O atirador de Utoya era gamer… Ih!

Tags: call of duty, eSports, incidente em oslo, noruega, World of Warcraft, WoW

Vocês estão por dentro do que aconteceu em Oslo e em Utoya? Não? Ai vai um resumo:

Esta semana ocorreu uma explosão em Oslo (na Noruega), responsável pela morte de sete pessoas no local, mais especificamente no prédio do primeiro-ministro do país. Não muito contente, o doido responsável pela bomba foi em um acampamento na Ilha de Utoya (onde se encontravam jovens do mesmo partido do premiê) e meteu bala em mais um monte de gente usando uma arma automática, matando quase 90 pessoas.

Mas enfim, este post não é sobre isso. O Kotaku americana twittou um post de que os amigos do doidão que jogavam online com ele estão boquiabertos com tudo o que aconteceu. No fórum de World of Warcraft, os amigos estão pasmos e alegam que, pelo que eles o conheciam, ele aparentava não fazer mal à uma mosca, já que ele era calmo e “sensato”. Ahan, é, vimos mesmo.

O ponto que eu quero chegar: o perfil dele no Facebook indica que ele jogava World of Warcraft, eSports e Call of Duty: Modern Warfare 2. Quanto tempo vai demorar pra porem a culpa nos games, hein? Só nos resta esperar…

Fontes: Atirador ataca acampamento na Noruega

Online Gaming Friends of Oslo Suspect Say He Couldn’t “Harm a Fly”

 

Clarice dos Santos
Share on Tumblr
Feed do Post
66 Comentários em "O atirador de Utoya era gamer… Ih!"
  1. 23/07/2011

    Puuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuta merda, prato cheio pra Record.

  2. 23/07/2011

    E lá vamos nós…

  3. William
    23/07/2011

    NOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO
    ASSASSINOS,PAREM DE JOGAR VIDEO GAMES!!!
    isso vale pra você também Ezio.

  4. fabão
    23/07/2011

    acho q els vão bater principalmente no MW2, q tem partes em q vc joga como terrorista no aeroporto… foda isso…

  5. Luan
    23/07/2011

    Xiiiii, fedeu pro nosso lado.

  6. Clarice Gouveia
    23/07/2011

    Vamos fazer um bolão: Quanto tempo demora pra algum canal sensacionalista vai fazer uma matéria sobre a relação do maluquinho aí com o Call of Duty?
    Anyone? XD~

    • The Punisher
      23/07/2011

      Dou um prazo de até amanhã.

    • Gerson
      23/07/2011

      24 horas pra alguem sentar em cima desse fato

  7. Fábio Prates
    23/07/2011

    Sei que isso é óbvio e que só os políticos e a mídia não percebem, mas culparem um assassino pelo fato dele ser gamer é o mesmo que culpar ele por usar a internet ou ver televisão. Mas nessa semana temos a suposta morte da Amy Winehouse que encobrirá esses fatos.

    • William
      23/07/2011

      Tem razão,por sorte pouca gente vai falar sobre isso.

    • Clarice Gouveia
      23/07/2011

      Bem lembrado!

    • Yan
      24/07/2011

      Ah, é, acho que a Record ou a Band vão demorar a “perceber” por causa disso mesmo.

  8. Guilherme Matos
    23/07/2011

    Se ele matou quase 100 pessoas só por jogar WoW, eSports e CoD:MW2 então melhor mandarem o BOPE direto pra minha casa que eu sou uma ameaça a segurança nacional.

    • Terra
      24/07/2011

      kkkkkkkk
      é melhor tomarem cuido
      somos muito perigosos.

  9. 23/07/2011

    Espero que não descubram, vamos calar nossas bocas…
    É, não tem jeito :( Vamos ter que aturar o Datena falando m#$@% no Cidade Aberta :/

  10. Hélio
    23/07/2011

    Se fosse aqui no Brasil, acharia mais provável a repercussão da notícia. Mas na Noruega, acho q ainda temos chance de ninguém usar isso contra os games.

  11. Cristiano
    23/07/2011

    ihhhh,lá vamos nós de novo.Não tem mais nem o que falar sobre o tema né?

  12. 23/07/2011

    Me corrija se eu estiver errado, mas não existe jogo onde a proposta é fazer atentandos contra civis. Nos poucos jogos onde é possível matar civis a escolha é deixada na mão do jogador.

  13. xxx
    23/07/2011

    o cara era um apaixonado pelo nazismo e extrema direita…mais uma vez o medo e o ódio pelo “desconhecido”oriente , áfrica e américa se mostra …vide jean charles…na verdade a europa q deve se abrir mais, os games nao tem essa relação, na minha opinião

    • Clarice Gouveia
      23/07/2011

      Realmente, não têm, mas vão achar alguma brecha…rs…

  14. Fernanda
    23/07/2011

    Quarta-feira eu fechei Call of Duty:World at War no Normal…Será que eu posso fazer um atento contra a Dilma? xD

  15. Fernanda
    23/07/2011

    Fugi da escola…atentado! #burrice

  16. 23/07/2011

    Prontinho! Prato cheio para os hipócritas de plantão que dizem que games deixam as pessoas violentas (em vez de procurar as verdadeiras causas que o levaram a fazer isso). Aff… ¬¬

    • 27/07/2011

      O pior é que o culpado é sempre o video game, a televisão, o cinema entre muitas outras coisas saem impunes, além do circulo de amizades da pessoa, essas coisas nunca afetariam a mente de alguma pessoa segundo o que a midia destaca, não é mesmo?

  17. Jonathan
    23/07/2011

    Prato cheio para os canais que gostam de levar o povo a pensar no mais simples.
    O que é mais simples: Ele jogava Videogame ou ele era um nazista de extrema direita e teve uma vida conturbada…
    Isso é a lógica lógica, um assasino em série, se fosse pintar, pintaria desgraça, se fosse jogar videogame, iria jgar Telettubies? Iria jogar Modern Warfare.

  18. Jonathan
    23/07/2011

    Mudando de assunto – Vivi olha uma notícia a sua cara:
    http://www.baixakijogos.com.br/noticias/16458 – Linha de produtos unirá Street Fighter e Hello Kitty

  19. Bavaro
    23/07/2011

    Como vamos limpar o nome dos games se psicopatas ridiculos como esse aparecem e destroem toda a moral dos games que tanto amamos ? Agora é só uma questão de tempo para a Record, Globo e qualquer outra merda de canal da TV aberta fazerem aquela reportagem porca costumeira deles e tacarem preda nos games.

  20. Mih
    23/07/2011

    É por essas e outras que eu parei de assistir jornal u__u Como já comentaram aí em cima,é um prato cheio para os jornalistas(ou que se dizem) hipócritas e sensacionalistas de plantão com o pensamento medieval que os games deixam as pessoas violentas ¬¬’

    Como já disse antes(mas não custa nada repetir ^^):
    http://www.gamevicio.com.br/i/noticias/77/77844-jogos-nao-criam-assassinos-diz-estudo-atualizado/index.html

    [off topic e especial pra Clá]
    Olha issoooooo *O*:
    http://www.baixakijogos.com.br/noticias/16400

    • Clarice Gouveia
      24/07/2011

      QUERO!! *-*

  21. Matheus
    23/07/2011

    a globo fez uma materia e só citou que ele jogava jogos. Passou o resto da materia dizendo o que acounteceu e que ele era Neo-nazista. Falta a Record e o SBT.

  22. xxx
    23/07/2011

    a noruega tem 700 homens no oriente médio…esse atirador deve ter alguma relação com os que serviram lá e ter se influenciado sei lá…esses transtornos pós guerras são terríveis…espero q nao seja o caso…fora q tem cada racista..totalitarista…cheio de traumas..armados até os dentes…guardado no “armário”..quando vamos aprender q paz é a saída;D

  23. Siri
    23/07/2011

    Fora a morte da Amy, acho que ninguém ia se importar com o fato.
    Digo, talvez só nas cabecinhas mais paupérrimas deste país de terceiro mundo.

    Hoje em dia todo mundo joga videogames, ninguém mais vai culpá-los. E os redatores dos veículos de notícias são jovens e jogam, não vão ficar alardeando isso.

    Suas mães e avós até devem estar jogando também hoje em dia – principalmente se você tiver um Kinect. Elas também não vão ligar mais pra isso.

    Além do que, esse tipo de analogia já deu. É o mesmo que descobrir que um assassino que esfaqueou a vítima era fã de churrasco, ou que fulano que imolou beltrano estava na comunidade “Eu amo pizza”, ou que… hmm, aquele cara do acidente com o Porsche jogava Burnout, GTA, Gran Turismo? :P

    Vejam como isso não faz sentido.

    – Malhação era numa academia e os que eram adolescentes naquela época são todos sedentários
    – Malhação hoje em dia é numa escola, mas nunca na história deste país (L. I. da Silva [tm]) o nível de ensino foi tão baixo
    – Rebelde tem esse nome e a gurizada nunca foi tão apática politicamente

    Como dá pra ver, nada influência a juventude, rs. Só não sei se isso é bom ou ruim.

  24. Jhadsob
    23/07/2011

    Caramba, eu tava comentando isso hj com um amigão…

    Fica a frase de Marx : “A realidade é a síntese de múltiplas determinações”

    Não existe um fator único q determine a ação e o futuro de uma pessoa …

  25. SoRrY
    23/07/2011

    Record já deve estar planejando a matéria.

  26. 24/07/2011

    A record já deve estar fazendo a edição final da matéria, com aqueles velhos clipes de Combine e coisa do tipo.

  27. Yan
    24/07/2011

    É, às vezes eu tento não prestar atenção nos jornais porque alguns incidentes(principalmente gamers) com jornais já me fizeram perder a credibilidade neles faz tempo ¬¬
    Pra mim, a melhor fonte atual de notícias é a Internet…
    Espero mesmo que eles(da TV) não saibam tão cedo sobre esse incidente!

  28. Takeru Nid
    24/07/2011

    E o fator Religioso não conta? Na Noruega tá cheio de loucos fundamentalistas, vê se na casa do cara tinha uma bíblia também ou algo do tipo para justificar a verdadeira loucura de alguém que faz isso.

  29. Takeru Nid
    24/07/2011

    outra coisa que gostaria de comentar, esse maluco parece o Timo Kotipelto o atual vocalista do Stratovarius e do Cain´s Offering.

  30. Jhadson
    24/07/2011

    Então Takeru, nós estamos discutindo sobre o sensacionalismos das tv’s satuais, principalmente a Record, q ama dizer q os jogos são culpa das tragédias atuais, eu digo e repito ““A realidade é a síntese de múltiplas determinações”……

  31. Nênia
    24/07/2011

    Cavanhaque mais gay.

  32. 24/07/2011

    essa eu não sabia..e fui ler aqui…
    com certeza isso será um prato cheio, inclusive pra esses programas de “donas de casa” ( esses programas que passam às tardes, em dias de semana… ) onde sempre tem um “especialista” em alguma coisa falando um monte de asneira ( esses programas sempre aparecem no Top 5 do CQC…rs )

    • Heishiro Mitsurugi
      24/07/2011

      “especialista em alguma coisa falando um monte de asneira.”

      Exatamente, sempre tem um vulgo expert no assunto que é dono da razão nestes programas. E para piorar ninguém contesta a opinião desses caras durante o programa, o que leva os telespectadores sem opinião própria ou julgamento pessoal a crer nestes experts..

  33. Tiago Gevaerd Farah
    24/07/2011

    Com certeza irão ignorar qualquer outro fato sobre ele e colocar a culpa apenas no videogame. Mesmo que ele jogasse apenas The Sims e não os jogos listados,com certeza achariam algum argumento fajuto para culpar o videogame.

  34. 24/07/2011

    http://noticias.terra.com.br/mundo/noticias/0,,OI5258782-EI18462,00-Anders+Behring+Breivik+de+rapaz+comum+a+autor+de+uma+chacina.html

    No penúltimo paragrafo.
    Não estão explicitamente relacionando o fato de ele jogar com o de ser um assassino, mas que alguém já descobriu isso, já descobriu. Agora só falta alguma emissora tomar a iniciativa.

  35. xxx
    24/07/2011

    verdade…quer dizer q brincar de polícia e ladrao, ninja, de exército nao é incentivar a guerra? e o teatro e os filmes q usam pessoas reais nao são mais convincentes do que bonecos virtuais ? ou um lenhador ou quem trabalha em açougue vai sair matando os outros.É sempre mais fácil rotular, mas a verdade que a europa tem uma parte conservadora , corrupta e viciada q apenas quer estrangeiros que tenham dinheiro , mas q mostra nesses casos seus problemas.Mas eu ainda acredito muito nela, a noruega é um belo país com as mais baixas taxas de homicídio, esse ataque (se é q se pode chamar assim)foi o mais grave desde a 2 guerra mundial. Olhem para os eua, quantos desses caras nao já fizeram isso?olha o tanto de homicídios, nova york mesmo nunca foi como em um filme da julia roberts..enfim minha opinião

  36. Mortal
    25/07/2011

    Se ele matou aquela quantidade enorme de pessoas jogando apenas MW2, então chama o Exército pois eu sou um terrorista de alta periculosidade, do naipe do Bin Laden. =)

  37. 26/07/2011

    Atenção! Ele também gosta de batatas fritas! Melhor queimar todas as plantações de batatas, já que é obvio que deixam as pessoas violentas

  38. Zeca
    26/07/2011

    Era gamer, cristão e até maçom, mas vamos lembrar que Hittler pintava quadros, pintar quadros gera genocidas?

  39. 27/07/2011

    Até que demorou para começarem a falar essa asneira ¬¬, afinal, o problema nunca está na criação desses criminosos, mas sempre nos video games ou desenhos animados… lamentável esse pensamento que a midia cultiva na população.

  40. 27/07/2011

    AINDA BEM QUE A AMY MORREU, PRA ENCOBRIR O QUE ACONTECEU EM OSLO!!!!! COMO É PAIS DE 1º MUNDO VÃO DAR ALGUMA DESCULPA… AGORA, SE FOSSE AQUI NO BRASIL, PUTA MERDA!!! JA ERA OS GAMERS.

    • Leandro Tonetto
      27/07/2011

      “AINDA BEM QUE A AMY MORREU”

      Ah não a Amy cantava muito, pena ela ter acabado assim com a carreira dela =\

  41. 27/07/2011

    Assassinos também têm hobbies, mas vamos comparar, há mais assassinos “gamers” ou assassinos fanáticos por algum esporte ?

    Quererem tratar o video game como catalisador da loucura de alguém é um erro, melhores resultados talvez teríamos banindo as novelas, meu pensamento agora pode soar preconceituoso e babaca ? Pois é, mas é o que fazem com nosso hobbie.

    Lamento a tragédia e também lamento parte da mídia que é imbecil.

  42. Leandro Tonetto
    27/07/2011

    Fala sério, ja quiseram colocar a culpa nos games que ele aprendeu a atirar por causa do CoD e etc mas tiveram pessoas bem influentes e ja discordaram disso, jaja vem a maldita Record falar merda sobre esse assunto, na boa qualquer um pode jogar video game desde um assassino em série até eu uma simples pessoa que não faz mal nem pra uma barata. É fácil colocar a culpa nos jogos.

  43. Marcus
    27/07/2011

    se matar seria culpa de games então o Jack estripador matava porque jogava pocker, bakará, dados ou qualquer outtra coisa que jogassem seculos atras, o que será que Vlad o empalador jogava? Xadrez? shuashaushaushausahsu

  44. Marcus
    27/07/2011

    Desde o inicio do mundo existem pessoas más como essa cara,seria insano culpar uma ou outra atividade pelos crimes deles, a pessoa é o que é independente se ela joga ouve musica ou pratica esportes.

  45. Guto Collares
    28/07/2011

    Ora, ora…

    De um universo de mais de 10 milhões de jogadores de FPSs um é maluco. Que incrível…

    Bem, mas realmente a mídia faz estardalhaço.
    Lembro que o Harris-não-sei-o-quê lá de Columbine (parceiro do Klebold) era viciado em Quake e Doom e até desenhou alguns custom levels pro game: É lógico que a mídia desceu a lenha.

    Lembro também que aquele alemãozinho idiota Tim Kretschmer (ou algo assim) que matou 18 jovens e adolescentes em Winnenden era fã viciado de Counter Strike e Far Cry: É lógico que a mídia desceu a lenha.

    Agora, esse galego imbecil, fã de Modern Warfare…

    De Doom e Quake para Counter Strike e Farcry 2, daí, para Modern Warfare 2… Percebem o padrão? Os jogos evoluem, mas os idiotas e a imprensa, não.

    A mídia deixa de perceber algo simplório como “o vício compulsivo em games violentos já é um sintoma, e NÃO uma causa, de algo vai errado com a psiquê do indivíduo”.

  46. Guto Collares
    28/07/2011

    Ah, só um adendo.
    É bom ver que a indústria de games (mesmo que seja um secto diminuto dela e sem patrocínio) dá passos importantes para ser visto como um produto que pode conter valores adultos.
    De tão cansado de ver games como bode expiatório desses episódios e também por ter uma história pessoal envolvida com bullying, um americano jovem chamado Danny Ledonne criou o ousadíssimo “Super Columbine Massacre RPG”.
    Sim, o título é de péssimo gosto. Mas o objetivo do jogo é esse mesmo, provocar reações negativas à violência real perpetrada pelos jovens Harris e Klebold e, ao mesmo tempo, repensar o conceito de games e o seu papel no mundo social.
    No título, permeando os trechos “jogáveis”, estão cutscenes que retratam excertos da vida real dos dois assassinos, inclusive os diários relatando de humilhação diária, isolamento, abandono e riqueza abundante; tudo isso sem ser maniqueísta.

    Não é algo pra todos os gostos, claro. Mas consegue sucesso ABSOLUTO em provar que “jogos são tão importantes quanto outras mídias, mesmo quando ofendem as sensibilidades da maioria (…). Ganhar, no jogo, é perder (afinal eles vão pro inferno, literalmente), mas simplesmente jogar, é ter uma experiência tão enriquecedora que não se pode mensurá-la” [trecho da análise do Gamasutra]

  47. 29/07/2011

    Alguém aqui lembrou de comentar que o cara era um fundamentalista cristão? jogar a culpa em cima dos games é fácil…quero ver por a culpa em deus (com letra minúscula mesmo)…

  48. silvio
    30/07/2011

    os karas sao doidos e culpa cai na gente!!!!!!!!!!!!

  49. mario nery
    30/07/2011

    ele tem cara de galã de novela

  50. 02/08/2011

    Clá, e como se não fosse o bastante eles pegarem, como o Guto bem disse ali em cima, UM dos malucos entre os DEZ MILHÕES que jogam videogame pra crucificar (maldita mídia sensacionalista! DIE!), agora tem mais uma pra Record uma emissora qualquer aí explorar…

    Um cara morreu de TVP (Trombose Venosa Profunda) e já disseram logo de cara que foi “por jogar Xbox demais”. NEM AO MENOS se deram ao trabalho de procurar saber as causas da doença (que pode ser hereditária e tal), mas enfim. Os comentários da galera, principalmente o mais votado, pelo menos fazem sentido e todo mundo percebeu que não tem nada a ver uma coisa com a outra.

    Aqui o link: http://br.noticias.yahoo.com/viciado-em-xbox-morre-ap%C3%B3s-maratona-de-jogo.html

  51. The Punisher
    07/08/2011

    Levou um tempinho mas está aí nesse momento no “Fantástico”.

  52. Marcus
    15/08/2011

    Pois é desde o dia 2 de agosto na Noruega´ficou proibido a venda de jogos considerados violentos, agora tudo é culpa dos jogos ô gente ignorante, a noticia esta publicada no MSN Jogos http://jogos.br.msn.com/plataformas/wii/artigo.aspx?cp-documentid=29798215

  53. Marcus
    15/08/2011

    quem sabe eles não queiram proibir desenhos como Tom e Jerry ou os filmes do RAMBO, Exterminador e derivados, o cara comete um crime
    e quem paga é o país inteiro.

  54. 20/08/2011

    A verdade:
    Praticamente todo mundo joga videogame.
    Isto inclui engenheiros,pobres,ricos,famosos,bandidos,necromorps etc.

Crie uma conta no gravatar.com para colocar sua foto nos comentários.

Sempre que comentar em algum blog com o email cadastrado, aparecerá sua imagem.