T-Virus’ Rise: Resident Evil (PSX)

Tags: chris redfield, jill valentine, rebecca chambers, Resident Evil, resident evil director's cut, resident evil remake, Wesker

Por Old Clarice

residentevilmansion-1

No anos 90, Resident Evil foi, sem dúvidas, o pioneiro do Survival Horror. Alguns anos antes contávamos com clássicos como Alone in the Dark e Sweet Home, este último em que Resident Evil foi baseado.

Rebecca, sobrevivente do Bravo Team, no remake.Enviados à uma missão nas Montanhas Arklay – ao norte de Raccon City – para investigarem suspeitas de canibalismo, o time Bravo sofre um acidente com o helicóptero, em decorrência de mal-funcionamento do mesmo, e começa a procurar evidências de tais acontecimentos. Após um curto período de investigações, perdem contato com a base e o time Alpha é enviado em uma missão de resgate e, infelizmente, restos mortais de alguns membros de Bravo são encontrados, assim como os responsáveis pela carnificina: Dobbermans famintos, cujos corpos desfigurados e com músculos e ossos expostos têm força o suficiente – ou até mais que o normal – para começar a caça aos membros do Time Alpha, pertencentes à S.T.A.R.S, assim como  o Time Bravo. Fugindo dos cães, correm até a Mansão Spencer, onde acreditavam ser segura. O pesadelo estava só começando.

Em pé: Edward Dewey, Forest Speyer, Kenneth Sullivam, Richard Aiken, Albert Wesker, Barry Burton, Brad Vickers/Aganchados: Kevin Dooley, Enrico Marini, Chris Redfield, Jill Valentine, Joseph Frost. A Rebecca não fazia parte da S.T.A.R.S quando a foto foi tirada^^

Bem diferente de espíritos, demônios e serial killers, Resident Evil nos oferece inimigos já conhecidos pelos fãs de House of The Dead e de clássicos filmes “Gore”: Zumbis famintos por carne humana. Não zumbis que são produtos de algum ser das Trevas ou de algum tipo de magia, e sim resultados de um vírus criados por humanos, com o propósito de ser uma arma biológica que acaba perdendo o controle. A mansão onde se encontra o time Alpha está infestada deles, de animais infectados e outros experimentos que ali residem.

zumbi

Como matá-los? Um simples tiro na cabeça, o que foi melhor aproveitado nos games seguintes da franquia. Em Resident Evil, o jeito mais efetivo de se conseguir um “headshot” é utilizando a Shotgun, e mesmo assim quando o zumbi está muito perto, arriscando a vida do personagem.

Falando em personagem, temos duas opções de escolha: Chris Redfield e Jill Valentine, que até hoje possuem fãs fiéis, ambos do Time Alpha. Para quem é novato em Resident Evil, Jill é recomendada por contar com a ajuda de Barry com armamentos e em situações inusitadas. Lembram-se da famosa sala que, ao retirar a Shotgun de seu suporte, o mecanismo do teto é ativado e quanto voltamos à sala com esse mecanismo, o teto começa a descer? Com as portas trancadas, Jill não sai, mas do lado de fora, Barry consegue quebrar uma delas e salva a colega. Outra facilidade que temos com ela é o fato de seu inventário ser mais espaçoso que o de Chris, carregando assim mais itens.

fala2

Mesmo com os efeitos e os personagens um pouco “quadradões”, graficamente o game é satisfatório: mesmo com a capacidade gráfica da época, a Mansão Spencer conseguia mostrar sua riqueza e também seus perigos.

sweet-home-2Como citado no começo do post, Resident Evil foi baseado em Sweet Home, herdando o sistema de Puzzles do clássico da Famicom. Emblemas que abrem portas específicas e botões presentes em quadros que precisam ser pressionados em uma ordem correta são alguns Puzzles presentes no game. Dependendo do personagem escolhido, há desafios que não tem como serem resolvidos, como a porta que se abre quando determinadas notas são tocadas no piano. Chris não consegue abrir essa porta por não saber tocar piano, mas Jill sim.

Gameplay da Jill. Mais fácil e dá para notar a “ótima” atuação dos dubladores.

Resident Evil conquistou uma enorme legião de fãs, desde seu lançamento em 1996 até o atual lançamento de Resident Evil 5 – que conta com o protagonista do primeiro jogo – mas o game lançado para PSX ainda arranca muitos suspiros e sustos. Em 1997 o game também foi lançado para PC e Sega Saturn. No mesmo ano a Capcom lança Resident Evil: Director’s Cut, que conta com novos estilos de dificuldade. Anteriormente, a onedangerouszombie1dificuldade Standard era mais fácil; nesta nova versão contamos com a dificuldade Training – mais fácil ainda – e Advanced, que é onde podemos ver as diferenças desse game com o original. Em Advanced podemos notar a mudança no ângulo da câmera, uma arma mais forte, inimigos mais fortes e mais numerosos e trajes que podemos usar sem precisar detonar o game. Outros adicionais são o companheiro que equipe, Forest Speyer, tranformado em Zumbi e, na versão do Chris, quando encontramos Richard envenenado no game original, não tem como salvá-lo, e em Director’s Cut Rebecca implora para que Chris o ajude, abrindo a possibilidade de salvá-lo.

266px-umbrellacorporation3Após investigarem a mansão, descobrem que a empresa Umbrella Corporation, muito conhecida pela fabricação de produtos farmacêuticos e que também atua na fabriação de armas biológicas, é responsável pelos seres existentes na Mansão. O T-vírus, criado pela empresa, era uma composição de um creme anti-envelhecimento criado pela empresa e foi produzido baseado na estrutura do vírus da Ebola. Para tentarem criar algo que regenerasse células mortas, o vírus foi testado em cobaias, que acabaram tornando-se seres violentos e com sede de sangue. Com base nesses resultados, a Umbrella decide usar esse vírus como arma  biológica para o Governo. Claro que a situação perde o controle e começam os eventos na Mansão.

Em 2002, Chris e Jill também aparecem no Game Cube: Resident Evil Remake é lançado, com o game totalmente refeito, até a [irônica] “belíssima atuação” [/irônica] dos atores da apresentação e da dublagem foram substituídas. Além disso, alguns Puzzles foram retirados e outros novos foram postos no lugar e dois cenários foram adicionados: o cemitério e uma casa num bosque. Infelizmente, a locomoção terrível foi mantida. Em Umbrella Chronicles, também passamos por uma fase na mansão e para DS foi lançado Resident Evil: Deadly Silence, que conta a mesma estória da Mansão Spencer.

Porque essa nostalgia toda? Ontem senti uma saudade imensa de jogar a origem da série, e levar os bons e velhos sustos. Mesmo com os recentes lançamentos do estilo Survival Horror, esse clássico do PlayStation ainda tem forças o suficiente para deixar o gamer tenso e garantir muitos sustos. Sem falar que é nesse jogo que o maior vilão da série surge: Wesker, o traidor da equipe, se transforma no vilão mais kick asses da série.

Clarice dos Santos
Share on Tumblr
Feed do Post
58 Comentários em "T-Virus’ Rise: Resident Evil (PSX)"
  1. Renan Rodrigues
    19/03/2009

    Ahh. Velhos tempos. Só de lembrar das vezes que quase me borrei jogando, da vontade de ir no banheiro(isso foi a coisa mais idiota que eu já disse).

    Ainda bem que essa semana eu vou visitar um dos meus pais: Chris Redfield. Estou indo para a África amanha

  2. 19/03/2009

    fazem poucos meses que eu zerei re 1 pela primeira vez com a jill….quando eu fui zerar com o chriss o jogo travou num ponto e não há como continuar..kkkkkkkkkkkk

  3. Erich
    19/03/2009

    o jogo é dez… mas akeles quebra cabeça sem noçao dão vontade de me dar um headshot…

    a do quadro é um saco(mas é facil) a do codigo do vespero um anossss e o mapa é de doer xDD

    Mas a animação e cagaços que a gente passa jogando não tem preço, alem de dever ao RE o sucesso de Silent hill ehehhehe xD

    Só queria ter um Wii pra jogar os remakes plus chronicles todos que tem de Resident evil

  4. Heishiro Mitsurugi
    19/03/2009

    Adorei o jogo desde a primeira vez que o vi (na época eu não tinha PSX), foi numa locadora, ai vi um cara (noob) jogando, e me encantei com o estilo do jogo.

    Assim que ganhei meu PSX, foi um dos primeiros jogos que eu comprei e zerei, fiquei tão viciado que eu fui o primeiro do bairro a conseguir fazer a Rocktet Launcher, todo mundo me passava um memory card e pedia, “O fael, faz a Rocket Launcher no RE pra mim”.

    Continuou assim no RE 2 também. Mas esse jogo sem dúvidas marcou aquela geração, e a posterior com o seu excelente Remake para o GameCube.

    Sou um super fã da série, gostei bastante do RE4, mas gosto muito mais da série na época Survivor Horror mesmo, pouca munição, poucas ervas, ter que desviar dos bichos, guardar as rotas alternativas e ter que queimar os miolos de tanto resolver Puzzles.

    É um pena que a série passou para Action, mesmo que tenha boa qualidade (RE 4 e RE 5), acredito que muitos fãs tem saudade dos sustos e apertos dos jogos antigos.

  5. Master Kim
    19/03/2009

    Sem dúvida um dos maiores clássicos dos video games, na época fiquei maravilhado com o jogo, até gostei da apresentação tosca e nem ligava para os diálogos serem mal feitos (também, nem sabia inglês direito na época).

    Engraçado que eu joguei pela primeira vez no Saturn e era versão japonesa, eu nao tinha nem ideia do que aparecia escrito, tive que usar detonado para resolver os puzzles, depois que joguei a versao em inglês, pude ver que os puzzles nao eram tão difíceis assim.

    Gostaria muito de jogar esse remake, pena que arrumar um game cube hoje em dia é complicado, sem falar em comprar um VG fora de linha. Quem sabe num dia milagroso ele nao saia para pc :)

  6. 19/03/2009

    Eu sei que isso é quase um pecado mas o que foi mesmo que Wesker fez quando cometeu traiçao ?

  7. Heishiro Mitsurugi
    19/03/2009

    @Didier

    Na verdade foram várias coisas

    – Estava no grupo de cientistas da Umbrella no estudo do T Vírus.

    – Mesmo pertencendo a Umbrella continuou na S.T.A.R.S (como líder da Alpha Team)para obeservar e manipular suas ações de perto.

    – Sequestrou a esposa e a filha de Barry Burton como chantagem, o que levou a Barry a trair a Jill Valentine.

    – Junto com Dr. Wiliam Birkim (criador do G Virus), matou o Dr. James Marcus(criador do Progenitor, o primeiro virus de todos), e “roubou” suas pesquisas.

    – Matou Enrico (membro da Bravo Team com 1 tiro no peito)

    – Atirou em Rebeca Chambers pouco antes da revelação da B.O.W Tyrant(arma biológica).

    O termo vilão para o cara é pouco, ele fez muita coisa ruim na série, é por isso que ele é um dos meus vilões favoritos.

  8. Muka
    19/03/2009

    Ola pessoal meu primeiro post =D.
    EU sou muito fan de Re gosto muito des de o primeiro Re eram bons tempos que eu pulava de susto várias e várias veses kpodskpdosko.
    Re5 pra mim podia ter inovado um pouco pq pq a jogabilidade esta parecida com a do Re4 pra mim o melhor joga da franquia muito bom.
    Eu ja estou no ultomo capitulo do Re5 enfrentando Albert Wesker masi ta díficil pq estou com puquissimos tiros ai acaba os tiros ai naum tem como.
    Ah e parabens meninas pelo blog está muito bom =D

  9. 19/03/2009

    A ta valeu é que a primira vez que soube de RE foi no primeiro filme e so comecei a jogar apartir do 4.

  10. 19/03/2009

    eu tou me segurando para não soltar spoiler de resident evil 5 aqui XD
    só digo q a história de RE5 amarra a maioria das pontas soltas deixadas anteriormente e deixa espaço para mais alguns games da série também.
    e um detalhezinho: para quem enfrentou o krauser no RE4, o wesker no RE5 é uma moçoila 8DD

  11. Heishiro Mitsurugi
    19/03/2009

    @Thyago

    Sem spoilers por favor, eu ainda vou aguardar a versão de PC que deve sair este ano ainda. Acho que se você me revelar algo eu morro de ódio, sério mesmo.

    Mas sem tirar mérito de ninguém, o jogo é curto ou é impressão minha? Segundo o que eu olhei no gamefaq, já tem detonado completo. Só para comparação, mesmo que sejam estilos bem diferentes, o Castlevania Order of Ecclesia, só teve detonado completo (100% do jogo) 3 semanas após o lançamento oficial.

    [Offtopic]
    OBS: O que me matou de raiva, pois eu poderia ter feito o primeiro detonado do jogo no gamefaq pois, eu zerei ele 100% com exatos 6 dias após o seu lançamento (sem detonado e claro).

  12. 19/03/2009

    não vou dar spoiler aqui, apenas digo duas coisinhas:
    -jogue no multiplayer, joguei no single player por ainda nao ter Live aqui e a Sheva quase me deixa doido do quanto ela gastava munição ¬¬’
    -o jogo tem umas 10 horinhas, no MÁXIMO. Apenas senti falta de poder combinar os tesouros pra ter algo de maior valor e do vendedor de arma (What are you buying?), mas de resto, é um excelente jogo.

  13. Muka
    19/03/2009

    @Thyago

    È podes crer mais eu to sem bala.

    Ah Alguem aqui ja Assistio Resident Evil Degeneration?
    È muito legal é com o Leon S. Kenedy e a Rebeca émuito legal esse filme recomendo.

  14. 19/03/2009

    rebeca?
    pensei q fosse com a claire O_o

  15. Renan Rodrigues
    19/03/2009

    @ Thyago

    Pensou não, é com a Claire (que por sinal está muito gosto… simpática)

  16. Muka
    19/03/2009

    Ops desculpa erro meu.

  17. PH!
    19/03/2009

    Pô, todo mundo já elogiou tanto o jogo q fica sem graça de falar de novo!
    Concordo com o Heishiro: o eskema de jogo terror mais puzzle, com recursos contados e estratégico era muito mais empolgante e assustador, vc simplesmente não entrava na sala jogando as granadas e atirando estilo Rambo, o jogo te obrigava a pensar muito e economizar munição, tornando o horror bem mais sufocante. De qq forma, os novos RE são ótimos jogos, bom exemplos de como se mudar o estilo de um jogo sem deturpá-lo.

    @Clarice
    “Zumbi qdo viu a Vivi. Xavequeiro!”
    AHIUHAIOAUHIUAHIUA!!! Adorei o olhar “sexy” do zumbi, daqueles q se dá por cima do ombro jogando-se os cabelos (se ele tivesse cabelos)!

  18. RolentoBr
    19/03/2009

    Hahaha,o vendedor do Resident 4 aparece ou e outro?

  19. RolentoBr
    19/03/2009

    Aquele cara era uma figuraça,mas nao era so um,tinha varios,o engraçado e que alguns tinham os olhos vermelhos bem sinistros e os inimigos nao atacavam eles!

  20. Erich
    19/03/2009

    SPOILER de RE5 é pecado mortal xD

    mas só 10 horas de game, por um jogo que está saindo entre 275 e 399 reais é demais… as meninas podiam mandar um post sobre isso… isso se ja nao mandaram

  21. 19/03/2009

    PQ nao chamar ele de Mushishi.(a piada ficou uma m#@@)

  22. Renato Metal
    19/03/2009

    Fiquei meses travado num puzzle nesse jogo. Aquele que tem que pegar as medalhas do lobo e um outro bicho dentro de um livro. Descobri na cag*** onde eles estavam, eu nem imagia que dava pra abrir o livro quando o examinava.

    E aquele corredor onde pulam os cachorros da janela, mesmo sabendo que eles vão pular, não tem uma vez que não tomo susto.

    E eu gosto da jogabilidade dos RE antigos.

  23. Eduardo Peixinho
    19/03/2009

    Comecei a jogar Resident do 2, pois na época eu tinha o N64. O 1 só o remake, que inclusive foi um dos motivos para ter um Cube, um jogo incrível que valei cada centavo.

  24. Heishiro Mitsurugi
    19/03/2009

    @Rebeca

    Sim, meu nome é Rafael.

    @Didier

    Nada pessoal Didier, mas a piada foi meio fraca hehehehe.

  25. 19/03/2009

    Eu sei f#@ um m@#!

  26. Renan Rodrigues
    19/03/2009

    @ Rebeca

    Imagina. Você ainda é a campeã, mas fica esperta pq se não vou tomar seu lugar.

  27. 19/03/2009

    pensem bem, 10 horas de gameplay co-op FODAS e tem um replay do caramba.
    ateh q vale o investimento sim. nao vale mais de 250 reais, comprem de sites gringos, por favor.

  28. 19/03/2009

    Excelente retroview, do jeito que tem que ser. Jogar o original, reviver a sensação e escrever sobre ele. Muito bom :D

  29. 20/03/2009

    Meninas, o blog está muito bom. Por essas e outras, vim deixar aqui um convite formal para vocês palpitarem no lançamento do GameBase.com.br, um novo portal de games brasileiro. Os critérios de garotas gamers é fundamental para nós, então seria realmente legal que vocês deixem uma boa opnião por lá!

    No aguardo

  30. 20/03/2009

    Resident Evil 1 é o que há!!!!

    Muito legal mesmo, é terror, mas não era (veja bem, ERA) clichê!

    E tem graficos legais ainda hoje, mesmo ultrapassados! Mas o melhor mesmo eram as dublagens…

    “Oh no! It´s a monster!”
    “Wow, a mansion!”

    e os efeitos de filmagem… que hoje dá pra garantir boas risadas…
    mas o legal de RE é que ele não é amedrontador, ele é tenso, e dinâmico.

    Valeu pro lembrar essa jóia ae clá!!!

  31. Heishiro Mitsurugi
    20/03/2009

    @Junior

    Cara, eu adoro essas pérolas de diálogos sem noções do RE 1. Pelo que eu li na internet, todos aqueles atores eram amadores na época, e nem os nomes reais eles colocaram nos créditos(será por vergonha?).

    A dublagem era mal feita, dialogos estranhos, a interpretações dos atores era horrível, mas mesmo assim o game se tornou uma Lenda. E eu amo esta série.

    Exemplo de diálogo estranho:

    Rebecca Chambers entra na sala e diz:

    “It’s me Chris”.

    Ela anda perto dele, fica um tempo olhando para o rosto dele, e o Chris diz.

    Chris: “Is that you Rebecca?”

    … cara eu sempre choro de rir quando vejo esta cena. Ela deveria ter falado, “No Chris, i’m really a Zombie with a disguise of Rebecca”

  32. 20/03/2009

    Os Melhores RE que eu joguei foram o 3 do PS1 e o 4 do PS2, axo que até o 5 foi um fracasso,eu sinto falta do “nemesis” , boms tempos no ps1 :)

  33. Renan Rodrigues
    20/03/2009

    @ Heishiro

    aushushaushausha

  34. 20/03/2009

    Vou dar uns rolês na feira pra ver se encontro um RE1 para PSX ou pc! Nunca joguei esse game de cabo a rabo! Eu gostava bastante e ainda gosto do RE2. RE3 tbm nunca joguei até o fim. RE4 zerei, no sufoco, mas zerei. Agora tô jogando RE Code: Veronica X, é tipo uma mistura de RE1 com RE2, dificuldade e sustos do RE1 com gráficos e sons do RE2.

    É uma pena que o RE5 só vai sair para os consoles mais moderninhos. Tô vendo aí se consigo comprar um Game Cube. Só para jogar RE Zero, RE1, RE2, RE3 e RE4.

  35. 20/03/2009

    RE1 é fraco de gráficos e efeitos, mas é um Clássico! Infelizmente nunca joguei de cabo a rabo! Agora que eu lembrei que tenho Emulador de PSX no computador, então fica bem mais fácil! Se eu encontrar o cd desse jogo para PSX, vou ficar contentão! Pena meu pc não ter uma boa placa de vídeo off-board.

    RE4 o que eu gostei nesse game, foi da câmera ser em tempo real. Vc acaba se acostumando com isso, depois volta no tempo e jogue outro RE antigo, vc sente a falta da câmera em tempo real.

  36. Alice
    20/03/2009

    pois é, os dialogos sao a parte do jogo mais… como posso dizer…?Humoristica talvez?

    @Heishiro
    ashuashuashua, boa essa

    @Rebeca
    que isso menina, é impossivel roubar seu posto de Master-Flooder, nao se preocupe com isso

  37. 20/03/2009

    bom trabalho, garotas. uma ótima análise.

    de fato, RE marcou época. o gênero survival horror n seria nada sem a franquia (alone in the dark que se exploda). e pra falar a verdade, o único RE que deu onda mesmo foi esse. TENSO, do começo ao fim. os outros qualquer mandril bem treinado consegue terminar.

    ansiosão pra jogar o 5.
    =D

    @Eduardo Henrique
    cara na verdade o jogo era bem avançado pra época dele. hoje os gráficos e o gameplay são meio toscos e antiquados, mas na época a galera ficava boquiaberta…
    ;]

  38. 20/03/2009

    Putz, RE é minha série favorita! FAntástico…

    E Wesker é o melhor vilão de todos os tempos! \o/

  39. Renan Rodrigues
    20/03/2009

    @ Eduardo

    Se vc estiver falando de não ter uma boa placa de vídeo offboard por causa do emulador de PSX, não se preocupe, pois já emulei o PSx eu um pc com placa onboard de 32 MB

  40. Alice
    20/03/2009

    @Didier
    numa falta(infernal) do que fazer, resolvi ouvir a tal musica e so posso lhe dizer isso: COMO THE HELL VOCE ACHOU ISSO??? foi a coisa mais estranha que e ja ouvi na minha vida…

  41. Renan Rodrigues
    20/03/2009

    @ Didier

    O que posso dizer do vídeo é que é no mínimo estranho. Como vc achou esse vídeo??

    só uma dúvida: Bonsai são aqueles “protótipos” de árvores que existem principalmente no japão?

  42. 20/03/2009

    @Didier: Comentário inútil apagado….
    E não adianta falar….

  43. 20/03/2009

    O legal nao é o video é a musica!
    Tudo bem Cla é que eu estava sem fazer nada ai deu m@!

  44. 20/03/2009

    se a clá for apagar inutilidades, vc vai acabar rodando didier 8D

  45. 20/03/2009

    Valeu Thyago mas vc tambem ia rodar

  46. 20/03/2009

    será? ;D

  47. 20/03/2009

    oooooooooooooooo

  48. 20/03/2009

    Pelo menos o Thyago não posta sobre 15 minutos, não fala sobre guerra e não posta link do charges.com.br em posts que NÃO TEM NADA A VER COM O ASSUNTO!

    E essa discussão pára por aqui.
    Me desculpem, mas um pouquinho de ordem é bom…rs
    *Clá infectada pelo V-Psycho*

  49. 22/03/2009

    matou o post clá, tsc tsc

  50. Vivi Werneck
    22/03/2009

    @Clá

    “Clá infectada pelo V-Psycho”

    hauhauahuaha…. Agora vc já sabe como eu me sinto!!!

  51. 23/03/2009

    Convenhamos, mesmo o povo falando mal do primeiro jogo, em virtude das animações, dublagem e dificuldade no manejo dos personagens, é com certeza o jogo que estourou o survival horror nos consoles, sem contar que eles ainda estavam aprendendo a fazer jogos né?! Apesar de Sweet Home ter sido precursor de resident evil, eu creio que o genero survivor horror foi realmente posto em ação no alone in the dark. Mas whatever.
    Resident evil tem uma gama consolidada de fanboys, e creio eu que o 5 está ai para arrasar geral, e tirar as duvidas pendentes.

  52. Ivo
    21/04/2009

    Ah, bons tempos de Residente Evil, em que a “atuação” nas falas nos divertia e se entercalava com os diversos sustos e aqueles momentos em que sabíamos que íamos morrer no próximo inimigo que aparecesse.
    É muito legal notar a evolução desses jogos, pois a cada novo título lançado víamos melhoras gráficas, algumas mudanças nos controles que de vez em quando facilitavam as coisas e mais inimigos que você desjava não ter que encontrar.

    Até hoje ainda acho o primeiro Resident Evil o mais difícil de todos os outros já lançados e o que me proporciona mais sustos e momentos de tensão.

    Um ótimo texto esse, Clarice, parabéns.

  53. Ivo
    21/04/2009

    Uma pequena correção no meu comentário: quis dizer intercalava e não entercalava, como se lê acima.

  54. Helison Gomes
    06/07/2009

    muito bom!

  55. dezagata
    07/12/2009

    nunca joguei esse jogo, por incrivel q pareça! mas tenho muita vontad mesmo tendo muito medo desse tipo de coisa… parece ser muito legal! já vi o filme várias vezes e estou contando as horas pra que o meu pai compre logo o nosso.

  56. Corazza
    16/04/2010

    haahaha, eu realmente sou apaixonado por resident evil 1, principalmente pela mansão ♥_♥, sinto mta falta de jogar em ps1, bons tempos…, se alguem tiver alguma imagen da mansão, ou alguma coisa, me respondam ae XD abras

  57. luismagnoj
    07/08/2010

    acompanho a serie desde 1997, o jogo que eu mais gostei foi o RE1 e quando vi este ano(2009) o do gameclube eu pirei comprei o jogo e o game apenas pra curtir este jogo

  58. 01/01/2013

    muito loco issso

Crie uma conta no gravatar.com para colocar sua foto nos comentários.

Sempre que comentar em algum blog com o email cadastrado, aparecerá sua imagem.