Quando as crianças jogam videogame

Fazia muito tempo que eu não via uma criança jogar videogame na minha frente, mas no almoço de dia dos pais o meu priminho de 10 anos veio até em casa, e é claro que isso significa que rolou muito videogame. Ele explorou todos os meus jogos, desde os de iPhone até os de PlayStation 3, e ganhou de presente da minha outra prima dois jogos novos para o PSP dele.

É muito bom notar as diferenças entre os gamers pequenos e nós, adultos. Ele nem conhecia a série dos jogos que havia ganhado, estava apenas estático de alegria por ter jogos novos. Não estava nem aí se seriam difíceis, não sabia o que ele ia encontrar pela frente, não tinha expectativa de nada, não ficou antecipando por meses a chegada do jogo e nem reclamou do preço, apenas foi lá e jogou sorrindo de uma orelha à outra. E é claro que eu lembrei de quando era assim também, inclusive as minhas tias relembraram durante o almoço como eu sempre estava com um GameBoy na mão e ficava quietinha jogando por horas sem dar trabalho pra ninguém.

O vídeo que eu filmei foi o encontro dele com Marvel vs. Capcom 3 pela primeira vez. A jogabilidade é o de menos – e sim, ele está  no modo simple e no very easy – mas notem a alegria dele toda vez que ele solta um especial. E como ele fica nervoso quando o “Galápagos”, vulgo Galactos, tira o primeiro personagem do time dele. Ele já estava tentando pela segunda vez porque o seu primeiro time foi derrotado, então é muito bom quando chega o final do vídeo e ele fica todo empolgadão porque venceu.

Uma coisa que ele faz no vídeo e eu também faço: Imitação de onomatopéias. Quando eu estou de bom humor e o meu Iron Man acerta o especial, eu grito PROTON CANNON junto com ele.

 

Carla Rodrigues
Share on Tumblr
Feed do Post
27 Comentários em "Quando as crianças jogam videogame"
  1. Clarice dos Santos
    15/08/2011

    NHOOOO,QUE COISA MAIS FOFA!!! *-*
    A reação dele depois que venceu é a melhor! huauhahuauhahuauh XD
    Saudades dessa época T_T

  2. The Punisher
    15/08/2011

    hehehe…boa
    Me faz ter saudade de quando tinha essa idade.

  3. Hélio
    15/08/2011

    Coisa linda! ^^
    Criança tem uma alegria q a gente perde com o tempo. Quer dizer, nos tornamos mais críticos, isso faz a gente ficar alegre menos vezes.
    Bom ver como a molecada se entusiasma qdo joga um game novo.
    Acho q eles são nossos professores nessas horas: nos mostram q às vezes devemos simplesmente relaxar e curtir (não só nos games), em vez de ficar reparando na textura feia ou no modelo low poly do personagem tal, ou ficar julgando se é um game com valores de produção altos antes de pegar e jogar. Temos + é q nos divertir.

  4. 15/08/2011

    Coisa feliz ganhar joguinho e não ter que se preocupar com dinheiro ._.
    Mas em contra mão quando a gente compra o nossos jogos com o nosso proprio salario da tanta satisfação quanto ganhar: até começar a jogar e se frustar com a dificuldade do jogo :/
    E tipo, o Galactus é ridiculamente facil no very easy… Shao Khan nem o facilicimo muito facil very easy é tão parado quanto o Galictus é… Ele praticamente tá pedido pra a gente dá porrada nele

  5. Joanilson
    16/08/2011

    Linda matéria.Esse legado gamer é emocionante.Esse video me trouxe boas lembranças de quando eu tb era todo feliz demais com um game nas mãos.

  6. mumu
    16/08/2011

    maneiro ele fazendo a metralhadora junto com o sentinela

  7. 16/08/2011

    PROTON CANNON!!

    :D

  8. 16/08/2011

    Genial! Sério, demais. E a reação dele foi a mesma que a minha quando eu consegui terminar Marvel vs Capcom 3 no Very Hard na casa de uma amiga minha – por um momento eu esqueci dos dedos doendo e tal…

    By the way, por falar em crianças e video-game, olha o que apareceu no 9gag hoje.

  9. Leandro (Cotoba)
    16/08/2011

    haha daora

    eu nao vi o vídeo mas em casa eu vejo, quando fui na minha tia e levei meu 360 la com Mortal Kombat, meu primo foi jogar comigo ae eu sempre ganhava dele coitado ae ele “Leandro como você é bom, deixa eu ganhar vai” ashusahushusa ilário.

    Será que se eu mostrar Mario World para ele ele vai se empolgar para querer fechar o game? (ele tem 9 anos)

  10. Tonshinden
    16/08/2011

    saudades de não se preocupar com os preços dos jogos ^^

  11. Leandro (Cotoba)
    16/08/2011

    Eu sou da época que eu ia pro Mappin comprar cartucho de SNES, era um por ano, todo Natal eu ia rsrs era mto caro :S mas eu ficava tao feliz em comprar jogos pro meu SNES.

  12. Heitor
    16/08/2011

    É… Bons tempos…

  13. The Punisher
    16/08/2011

    Esse Nathan Spencer é ruim em qualquer lugar tanto no MvC quando no próprio jogo Bionic Commando. Ninguém merece.

  14. PH!
    16/08/2011

    Muito bom o vídeo! A gente sente a empolgação dele, fica vibrando junto pra ele ganhar! Bons tempos!

    “Agora vou vencer o Galápagos!” AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHAIUOHAIUAHIUAHIUAHAIUAH!!!!

  15. @SandroSla
    16/08/2011

    Nooooossa mano que nostalgia, eu era bem sim. Me lembro quando ganhei meu segundo super nintendo (o primeiro tinha pifado), passei batido por ele e nem vi, quando voltei e vi aquela caixa super nintendística na minha frente eu quase gritei SIIIIXX FOOOUUR, mas fiquei pulando de um lado pro outro com a caixa haha’

  16. Mih
    16/08/2011

    Óin,que fofo *-* MUITAS saudades desse tempo TT^TT

    GALÁPAGOS! heuheueh[2] Detalhe que o Galactos quase não faz nada =/

    “Uma coisa que ele faz no vídeo e eu também faço: Imitação de onomatopéias.”EU TAMBÉM FAÇO ISSOOOOOOOOOOOO!!!! *O*

  17. Marcus
    16/08/2011

    me fez lembrar de quando eu era apenas um dinossaurinho gamer decadas atras

  18. 16/08/2011

    *”Uma coisa que ele faz no vídeo e eu também faço: Imitação de onomatopéias. Quando eu estou de bom humor e o meu Iron Man acerta o especial, eu grito PROTON CANNON junto com ele.”*

    Mas Carla, quem de nós, inclusive os mais velhos que jogaram atari 2600 em 1984(sou bem velho sim e daí?), nunca fizeram isso.

    Quem de nós, naquelas tardes, manhas e “noites felizes” de finais de semana, nunca levou o braco e o controle pra esquerda ou direita ao fazer uma curva fechada no Top Gear, pra ver se o carrinho virava?

    Quem nunca disse: “Sono Mama Chi-ne!” junto com o Yori Yagami, quando este finalizava um golpe super especial no oponente no lendario e (melhor de todos) King of Fihter 96?

    Quem nunca gritou “É NO GOL RETARDADO!!! CHUTA PRO GOL, BURRO!!!” quando no FiFA, seu jogador “insistia” em nao acertar o rumo do gol, apos bater aquela falta?

    Quem nunca se desesperou porque estava jogando Goldeneye 007 e estava com a AK-47 na mao e atirando pra tudo quanto é lado, e o seu oponente, com uma pistola acertava e tirava mais life seu do que voce dele?

    Quem nunca jogou Soul Edge, Blade, Calibur (né Bebs) e ficou O.o porque foi jogado pra fora do ringue em um ataque do oponente, quando disse: ” – Uai, eu tava abaixado e defendendo, doido!!!”?

    Quem nunca joguou Final Fantasy VIII e se indignou porque o Omega Weapon fez “Gravija” e emendou um “Light Pilar” e voce:

    ” – O.o’ Uai, eu usei “shell” e “protect” jogo doido!!! Nao funciona mais nao?!?!?!?!”

    Quem nunca jogou Alex Kid in Miracle Wordl e se levantou da cadeira, almofada, puff, cama, sofa, chao, edredon, e comecou a suar e a sujar o controle na hora do “pedra, papel, tesoura”?

    E, em nome de Dels, quem, nunca jogou Dead Space e ficou esperando um susto a cada curva de corredor escuro e……. nada.

    Mas NAQUELA MALDITA HORA QUE VOCE NAO TA ESPERANDO, POW!!!!! AHHHHHHH, caraleo, que isso?!?!?!?!?!

    – Que foi isso amor?
    – Nada amor, quebrei outro controle….. caiu no chao.

    E, finalmente, quem nunca imitou o Wolverine, principalmente, em casa e ou no Fliper (Arcade) no Marvel Super Heroes ou num Marvel vs Street da vida, quando ele vence, tira a mascara, olha pro oponente e fala:

    ” – Hookie!”

    E voce? Voce tira a mao do controle do ARcade, ou poe o controle do seu videogame na estante, poe a mao na cintura e fala pro seu irmao menor:

    ” – Novato! VAaai jogar bomber man, crianca!”

    Ahhhhh.. enfim… como era bom ser crianca…. como é bom, ser um jogador de videogame profissional.

    Amém.

  19. Siri
    16/08/2011

    Quando eu tinha 10 anos já estava virando “chato” lendo revistas de games e começando a ter opinião formada sobre o assunto, rs.

    Antes disso apenas jogava por diversão.

    Em compensação era mais legal minha vidinha de pirralho unplugged.
    Me dava muito mais emoção puxar os carrinhos pela cordinha na lama do quintal do que jogar Sega Rally hoje. Ou soltar pipa ao invés tentar fechar Pilotwings.

    E, principalmente, brincar de Rock Band com as panelas da cozinha.
    Pena que minha mãe sempre decretava game over.

  20. xxx
    16/08/2011

    leandro , presta atenção nas dicas da carla kkk muito legal

  21. Cristiano
    17/08/2011

    meu primo tem 10 anos…joga call of duty black ops online.Já deu a volta no level 50 3 vezes,marvel vs capcom e mortal kombat dá surra em um monte de gente que o desafia online,acho que ele é uma aberraçao….na minha epoca era só o supernitendo….

  22. 17/08/2011

    Ele salvou a Terra. Orgulho profundo do garoto.

    Minha irmã, 11 anos, terminou New Super Mario Bros um dia desses. Outro orgulho imenso.

  23. Sovereign
    17/08/2011

    Pena que meu unico sobrinho esta no Brasil, mas ele ja ta viciado em games lol. Acho que completara 9 anos mes que vem. Ele ganhou um PS2 do pai e ano desgruda do console pra desespero da minha mae rs. Quando minha irma voltar, mandarei um console e 2 portateis de presente… minha mae ira me matar por telepatia rs. Como eh bom ver uma crianca jogar, sem se preocupar com nada, apenas diversao. Saudades dessa epoca, quando comecei jogar no atari 2600.

  24. leandro(leon belmont) alves
    17/08/2011

    Eddy, cê falou tudo. nem vou acresentar mais nada.

  25. 17/08/2011

    Interessante! Não posso ver o vídeo agora, mas gostei do texto. Também gosto de ver a criançada jogando feliz. Acho que o povo das antigas se tornou muito exigente ao longo das gerações e se esqueceu do principal motivo de jogar videogame: diversão. É ótimo ver crianças nos lembrando disso. Uma pena vai ser quando esse guri crescer e só passar a se importar com gráficos e outras coisas menos importantes. :D

    Acredito que não apenas nos games, mas na vida em si, precisamos tentar sempre extrair coisas boas da nossa experiência. Deduzir que jogo X é ruim porque você não gostou da capa ou porque o carinha que escreve reviews achou fraco não dá futuro. Seja autêntico e feliz, como o priminho da Carla. hahah

  26. thor
    17/08/2011

    Cara, que bacana isso né. Hahahahaha….
    Eu era noiadim igualzim o guri. Horas e horas arrbentando os rpgs e aventuras do super nintendo e afins…
    Numa hora dessas, da pra ver que alguns da nova geração nao estão perdidos!
    =]

  27. ZombieBiscuit
    21/08/2011

    Eu jogava o GoW quando tinha 8 anos… bons tempos. Não se fazem mais jogos como antigamente (AOM, Fallout, CoD 1 e 2…)

Crie uma conta no gravatar.com para colocar sua foto nos comentários.

Sempre que comentar em algum blog com o email cadastrado, aparecerá sua imagem.