Game Music Brasil: primeiro festival de trilhas de jogos do país

Sergio Murilo Carvalho, idealizador do Game Music Brasil e sócio da Conexão Cultural e Tommy Tallarico, maior compositor de game music do mundo e que está no Guinness Book of World Records - Gamer’s Edition

Sergio Murilo Carvalho, idealizador do Game Music Brasil e sócio da Conexão Cultural e Tommy Tallarico, maior compositor de game music do mundo e que está no Guinness Book of World Records - Gamer’s Edition

[Release] Atualmente, as trilhas de video games são tão elaboradas quanto as composições para filmes. As composições dos jogos são tão importantes que até mesmo o Grammy, maior prêmio da indústria musical, já percebeu isso e vai premiar no ano que vem pela primeira vez a categoria de trilha sonora para games (Oh hell yes!).

No Rio de Janeiro, acontece em outubro o primeiro festival nacional de composição de trilha para jogos eletrônicos: o Game Music Brasil, organizado pela Conexão Cultural. A competição conta com três categorias: melhor trilha sonora, melhor banda e melhor jogo indie. “O objetivo do Game Music Brasil é fazer com que os músicos descubram este novo mercado, que tem crescido a cada ano”, diz Sergio Murilo de Carvalho, sócio da Conexão Cultural e idealizador do evento. No ano passado, o mercado de games gerou US$24 bilhões de receita em todo o mundo, segundo a empresa de pesquisa americana NPD.

– Sobre o Game Music Brasil:

As inscrições para participar do festival já estão abertas pelo site www.gamemusicbrasil.com.br. Pessoas de todo o país e de qualquer idade podem se inscrever gratuitamente. Na categoria composição, os participantes precisam criar uma trilha para o game “Critical Mass” desenvolvido pela Aquiris Game Studio e distribuído pela Aeria Games, detentora de diversos games que seguem o modelo free-to-play. O jogo será lançado no mercado no final de 2011. É preciso se inscrever no site, fazer o download de um Sample do novo game, gravar a trilha e fazer um upload do vídeo.

Já na categoria melhor banda, é preciso apenas enviar um link do Youtube com a banda executando qualquer trilha ou de game já existente ou composição própria. Para quem toca um instrumento, mas não tem grupo, o site do Game Music Brasil dá uma ajuda. O “Tô sem banda” une músicos via web a montar uma nova banda e participar do evento. Na categoria jogo indie, o candidato precisa desenvolver um jogo eletrônico e enviar um sample e link para download do jogo, que será postado no site. Serão avaliados a jogabilidade, os gráficos, a trilha, entre outros.

A primeira fase do festival acontece até o dia 20 de setembro, através do voto popular pela internet. Cada pessoa poderá votar apenas uma vez em cada categoria. Pelo site será possível acompanhar o número de votos de cada participante. A final acontece no dia 08 de outubro, durante o festival Game Music Brasil, no Rio de Janeiro, com três finalistas por categoria. A banca de jurados será composta por cinco pessoas, membros da indústria de games, do mercado fonográfico, músicos e representante da área comercial.

Fonte: Nonuba Games

Vivi Werneck
Share on Tumblr
Feed do Post
8 Comentários em "Game Music Brasil: primeiro festival de trilhas de jogos do país"
  1. 30/06/2011

    Bastante interessante esse festival. Aproveitando a deixa: Alguém já tem informações sobre o VGL?
    Abraços

  2. Hélio
    30/06/2011

    Esta é uma trilha q me deixou apaixonado recentemente, assim como todo o resto do jogo:

    http://www.youtube.com/watch?v=Ip5u8kOGd9I

  3. The Punisher
    30/06/2011

    Muito interessante mesmo, e uma ótima sacada. Assim que vi o post já me vem a cabeça a banda MegaDriver que já toca trilhas de jogos a um tempo.

    • Tonshinden
      30/06/2011

      somos 2 assim q li o post j me veio a megadriver na cabeça !!!!!

  4. Hélio
    30/06/2011

    Sobre o assunto do post: games têm mais é q ser premiados mesmo, tá muito, mas muito atrasado esse povo do Grammy. Desde 20 ou 30 anos atrás já existiam trilhas marcantes, e hoje em dia não é diferente.

  5. Hélio
    30/06/2011

    Huahuahua Isso q dá eu não ter áudio aqui no trampo. Acabei postando o vídeo da música errada xD
    A música a q eu me referia era uma trilha emocionante q toca na última batalha de Tales of the Abyss, chamada At the Time of Farewell:

    http://www.youtube.com/watch?v=Vj8I_wl0xXk

    Anyway, esse é o tipo de exemplo de boa trilha q não recebe as premiações q merece. Tanta trilha excelente tipo Final Fantasy, God of War, MGS, Lunar, etc. Os games precisam ser mais reconhecidos pelas suas qualidades marcantes, e amúsica é uma delas.

  6. 06/07/2011

    Legal o evento e até inscrevi eu e meu amigo lá, porém, na parte de Melhor banda, estão aparecendo uns vídeos meio “nada a ver”. Acho que tinha que ser obrigatoriamente banda com música focada em “game music”.

  7. Joanilson
    09/08/2011

    Oh,muito obrigado por uma das informações que encontrei nesse post:

    “As composições dos jogos são tão importantes que até mesmo o Grammy, maior prêmio da indústria musical, já percebeu isso e vai premiar no ano que vem pela primeira vez a categoria de trilha sonora para games”

    Sou fã de game music e ouço várias em alto e bom som.Da mesma forma,que um forrozeiro tem orgulho em botar Aviões do Forró para tocar.O problema é que o forrozeiro não sofre criticas preconceituosas e eu sofro.

    Com essa noticia do Grammy vou fazer a festa em cima desses manés que me malham por ouvir game music.

Crie uma conta no gravatar.com para colocar sua foto nos comentários.

Sempre que comentar em algum blog com o email cadastrado, aparecerá sua imagem.