Kingdoms of Amalur: Reckoning – Novo RPG da EA

Tags: Kingdoms of Amalur, Kingdoms of Amalur: Reckoning, Reckoning, Reckoning: Kingdoms of Amalur, Reckoning: Kingdoms of Amalur EA
Por Vivi Werneck
A Comic-con está mesmo dando o que falar. Alguns games que prometem bombar estão sendo anunciados, ou ao menos mais detalhes e, é claro, que os fãs de RPG não iriam ficar desamparados (Hail!). A Eletronic Arts, que não é boba nem dada, já tratou de arrumar mais um time de peso para um novo RPG, já que a parceria com a Bioware e seu Dragon Age Origins foi mais que um sucesso.
A EA agora agregou um “humilde” time formado pelo autor de Best Sellers R.A. Salvatore, o roteirista, ilustrador, criador do “Spawn: O Soldado do Inferno” Todd Macflare e o produtor Ken Rolston, da série Elder Scrolls (Oblivion for ever!!! *_*). Resumindo: os caras estão desenvolvendo um novo RPG de ação chamado “Kingdoms of Amalur: Reckoning” (eu disse Amalur e não Amarula!).
Já fico até imaginando as sequências… “Kingdoms of Tequila: With Lemon is Better” e o esperado conteúdo extra, “Wrath of the Dark Caipirinha”. Ok, chega de momento altista… Voltando ao assunto: Reckoning colocará os jogadores para explorar a terra mágica de Amalur povoada por monstros, mistérios, personagens intrigantes e todos os elementos que compõe um bom RPG.
Nenhum detalhe foi revelado ainda sobre a jogabilidade ou tipos de personagens controlados. A data de lançamento prevista para “Reckoning” é no segundo semestre de 2011 para Playstation 3, Xbox 360 e PC.
– Veja mais imagens de Kingdoms of Amalur: Reckoning

Vivi Werneck
Share on Tumblr
Feed do Post
20 Comentários em "Kingdoms of Amalur: Reckoning – Novo RPG da EA"
  1. Diga
    23/07/2010

    Hummm… como é bom ver o rpg dando lucro. Um rpg com roteirista renomado e tudo… chique. Vou torcer para que venha mais um ótimo rpg. Convenhamos que é difícil a EA trazer um jogo ruim.

    • 23/07/2010

      Especialmente se esse jogo tiver a participação do lead design de Oblivion. Dá para notar algumas semelhanças, pelo menos visualmente, entre os dos games – salvo as devidas proporções gráficas de cada época. Estou ansiosa para saber mais da história e da jogabilidade.

      • Diga
        23/07/2010

        A jogabilidade parece que vai ter um “quê” de ação. Olha só como ele dá uma de Kratos com aquela marreta gigante! Mas será que não vai ter customização? Pq não gostei da careca… Só me faz lembrar do estilo Kratos-esque. Mas sei que isso é coisa do design do cara do Spawn. Uma das diferenças desse jogo talvez seja essa: um design com cores mais chamativas, vindo de um camarada que já trabalhou em quadrinhos e um esquema de batalha mais intenso (isso tudo é adivinhação).

  2. Thyago
    23/07/2010

    Parece ser o rpg normal q a gente poderia esperar da EA. Parece ser aquele game normal, que nao ousa nem muda em nada, que apenas é mais masturbação mental pra nerdalhada que adora fazer de conta que fumou a ervinha do tolkien.

    Mas vamos esperar pra ver se tem mais algo desse game.

    • 23/07/2010

      Realmente cara, o visual é genérico e o título não é chamativo(nem criativo), o que já é ruim pro Hype.
      Mas até onde me lembro, era exatamente essa a impressão que eu tive de Dragon Age com as primeiras Screens em 2007. Só esperando pra saber.

    • Hélio
      24/07/2010

      “masturbação mental” huahuahuahua Essa foi ótima. E a erivinha do Tolkien também foi bem engraçada.

  3. 23/07/2010

    Só espero não ser pego de surpresa ao acordar, descobrir que sou um vampiro e ter de fazer uma quest de 16 horas pra voltar ao normal como aconteceu em Oblivion.
    Fora isso, acho que piloto.

    • 23/07/2010

      Mas assim que vc era mordido por um vampiro na história vc recebia um aviso de que tinha contraído o “vampirismo”. não lembra disso nao? rs

      e realmente, a quest era monstruosa! rsrs

      • 23/07/2010

        e quem disse que o Einstein aqui tinha saves separados? rsrs.
        Essa nova geração com life regeneration e possibilidades de volta o tempo todo deixa a gente mal acostumado.

  4. Thyago
    23/07/2010

    ADORO quando meus comentarios caem na rede do blog pq ele acha q teve um palavrao… sendo q nem lembro de ter algum.

  5. pharak
    23/07/2010

    É, gostei da arte. Mas ainda há muita pouca informação pra poder mandar um pitaco sobre o jogo. O jeito é esperar.

  6. 23/07/2010

    Uhm, tenho receio no que o Todd Mcfarlane faz, até hoje o cara não sabe desenhas mãos direito.
    No entanto, os bonequinhos da empresa dele são muito fodas.

    • PH!
      23/07/2010

      Puts, um amigo meu falou que o Tood não sabia desenhar mãos. Essa discussão foi no meu ensino médio em 1997 (sim, sou velho, e o Spawn tb).

      Agora q ouvi isso de outra pessoa, temo q talvez estivesse errado ao defender a perícia de Tood no desenhar das mãos! o.O

  7. PH!
    23/07/2010

    Eskeci de comentar:

    …“Kingdoms of Tequila: With Lemon is Better” e o esperado conteúdo extra, “Wrath of the Dark Caipirinha”.

    Rachei o bico!

  8. Leandro Kyo
    24/07/2010

    “Kingdoms of Tequila: With Lemon is Better” e o esperado conteúdo extra, “Wrath of the Dark Caipirinha”..

    Nossa, rí alto com isso! huahauhaua

    O jogo parece ser de outro mundo, quando sai mesmo? =P

  9. 24/07/2010

    O Todd não foi o Cara que criou a Teia Spaguetti do Homem aranha? aquela com nózinhos que todo mundo desenha até hoje.

  10. Hélio
    24/07/2010

    Cara, que gráficos lindos, hein! Fiquei embasbacado com o trailer do jogo! Tudo bem que, mais uma vez, apostaram no típico herói fortão com cara de troglodita dos ocidentais, mas pelo menos a armadura do protagonista é sinistra e as magias são bem legais!

  11. Khronny
    24/07/2010

    Caralho *.* Salvatore dos livros do Forgotten Reals e Mcfarlane do Spawn juntos!!!! Não tem como a história ser ruim!!! Mesmo eu preferindo ficção científica, alguns jogos de ficção medieval também são legais, o único problema é o abuso disso nos RPGs. Eu prefiriria que fosse algo mais contemporâneo como o Spawn, aí sim ia ser inovador, masssss eu tenho ciência de que meu gosto é exceção, principalmente no meio dos RPGs (sejam eles de mesa ou eletrônicos).

    O teaser desse jogo foi bem animador, agora resta saber como vai ser o gameplay. Eu sei que minha opinição sobre isso também é exceção, mas eu acho que o jogo ficaria muito melhor se não fosse por turnos. Talvez isso possa acontecer, tendo em vista que o designer do Oblivion também tá no time (eu acho que o gameplay do Oblivion não é o ideal, mas pra mim não há dúvidas que é mais gostoso do que por turnos), mas acho que no fim vai ser igual Dragon Age. Nada contra Dragon Age, é um bom jogo, mas eu senti que Demon’s Souls foi muito mais gostoso de jogar. Talvez se fizessem esse jogo parecido ele possa se destacar, senão eu tenho medo de ser mais um clone dos diversos RPGs que já tem por aí (se tratando de gameplay, é obvio)

  12. Renan Rodrigues
    26/07/2010

    Bem bonitinho o jogo né?
    Mas esse personagem tá muito Kratos-like.

  13. Guto Collares
    03/09/2010

    Antes de mais nada:
    Amarula = Todynho do Mussum (Deus o tenha).

    Não acredito que R.A. Salvatore se envolva em projetos medíocres. Os livros (não os jogos, plz) da trilogia Icewind Dale são leitura obrigatória pra todo mundo que quer entender um pouco da dramaturgia fantástica moderna.

    Quanto a MacFlare, entendo que o cara tem a chance de se redimir de décadas no obscuro: Ele não fez nada de muito empolgante e definitivo desde Spawn… Complicado emitir um juízo de valor sobre a produtividade de alguém que andava tão apagado.

    Sobre Ken Rolston… Esse pra mim, seria o “weak link” do time. Oblivion tem um mundo massivo, enorme, perfeito, um engine invejável (tanto que foi reutilizado no ótimo Fallout 3) e dá uma ótima sensação de imersão. NO ENTANTO, nunca, em quase 15 anos de gamer, vi um esquema de ‘character level-up’ tão “broken”. O propósito inicial foi excelente, ganhar níveis à medida que se usa as habilidades, mas no momento de sua implementação, houve uma falha severa na fase de playtest ao se verificar as contradições severas do sistema. Horrível ficar horas conjurando criaturas toscas e enchendo elas de pancada só pra atingir o nível necessário de “blade” ou “blunt” e ganhar aquele modificador de +5 na tela de lvl up. Triste mesmo.

Crie uma conta no gravatar.com para colocar sua foto nos comentários.

Sempre que comentar em algum blog com o email cadastrado, aparecerá sua imagem.