheppard mulher. No halo reach, escolhi personagem femenino.

  22. Júlia Oliveira

    Só pude jogar até agora, infelizmente, o demo de ME2. Nele eu joguei com o male pois os CGs iniciais mostravam um homem, o que pra mim é uma pequena falha pois acho que as CGs deviam acompanhar a escolha do gamer! Outra pequeno detalhe é que eu acho que deveriamos poder customizar o personagem a partir da estrutura original, tipo aumentar a barba, colocar cicatrizes, mudar a cor do cabelo mais mantendo o rosto.

    Minha opnião é meramente baseada na demo, portanto não sei se no jogo mesmo isso é possível, já que demos são sempre limitadas.

  23. diagoraz

    Concordo com o 1º post do Hélio. Odeio jogo onde o personagem é um mero avatar e até o nome é customizável. O personagem n precisa ter a minha aparência pra q eu me identifique mais ou menos. São minha ações q definem o qnto eu me identifico, e no ME isso é perfeito. Tá, legal ter sempre a opção, já q cada um pensa de um jeito, mas jogo com personagem genérico pra mim n dá certo. No ME2 acho q o problema com A Shepard ficou por conta da modelagem da personagem. É nítido q n houve a mesma dedicação na construção da fêmea, q foi compensada na dublagem. Deve ter dado mto trabalho fazer duas trajetórias distintas pra cada sexo, então pq não caprichar mais na modelagem padrão da fêmea, né? Melhor ainda seria se houvessem 2 personagens distintos na trama, um homem e uma mulher, e q cada um deles tivesse seu próprio enredo (meio Resident Evil 2). Seria como ter 2 jogos em 1. Terminei ME e ME2 importando o personagem do ME, ambos com O Shepard padrão e full Paragon (Soldier é ultra melhor de se jogar por sinal). Pretendo ver A Shepard ‘Má’ agora ;D

    1. Bowie

      Discordo, no ME1, Soldier era infinitamente melhor que todos os outros. No ME2 o Adept é o melhor, uma bolha de Singularity bem colocada e usada na hora certa tanto vira uma barreira impenetravel qto uma arma que dizima hordas de inimigos. 🙂

  24. Gabi

    Não lembro exatamente o meu por que mas jogo com o shepard padrão mesmo. Mas imagina que seja um combo preguiça+tara pra começar a jogar. Mas fiquei até com vontade de montar uma personagem e jogar tudo de novo.

  25. Kado

    Sem dúvida nenhuma prefiro a minha versão feminina. A versão masculina padrão não tem carisma, e mesmo que eu tente criar uma versão masculina, não fica legal, completamente o oposto da feminina. Mass Effect é um dos melhores jogos do XBox 360, pode apostar!

  26. Alessandro

    Para mim funciona assim, não mudo nome do personagem principal nunca e dos coadjuvantes muito pouco, prefiro manter as características padrão mesmo, principalmente se o jogos for no estilo RPG, agora entre Masculino e Feminino falando em Shepard, jogo com o masculino, porem ja tentei si for pra jogar com a Shepard para mim não muda nada, só escolho o comandante pq é ele que vem na capa sempre.

  27. Marcela

    Concordo com você, Vivi. A FemShep é muito mais emocionante, pelo menos, em quesito voice action, bem melhor que o MaleShep, que também achei meio robótico. Outra voz que adoro é do Garrus, muito bom. Adoro esse site, parabéns!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *