Gamer Tales: Carlinha Rodrigues e Old Snake

Tags: Carla Rodrigues, Gamer Tales

banneromancepingos

 

Bom, o videogame já significava muita coisa na vida dessas duas pessoas muito antes deles saberem da existência um do outro. Ela começou a jogar Atari antes de aprender a falar direito, e ele ganhava revistas de videogame do avô, dono de uma banca de jornal em Santos, para aprender a ler as primeiras palavras.

 

Os dois cresceram longe um do outro. Ela era a paulista agitada e stressada da cidade grande, e ele era o caiçara tranqüilo e boa praça de Santos. A paulista sou eu, Carlinha Rodrigues, e vou contar a minha história aqui no GoW para deixar registrado em um lugar querido (meu blog, oras) a história que eu tanto amo.

 

Nossos caminhos se cruzaram pela primeira vez na faculdade. Ele fazia jornalismo e eu Publicidade e Propaganda. Sempre estivemos separados por um andar, eu estudava no sexto e ele no quinto. Não, eu não quis prestar Publicidade, só prestei porque me apaixonei por comercial do Xbox 360 e decidi que queria trabalhar com aquilo. Ao longo do curso, especialmente no meu último ano, eu vi que não era bem isso que eu queria e se eu tivesse prestado atenção e descido as escadas, iria achar tudo que eu queria naquele cara.

 

Aquele cara estava sempre sorrindo, era jornalista especializado em games, tinha um Wii, escrevia para as revistas que eu lia, e com certeza iria iluminar o meu caminho. Mas não era a nossa vez, ele se formou, saiu de lá e eu fiquei sem nem ter o conhecido apesar de estar o tempo todo procurando por ele. E se a nossa história fosse uma novela, essa seria a parte em que todo mundo falaria “AH NÃO! Como assim? Eles têm que ficar juntos! Alguma coisa tem que acontecer!”. E aconteceu.

 

No quarto ano eu decidi ir atrás do que eu realmente queria: Trabalhar com games. Fui atrás, mandei currículos, adicionei pessoas no Orkut e uma delas arranjou meu primeiro contato com a EGM Brasil, onde eu comecei a colaborar imediatamente, e feliz da vida. A minha primeira missão foi escrever o review de Okami para o Wii, onde eu teria que interagir com os outros redatores do review sem nunca te-los conhecido. Eu estava nervosa, como ia fazer uma piadinha com um cara que eu nunca conheci pessoalmente na vida? Como eu ia tirar um sarro com um cara que eu lia e admirava tanto? No entanto me esforcei, fiz, mandei, foi publicada.

 

Uma semana depois, fui ver o filme do Iron Man em uma sessão fechada para a imprensa quando um cara chega do meu lado e começamos o diálogo:

Ele – Oi, tudo bem?

Eu – Tudo bem.

Ele – Você é a Carla, não é? Que me zuou no review da EGM. Eu sou o Prandoni.

Eu (roxa, vermelha, sem ar, com o coração acelerado) – NÃÃÃÃÃO! Eu não te zuei, eu… olha… eu não… quer dizer… Eu reescrevi aquilo 10 vezes, mandei email pro editor perguntando se estava bom… ele… eu… ah…

Ele – Tudo bem, eu estou brincando.

 

E sorriu pra mim.

 

 

Conversamos um pouco, eu adicionei ele no msn e viramos amigos na mesma hora. Eu e o cara que eu admirava tanto, das revistas que eu lia. A química bateu na mesma hora, mas eu tinha acabado de sair de um péssimo micro relacionamento e não queria me envolver com mais ninguém.

 

Esse micro relacionamento foi horrível pra mim, quase causou a minha desistência no mundo dos games que eu sonhava tanto em fazer parte. E se não fosse pelo Prandoni, eu teria desistido. Ele que me motivava, passava madrugadas inteiras comigo no telefone cedendo o ombro, escutando minhas lamentações, aturando minhas lágrimas, conversando sobre videogame. E aí surgiu uma amizade muito forte.

 

Não demorou muito para que a gente não conseguisse mais esconder os sentimentos. Ele se declarou, mas eu não estava pronta. E ele passou dois meses me esperando, até que ele não agüentou mais e pediu a ajuda de alguém muito especial: Old Snake.

 

Sim, o Old Snake é meu padrinho de namoro. Quando o Prandoni comprou o Play3 para jogar MGS4, me convidou na mesma hora pra ver o jogo em funcionamento. Eu, que estava curiosa para ver o jogo, fui. Durante as cutscenes eternas ele aproveitava pra bocejar e passar o braço atrás de mim, pegava na minha mão pra ensinar a jogar e mais algumas malandragens. Mas foi durante a batalha de um chefão, que ele só passou porque eu dei a dica que precisava, ele deu o passo final. A gente matou aquela droga de chefe, estávamos rindo, gritando pelo “Snaaaaaaake” e aí do nada, só porque matou alguém no videogame e ganhou confiança, ele me rouba um beijo. Bom, deu certo.

 

Afinal, nós fomos feitos um para o outro. E o videogame foi feito para nós. Nossos presentes são sempre jogos um para o outro, chaveiros de personagens, action figures de games – aliás, é claro que eu não poderia deixar de presenteá-lo com o Old Snake que está na prateleira dele.

 

Porém, apesar do videogame ser extremamente importante em nossas vidas, a ponto de ser nosso ganha pão, eu não faria questão de nenhum jogo ou console contanto que eu escutasse a voz dele todo dia, visse o sorriso dele sempre e andasse de mãos dadas por aí. Independente de qual for o nosso destino como casal, eu sou uma pessoa muito feliz por te-lo conhecido e ter passado esse tempo maravilhoso com ele.

 

prandaeeu1O responsável pela existência do Girls of War, já que ele ficava me motivando a convidar a Bruna para montar um blog. O responsável pela minha continuação na carreira de redatora. O responsável pelo meu Rock Band 2, pelos meus sorrisos e sonhos. E sem dúvidas nenhuma, o responsável por eu ser muito mais gamer do que já fui em qualquer dia da minha vida.

 

Então se não fosse pelo videogame, eu nunca teria conhecido o amor da minha vida, nunca teria vivido essa história linda. E até hoje ele exerce um papel muito importante para nós, estamos sempre juntos jogando, escrevendo sobre videogames ou falando sobre isso. O videogame acabou se tornando desculpa até para encontros, do tipo “preciso pegar um jogo com você”, quando na verdade o que eu queria era ver ele nem que fosse só por cinco minutinhos.

 

Enfim, aposto que muitos outros relacionamentos nasceram que nem o meu, devido à semelhança de gostos por videogame. É muito especial dividir algo que você gosta tanto, com alguém que você ama.

Carla Rodrigues
Share on Tumblr
Feed do Post
31 Comentários em "Gamer Tales: Carlinha Rodrigues e Old Snake"
  1. 12/11/2008

    Mandem suas histórias para girlsofwarblog@gmail.com

  2. 12/11/2008

    Linda história. Que bom que o Prandoni resgatou você de volta pro mundo dos games! Merece um achievement pelo feito.

  3. 12/11/2008

    PÁRA TUDO!
    Pára tudo que agora eu vou fazer um negócio raríssimo: Escrever sério.

    A história é linda. O jeito que foi escrito foi lindo.
    É engraçado ver como uma diversão conseguiu unir duas pessoas, embora não seja o suficiente. Eu mesmo encontrei uma garota que jogava um DS no ônibus (veja aqui: http://noreset.wordpress.com/2007/11/07/a-historia-de-ze-e-do-ds/), fiquei com ela mas não continuei a relação. Não rolou a tal “química” citada no texto acima.

    O Pranda é um cara espirituoso demais. O carisma e calma do cara transpassam até quando ele não fala nada.

    O lance é que muitos caras aí sequer sabem o que fazer para conquistar uma garota: falam cantadas, tentam ser algo que não são, mostram ter algo que não tem e, no final, quando conseguem, ostentam a beleza exterior da garota para seus amigos, como se elas fossem o modelo mais recente de celular lançado. Aí a garota fica magoada, dá um pé em seus trazeiros fedorentos e eles ficam com cara de traseiro, perguntando onde erraram. Graças à Deus, nesse ponto sei as respostas.

    Por vezes, basta um sorriso. Basta um Oi. Mas os “desbravadores” de mulheres nunca pensaram nisso. A atração não é uma escolha, é um processo. Leva tempo. Entrar no coração de uma mulher inteligente e atrante e fazer com que ela escreva uma declaração (porque isso é uma declaração) em seu blog, de modo que milhares de outras pessoas possam ver é tarefa para poucos. É tarefa para sábios. Claudio Prandoni é um sábio.

    Eu tenho vontade de ter um relacionamento dessa forma. Nunca namorei, embora não tenha dificuldade em conversar com qualquer mulher. Elas aparecem, me conhecem e, caso não se sintam bem ou eu não me sentir bem, paramos antes de nos aprofundar mais. Não filtro as mulheres por sua aparência, somente pela forma que me tratam. As vezes, durmo pensando onde estará a garota que me fará suspirar, rir, chorar, sentir ódio e escrever um texto no NR muito parecido com este. Ela não precisa ser gamer, eu mesmo posso convertê-la.
    Mas sou paciente. Se a oportunidade não aparece eu mesmo devo criar. Algumas coisas acontecem por si sós, outras não.

    A história é linda. Me fez pensar e refletir um montão de coisas por aqui. Me fez escrever de forma séria, vejam vocês. Quem diria que eu, Gustavo Oliveira, um dos blogueiros que mais escreve sandices e piadas ácidas escreveria algo tão bonito que nem eu mesmo sabia que poderia escrever.

    No geral,torço por vocês. A simpatia do casal é tanta que parece ser um namoro de longuíssima data.
    Curtam o relacionamento e me deixem voltar a forma normal, porque escrever muito sério me faz sentir super estranho. Nem parece que sou eu mesmo…

  4. Bruna Torres
    12/11/2008

    Nossa prima, eu posso dizer que caiu uma lágrima?

    Muito linda a história! São palavras que sairam do coração mesmo! Eu não consigo escrever algo assim, a não ser que esteja inspirada. Mas ainda prometo escrever a minha história por aqui Bruna & Bruno S2 rs!

    Eu que tenho acompanhado de perto vocês dois, sei realmente o quanto esse amor é verdadeiro, sincero, simplesmente PERFEITO, e tem tudo pra dar sempre certo!

  5. man_overb0ard
    12/11/2008

    Wow.
    Que maneira de começar meu dia de trabalho.
    A história realmente é linda!
    Parabéns aos pombinhos! kkkkkk!

  6. Leone
    12/11/2008

    Parabéns pela linda história
    Queria saber qual dos 4 chefes era o do momento certeiro,mas pela dica,deve ser o Screaming Mantis e po num fala que o chefe é uma droga naum,nad anu MGS4 eh droga HSUAHASUHSAUSAHUSAHSAAS
    Parabens aos Pombinhos tmb
    E que dure mtos anos XD

  7. Cesar "Leropolds"
    12/11/2008

    Muito bacana o post, muito bacana você Carlinha, muito bacana o Prandoni, muitas felicidades para vocês e viva o GOW e o Radugue.
    Obs: E uma salva de palmas para o Snake que não vive só de matar fanfarrões, mas também cúpido nas horas vagas.

  8. 12/11/2008

    Caramba! Maior declaração de amor bonita da preula!!!
    Deu até um pinguiiinho de inveja assim, ó . do Prandas uahsuhsausa!!!
    Parabéns ao meu casal Gamer favorito!!! E que continuem sempre bem!!!

    Beijos e abraços!!!

  9. 12/11/2008

    “Quem diria que eu, Gustavo Oliveira, um dos blogueiros que mais escreve sandices e piadas ácidas escreveria algo tão bonito que nem eu mesmo sabia que poderia escrever.”
    Olha que eu acredito em você, viu Gustavo? Mas sabe que o senhor surpreeendeu com o comentário!
    hehehe

    “Muito linda a história! São palavras que sairam do coração mesmo! Eu não consigo escrever algo assim, a não ser que esteja inspirada. Mas ainda prometo escrever a minha história por aqui Bruna & Bruno S2 rs!”
    Eu também estou na lista das pessoas que não conseguiriam…

    E Carlinha, achei uma graça! E Viva Old Snake!

  10. 12/11/2008

    no, que história fofa! :)
    roubar um beijo no final de MGS4, taí uma coisa que não acontece todo dia.
    parabéns ao casal :)

  11. Didier
    12/11/2008

    Ae que historia incrível, magnífica esse foi um dos poucos momentos que eu cheguei a ficar emocionado.
    Eu só cheguei a ficar emocionado assim em três momentos da minha vida o primeiro quando eu assisti pela primeira vez o filme Fomos Heróis , o segundo foi quando eu ouvi pela primeira vez Stairway to Heaven que é uma musica incrível e o terceiro foi no final de METAL GEAR SOLID 4 foi um final incrível que Snake mereceu.
    Mas é incrível como Snake traz saudades o cara foi único, mas ele sempre será um soldado incrível e honroso que sempre nos fez feliz .Nos vamos sentir saudades de vc Snake.
    Vc sempre estará no coração de cada fã da serie.
    Empolgado com o comentário resolvi colocar uns links para dois vídeos homenageando METAL GEAR SOLID

    http://www.youtube.com/watch?v=SSrexjmCdFE&feature=related

    http://br.youtube.com/watch?v=7qrhcI9pgwA&feature=related

  12. Didier
    12/11/2008

    Mas quase ia esquecendo:
    Meus parabens para a Carlinha e para o Claudio.Isso é dificil de acontercer mas mostra que games nao se deve jogar apenas com os amigos.

  13. 12/11/2008

    Putz, eu ainda tenho esperança que consiga achar alguma mulher q preencha os seguintes requisitos:
    -goste de games
    -goste de mim
    -seja RUIVA (tá, este é só brincadeira 8D)

  14. 12/11/2008

    Ahhh, já fui da fase da “cantada feita”, heuaheuaeheueauaehaeuh.
    Conquistar uma mulher o cara só aprende com o tempo e quebrando a cara várias vezes, dependendo do nível de feiúra do indivíduo.
    Hoje, eu que procuro para mim o que vai ser melhor para mim, e que seja de uma forma que eu a conquiste, nada de tar com uma menina que nem sequer ligue para o que eu gosto.

  15. 12/11/2008

    Um viva para o Prandoni:
    VIVAAAAA!!!
    Caraca, essa foi a maneira mais original de roubar um beijo. Eu batizo esta técnica de “Stealth Kiss” (beijo, snake, stealth, entenderam, hâ, hâ???). O Snake pode ir para o saco depois dessa. Fez as alegrias dos fanboys e fangirls de games, ainda juntou um casal? Muito bom.
    Tudo de bom pra ti, Carlinha e Prandoni (eu acesso seu site tambem viu, diariamente)

  16. 12/11/2008

    Nossa, que estória linda Carla!!

    E um Viva para o padrinho Snake e para Prandoni, que além de ser um mestre, um blogueiro de mão cheia, um redator da melhor revista de games do Brasil, um cara gente boa (mesmo eu não o conhecendo pessoalmente), ainda é profundo conhecedor da nobre arte de roubar beijos (com a ajuda do Snake, é claro)!!

    Felicidades para o casal e muitas jogatinas para os dois!!!

    P.S.: Um dia ainda encontrarei a minha cara-metade gamer!!XD

  17. 12/11/2008

    Mais um ano e meia sem namorada gamer e eu leio esse texto e choro hahaha.

    Muito bom, bateu uma pontinha de inveja dos pombinhos. Tá, não foi só uma pontinha.

    Então, o primeiro passo vai ser comprar um console da moda, acho que nenhuma garota vai querer me ajudar a zerar o Megaman X3 :P

  18. 13/11/2008

    Vamos do jeito que o Jack Estripador quer; por partes! (piada veeeeelha)

    Poxa vida hein, sócio Sr.Oliveira!
    Estou surpreso com o festival de sinceridade. Tu até ressuscitou o post do Zé e do DS hehe… Como a Nathalie disse, eu não sou tão sincero a tal ponto.
    Ma ma oeeee… Por isso que choveu bagarai hoje. E logo hoje que estava de paletó! Verme, por favor dirija-se a sala dos editores noresetianos ¬¬”…

    Mr. e Ms. Hadouken: Parabéns pelo conto. Isso rende um livro, hein. Já pensaram em escrever um? É como eu sempre digo nos casos de casais bem sucedidos – quero ver um carro brincando no jardim e as crianças estacionadas na garagem. Be happy!

    Dona Towers: Comentei o seu comentário (essa é ótima) no http://www.noreset.net

    Beijos e abraços bem distribuídos a todos!

  19. 13/11/2008

    falando em cantadas cretinas, me lembrei de uma velhinha:
    “Asa de morcego, pena de galinha, se quer ficar comigo, dê uma risadinha!”

    HEU|HuHUEhuhUheUh

    tá bom, eu paro

  20. 13/11/2008

    Thyago, eu sou a rainha das cantadas cretinas hahaha

    Carlinha: Oi, você tem uma colher?
    Thyago: Não, por que?
    CArlinha: Porque eu estou te dando sopa…

    Haahahaha

    Ganhei de você, hein.

  21. 13/11/2008

    Realmente como falaram, muito linda a historia =3

    Mas… num sei … pode ser pela maneira que foi escrita ou mesmo pelo tamanho do texto … eu fiquei meio “ãhn?!” quando eu vi que tudo foi … bem … recente demais =x

    Boa sorte pro casal =D

  22. 13/11/2008

    Santo de casa não faz milagres Mr. Coelho.

    Pior que me senti desgraçadamente estranho depois do comentário. Escrevi uma coisa tão bonita e tão emo, mais tão emo, tão emo que ontem à tarde, quando fui ao banheiro, quase mijei sentado.
    Ainda bem que a chinelagem nossa de cada dia já voltou ao normal.

    Sobre o post, já disse tudo.

  23. 13/11/2008

    heuaheauheauaeuaeh, realmente, essa é velha.
    mas pior mesmo é cantada para mulher feia. Você chega com um cigarro…
    -Tem fogo?
    -Não!
    -Então COSPE DRAGÃO!!!!

  24. 13/11/2008

    ÓOOOOOOOUNNNNNNNNNNNNNN auHAUhauHAUHua que coisa fofa de meldeeeeeeellllsss XD hahaha

    Pow, duas pessoas que eu gosto muito e torço muito ^^ Infelizmente não vou poder chamar vcs pra serem padrinhos do meu casório tão cedo, já que o destino muda algumas coisas na nossa vida uHuhUhuHUHUAuahUA Mas um dia sai, provavelmente depois do de vocês \o/ uhul

    ;)

  25. Didier
    13/11/2008

    Lucas vc tem é sorte nunca na minha vida eu cheguei a conhecer pessaolmente uma menina que gostase de games ou de Rock tipo Led Zeppelin ou Nirvana nao sao as unicas bandas que eu gosto mas estao entre as minhas preferidas.
    Meu irmao se vc conhece pessoalmente uma garota que goste de games e que seja bonita vai fundo meu irmao mulher que gosta de games pelo menos aqui é dificil de se encontrar.

  26. 13/11/2008

    Parabéns ao casal gamer!
    Vou poupar vocês de dizer qualquer coisa aqui porque tenho certeza que vai soar ou como música sertaneja ou como comercial de margarina… Então, sigam felizes o caminho dos joysticks até o altar.
    Aquele abraço.

  27. 13/11/2008

    Adoro esse casal.

    Lembro quando esse namoro ainda era “segredo” e acho que só a Bruna sabia. A Carlinha vem toda feliz no msn comentar do começo dela (na mesma época que o meu, praticamente) no jornalismo de games. E soltou a pérola: conheci um cara, que escreve também.
    Levei cerca de -0,020930291 segundos pra dizer:

    – Sério que você tá namorando com o Prandoni?

    Não sei da onde eu conclui que era ele, mas era meio óbvio, eu acho, ele e ela.

  28. 14/11/2008

    Linda historia!

    Gostar de coisas parecidas é muito importante para um relacionamento, afinal são duas pessoas dividindo a vida né

    Sempre fui apaixonado por vídeo-games, mas sempre me faltou a disposição para correr atrás.

    Parabéns por tudo que conquistou.

  29. 15/11/2008

    É menos gente pra ganhar na mega-sena, esses já ganharam a sorte grande…

    Eu to correndo atrás da minha…

  30. 18/11/2008

    Nesse jogo do Amor, desejo aos dois Continues infinitos!

  31. Victor
    02/01/2009

    isso contrária à frase ” sorte no jogo,azar no amor” vice-versa, nesse caso foi uma junção.

Crie uma conta no gravatar.com para colocar sua foto nos comentários.

Sempre que comentar em algum blog com o email cadastrado, aparecerá sua imagem.