Carregando...
Notícias

Far Cry Primal: série Far Cry se passará na Idade da Pedra

far-cry-primal

Mamutes, tigres dente de sabre, lanças de pedra, arco e flecha… Pois é minha gente, para você que achava que a série Far Cry “tradicional” já era, por si só, uma viagem de ácido e ópio, imagina agora que ela te levará para a Idade da Pedra. Irado!

Em Far Cry Primal, você agora será Takkar – um caçador experiente e último sobrevivente da sua tribo (pra variar você precisa estar bem ferrado no início). O jogador irá encarar o mundo aberto e as selvagens terras de Oros. Seu objetivo? Advinha! Sobreviver a hordas de mamutes, inimigos de outras tribos, tigres e (possivelmente) alguma coisa sobrenatural, temática sempre explorada em jogos da série. Voto em alguma aparição de ETs.

far-cry-primalPara sobreviver nas inóspitas terras de Oros (sem internet, o que é pior), Takkar precisará criar ferramentas, usar ossos de animais, caçar, dominar o fogo, afastar animais selvagens e lutar… Praticamente com tudo pelo caminho.

“A Idade da Pedra é o ambiente perfeito para Far Cry”, disse Jean-Christophe Guyot, diretor criativo da Ubisoft. “Normalmente, os games da série colocam o jogador no topo de um mundo conhecido, em um belo cenário, sem regras e com desafios selvagens. Já a Idade da Pedra é uma época de fronteira para a humanidade, em que os homens marcam presença na Terra e tomam o espaço para si, subindo na cadeia alimentar”.

Far Cry Primal tem previsão de lançamento para 26 fevereiro de 2016 para PS4 e Xbox One. Os PCs ganham o jogo também, só que em março do ano que vem. Minha expectativa? Que usem essa “volta no tempo” para inovar mais no gameplay dessa vez. Afinal de contas, na Idade da Pedra não existe nenhum rifle sniper overpower (que sempre salva vidas, diga-se de passagem).

Ah, já tem trailer também. Confira abaixo:

5 comentários
  1. Marcelo Sarmento

    Gostei muito da idéia. Acho que a série meio muito boa, mas muito repetitiva. E, na minha opinião, se saisse um jogo muito parecido com FC 3 e 4 ia acabar não tendo a mesma recepção dos anteriores. Mas estão tendo a chance de inovar numa série que tende a ficar batida. Espero que não decepcionem.

    PS. Tive um Horizon: Zero Down feelings.

    1. Vivi Werneck

      Pois é. Curto muito a série, mas a mecânica tem sido a mesma só mudando a “roupagem”. Agora vamos para a Idade da Pedra e acredito que, com isso, várias restrições para armas e outros artifícios técnicos também.

  2. Shadow Geisel

    Gostei bastante dessa ideia. Farcry 3 foi um jogo excelente, que eu joguei compulsivamente. O 4 ainda estou jogando mas não bateu aquela vontade louca de continuar, pois o tipo de ambientes e situações que ele traz já estão começando a passar aquele sentimento de de ja vu na franquia. O fato da Ubisoft mudar completamente a perspectiva da série é um sinal de que ela está aberta a mudanças, e tem a noção de que não pode deixar as coisas ficarem estagnadas.

  3. Shadow Geisel

    Concordo com o Marcelo. Far cry é uma das poucas séries (assim como The Elder Scrolls e Fallout) que se esforçam em se reinventar a cada capítulo. Adorei o FC3 e jogo até completar tudo. O 4 ainda não bateu aquela vontade, pois achei ele muito parecido com o terceiro. Vamos ver se a Ubisoft consegue inovar.

  4. Leonardo

    Nunca joguei Far Cry mas creio que tal anúncio depois de Horizon é algo…repetitivo, ainda que não seja futurista. Preferia que a Ubisoft tivesse dado seguimento ao “Osiris” pois parecia algo mais interessante e inovador. Infelizmente o Yves já tinha dito que a Ubisoft já só aposta em jogos que possam tornar-se em franquias e isso significa serem anuais, fazendo algumas plásticas…Até no AC Syndicate, as animações do Jacob serão reutilizadas das do Arno!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *