Entrevista com Khary Payton, Drebin em MGS4

Tags: drebin, Entrevistas, khary payton, Metal Gear Solid, MGS4

MGS4 - Drebin

Personagens com propósito de suporte ao gameplay não precisam ter muita expressividade. Como sua função é ser a interface para alguma mecânica de jogo (ex: prover itens ao jogador), não se faz necessário tornar esse tipo de NPC narrativamente memorável. Entretanto, investir neles pode trazer resultados não só carismáticos, mas que elevam a experiência — é o caso do Drebin, em Metal Gear Solid 4.

Diferente da maioria dos muambeiros dos jogos, Drebin tem uma personalidade bem distinta. O cara é descolado, todo trabalhado no bling e está sempre acompanhado de seu simpático (e às vezes irritante) macaquinho de estimação, o Little Grey. E ele também fala muito mais do que um punhado de frases manjadas de vendedor ambulante: além de desbloquear e fornecer armamentos e dar várias dicas práticas, é Drebin quem nos conta sobre o passado trágico das mulheres da Beauty & The Beast Unit e sobre a realidade sórdida das proxy wars fomentadas pelo sistema dos Patriots. Há, ainda, um plot twist que revela um papel surpreendente para o gun launderer na trama, muito mais profundo do que sua aparente função.

MGS4 - Khary PaytonUm dos aspectos mais marcantes na construção do personagem é seu linguajar cool e misterioso, que obscurece sua verdadeira motivação durante todo o jogo.

O responsável pela voz do Drebin 893 é o ator americano Khary Payton, um veterano na dublagem de jogos e animações. Gente boa, ele concedeu uma entrevista bacanuda ao Girls of War, que vocês podem conferir abaixo.

************************************************

ENTREVISTA

– Você era gamer antes de entrar para o universo da dublagem? Se sim, que tipo de jogos gostava/gosta de jogar?

Na verdade, não. Só joguei Madden Football ocasionalmente, e não sou tão bom em shooters. Eu tento jogar os games em que trabalhei para poder me ouvir e aprender como melhorar. Também jogo alguns em que meus amigos trabalharam, como God of War. Grande jogo!

– Conte-nos um pouco sobre seu background profissional.

Eu comecei fazendo teatro em Dallas, no Texas, onde fiz faculdade antes de me mudar para L.A. Fiz programas de TV, filmes e comerciais por uns dois anos, então consegui meu primeiro teste para um desenho chamado Teen Titans. Tive sorte e consegui o trabalho! Foi assim que eu comecei na dublagem. Qualquer ator vai te dizer que dublagem é o mundo mais difícil de se conseguir entrar. Você tem que continuar tendo fé e correndo atrás. Kris Zimmerman foi quem me deu o meu primeiro papel em jogos (em L.A.), como um coronel africano na série Syphon Filter.

– Você dublou desenhos, certo? Qual a diferença entre dublar um desenho e um jogo?

Muitas vezes, nos desenhos, você está em um estúdio com os outros atores, então é bem interativo. Dublar jogos também é divertido, mas você normalmente está na cabine sozinho. Para MGS4, David Hayter e eu ficamos juntos no estúdio na maior parte do tempo. Foi muito legal.

– Como foi o processo de seleção para MGS4?

Minha amiga, Kris Zimmerman, me chamou e trabalhamos na voz juntos. Ela já tinha me usado em muitos jogos antes. Kris está entre os melhores diretores de dublagem no ramo. Algumas semanas depois eu recebi a ligação avisando que havia sido escolhido.

– Você teve algum contato prévio com a série Metal Gear?

Eu conhecia, mas não tinha ideia do quão grande a franquia era! Quando o jogo saiu, fui convidado para um evento em Hollywood. A fila de pessoas dobrava a esquina! Nós autografamos jogos e PS3 por horas!

– E o proceso de gravação da voz, como foi?

Como disse, eu havia trabalhado com a Kris várias vezes e sempre nos divertimos muito juntos. Ela pode simplesmente me lançar um olhar ou um gesto e eu vou saber exatamente o que ela precisa que eu faça. David foi incrível na cabine. Ele é muito inteligente (óbvio) e bem calmo. Também pude conhecer Ryan Payton (que não é parente, apesar do mesmo sobrenome), um dos produtores, que também é ótimo. Fazer a voz deste personagem foi bem diferente da maioria. Primeiro eu fui, é claro, o “cara das armas” e um certo alívio cômico. Meio sério, mas muito divertido. Então eu comecei a contar as histórias das Beauty & The Beast. De repente eu estou nesse clima pesado e sombrio falando sobre as jornadas horríveis dessas mulheres. Tive muito com o que “brincar”.

– Seu personagem, Drebin, o que você pensa dele? Vocês compartilham semelhanças, em termos de personalidade?

Ha! Ele é um cara muito descolado. Apesar disso, não acho que somos muito similares. Ele é meio quieto. Eu sou meio barulhento. Ele tem aquela coisa meio loira… eu me mantenho natural. O macaco dele não tem cabelo. Meu macaco é… hum… deixa para lá. Ele, na verdade, se parece um pouco com o meu irmão!

– Os jogos da série MGS são notórios por suas dublagens de qualidade, consideradas um diferencial na indústria. O que você pensa disso?

Eu fico feliz por Drebin ter sido tão bem recebido. Esta é uma série muito grande, eu não queria estragá-la.

– Você tem parentes ou amigos que sejam fãs de Metal Gear? Como eles lidam com o fato de que agora você faz parte da série?

Eu fui a um casamento e meu primo me perguntou que jogos eu tinha feito. Eu mencionei MGS4 e ele esbugalhou os olhos! Ele correu, chamou um amigo e me implorou para “falar como o Drebin”. Outro amigo meu, que está vivendo na Coreia, me achou no Facebook porque ouviu minha voz no jogo. Muito doido!

– Podemos esperar ouvir mais de Khary Payton num futuro próximo? Você está envolvido em algum projeto que possa nos contar?

Eu estou produzindo um filme chamado The Last Push e fazendo alguns trabalhos de TV em séries como Criminal Minds e Medium. Em termos de videogame, vocês podem me ouvir em The Sims 3, SOCOM: Fire Team Bravo 3, Marvel Ultimate Alliance 2, Resistance 2, No More Heroes 2, Tom Clancy’s Endwar e alguns outros que não posso falar agora. Então, fiquem ligados.

– Há algum papel (não só em jogos) que você gostaria de ter interpretado?

Não sei… Hamlet! Cyrano! :-) Eu consegui dublar tantos dos meus personagens favoritos de HQs, não posso reclamar. Só quero continuar trabalhando em projetos legais com ótimas pessoas. Eu tenho muita sorte de estar fazendo o que amo.

– Você já esteve em nosso país? Se sim, o que achou? Se não, gostaria de visitar algum dia?

Eu ADORARIA visitar o Brasil. Na verdade, tenho alguns parentes distantes em Florianópolis!

 


 

Siga o Khary na internet:

Twitter.com/kharypayton

Instagram.com/kharypayton

Bebs
Share on Tumblr
Feed do Post
34 Comentários em "Entrevista com Khary Payton, Drebin em MGS4"
  1. Leandro
    23/11/2009

    Muito bacana! Boa entrevista :)

    Ele parece ser muito de boa.

  2. Fabiano
    23/11/2009

    cara..q que isso?q isso?entrevista com esse cara?pelo q sei ele nao é um personagem daqueles marcantes para algo tao primoroso assim para uma entrevista?acho q esses carassao bem baratinhos pra entrevistar.ai cara…to revoltado…vou parar por aqui pq se nao vou dá um troço. se liguem….façam uma entrevista com o criador do mario…ou do criador do sonic,,,,algo q possa trazer uma nostlagia valisoa,,,,agora….entrevistar o homem bomba mercenario de metal gear 4?

    (to muito trsite)

    • Jhun
      23/11/2009

      Affs, tem cada um ¬¬°

      Mandou bem Bebs. Ótima entrevista. Eu sempre achei o Drebin um kra super cool msm.^^

      É muito interessante saber um pouco mais sobre esse trabalho qeu tanto admiro. O kra manda bem.

    • 24/11/2009

      Pois é Rebeca, com esses aí eu acho que deve ser $uper fácil! Rs!

      Eu gosto muito do trabalho de dublagem de MGS4. Agora insuperável mesmo pra mim, é o trabalho de dublagem da franquia da Eidos: Legacy of Kain! Seguindo a linha de personagens “secundários”, entrevistar o dublador de Moebius (Richard Doyle) seria bem legal!!!

      Interessante a entrevista.

      • 25/11/2009

        E ele não leu as entrevistas anteriores…rsrs
        Criticar é fáááácil,né gente??rsrs
        Tem que rir com isso!

  3. 23/11/2009

    [off topic]

    Já chegou o disco voador!!!! Urrruuuuuu!!
    Meu joguinho Superhypeverycult da Era Dragão chegou. Acompanhado de uma adorável carta da ViVi!! (qto tempo eu não recebo uma carta)

    Muito obrigado Girls! Tô aqui todo feliz e saltitante!(nada de pensar em pôneis e gazelas! rã! ¬¬)

    Bjos

    P.s gostei mto da entrevista, ainda não joguei MGS4 (alguém aí quer me dar um ps3?) mas acho mto interessante conhecer o pessoal por trás das vozes dos personagens.

    • 23/11/2009

      TEnho mto a agradecer!! To no começo do jogo e já posso dizer q ele é maravilhoso! *_* (não vejo a hora de ficar mais tarde, pra poder voltar a jogar rerere)

  4. 23/11/2009

    Po Rebeca como vc conseguio falar com ele na epoca do Didierwars eu tentei ele não tinha orkut nem tiwtter eu devia ter visto o Facebook, mas a entrevista estava o bicho o cara não é um David Hayter, mas é bom.
    Eu esperava que ele fosse mais parecido com o Drebin.

  5. Sovereign
    23/11/2009

    Legal a entrevista. Ainda nao joguei o MGS4, mas quando tiver um tempo empresto a versao usa de um amigo pra jogar. O cara trabalha mesmo! quantas dublagens. Acho que sei qual personagem dublou no resistance 2(tenho o jogo) depois verei nos creditos.
    P.S. As outras ainda nao responderam ao e-mail, tente entrar em contato com as meninas.

  6. 23/11/2009

    Acho essa parada de dublagem algo bem incrível. Quando vejo os making of, cara, que loko a produção. Parabéns pela entrevista bebs :D

  7. Henume
    23/11/2009

    Queria saber, que personagem de Marvel Ultimate Alliance 2 ele dublou??

  8. 23/11/2009

    Muito legal a entrevista Bebs! O cara parece ser bem carismático.
    Ainda não joguei MGS4 (e provavelmente nunca jogarei), mas só por ele ter dublado Teen Titans e estar em No More Heroes 2 já merece respeito!

  9. 23/11/2009

    Boa Rebeca!

    Sabemos como é dificil conseguir entrevistas, não ligue para os q adoram procurar pelo em ovo de galinha.

    Parabens pelo trabalho meninas!

  10. Fabiano
    23/11/2009

    espero q a proxima entrevista nao seja o vendedor de itens(armas e afins) do RESIDENT EVIL 4.

    WELCOME!

  11. caligariburton
    24/11/2009

    Gostei muito da entrevista e espero que continuem assim… mesmo os coadjuvantes merecem espaço…

    Ah! E para o Fabiano: se não gostou vc pode criar um blog sobre games e fazer entrevistas melhores, q tal? Criticar é fácil, faça melhor aí sim a gente conversa…

  12. André
    24/11/2009

    Oooorra muiiito BOA mesmo a entrevista!^^

    será que o Fabiano jogou MGS?o Drebin é importante na trama, é só prestar beem atenção no fim do game…orraaa!

    \o/

    gostei, parabéns Girls!

  13. Rafael Bros.
    24/11/2009

    VERY GOOD!!!!!!

  14. Arilson
    24/11/2009

    QUE HISTÓRIA É ESSA DO MACACO? D=

  15. 24/11/2009

    Ainda não joguei o 4 T__T depois dessa materia deu até vontade de baixar… tem para pc?

  16. Fabiano
    24/11/2009

    caligariburton meu filho,isso se chama opiniao democratica….se o blog aceita opiniao negativa e positiva é pq o valor de ambas sao iguais.vc nao precisa se doer por ninguem aqui meu chapa.se só quer opinioes linda e favoraveis faça o seu blog e aceite só as opinioes q vc acha q é boa só pra vc

    • 24/11/2009

      tem gente q confunde “opinião democrática” demais. na sua “opinião democrática”, elas DEVEM fazer o que VOCÊ quer.
      Blog delas, regras delas. Claro, você tem o seu direito de dizer “achei a entrevista tão boa quanto fezes flamejantes”, afinal, é a sua opinião e quem sou eu para mudá-la.

      Agora, chegar dizendo “vocês DEVEM FAZER isto aqui, ENTREVISTAR ESTE CARA”, ou melhor, ironizar a entrevista feita pelas meninas, querendo chamá-la de inútil apenas pelo fato do personagem se apresentar como secundário e vendedor de armas, mostra que já foi estrapolado o limite de “democracia” para o de “autoritarismo”.

      Primeiro que não foi uma entrevista inútil. É um personagem importante de uma série tão grande e influente que tem os fanboys mais chatos da história.

      Segundo que é sempre bom saber o que estes caras andam fazendo, além de saber quem são eles, afinal, um game com uma excelente dublagem normalmente é um excelente game (não consigo pensar em um jogo ruim com dublagem boa).

      Terceiro que seria uma coisa SIMPLESMENTE AWESOME se elas entrevistassem o vendedor de armas de RE4! Já me decidi que a próxima festa a fantasia que eu for vai ser desse cara, chegarei nas meninas e direi “Welcome! 8D”.

  17. 24/11/2009

    Quanto à entrevista, excelente como sempre XD
    agora o que me faz eu me perguntar é pq SEMPRE eles se assustam com o sucesso da série. Esta é bem a terceira ou quarta entrevista que vemos este tipo de reação do dublador XD.

    Acho que uma das poucas vezes que isto não aconteceu foi quando vcs entrevistaram o dublador do Roman Belic, um outro personagem secundário e que por isso não tem importancia e que nem devia ser levado em consideração, invalidando todo o trabalho do dublador, comparando-o a nada. [/ironia]

  18. caligariburton
    24/11/2009

    Se for fazer alguma crítica que seja ela construtiva e útil. A sua não cumpriu nenhuma dessas finalidades…

    Sorry mas você não ‘fez’ o requisito!!!

  19. caligariburton
    24/11/2009

    Toda opinião com certeza deve ser respeitada mas criticar por criticar ou por gosto pessoal não leva a nada… se fosse uma crítica construtiva eu até não diria nada ^^ Ah, eu já tenho um blog e com certeza não ligo para a opinião dos outros huhuauauha eu posto coisas que EU gosto e se não gostar a pessoa tem o direito de não ler, é simples… É como um livro que vc começa a ler, não gostou? Pare e comece outro… ler o livro todo e criticar sem fundamento é burrice e perda de tempo…

  20. caligariburton
    24/11/2009

    Desculpe, não vim brigar em blog alheio! Não farei mais isso, meninas… \o/

    Só um adendo: na maioria das vezes o personagem coadjuvante é bem mais carismatico que o principal… eu tenho uma tendencia enorme a gostar só dos coadjuvantes xD pq geralmente o personagem principal é tão explorado que já não tem nada de novo a oferecer, é importante p a trama mas em personalidade é, em sua maioria, vazios…

  21. caligariburton
    24/11/2009

    *vazio

  22. 25/11/2009

    Eita! Uma peleja!

    Deixe-me entrar nessa democracia e dizer o que penso — é bom isso de se poder dizer o que pensa, mas deve-se estar ciente de que acarreta na possibilidade de ter que ouvir/ler uma réplica. Todo mundo conhece um chavão bem clichê a respeito disso, nem preciso citar.

    É interessante quando alguém dá uma chacoalhada em algo. Coloca-nos numa posição inesperada, e isso nos suscita um raciocínio q não teríamos numa condição normal. Eu, por exemplo, nunca havia parado pra pensar no porquê de uma entrevista ser boa ou ruim. Lembrei de um documentário que assisti. Chama-se “Janela da Alma” (mto bom por sinal), e nele há entrevistas maravilhosas de pessoas relatando suas experiências com o olhar, tanto com a sua mecânica quanto sua subjetividade. Acho q a única pessoa que eu conhecia ali era o escritor José Saramago. Mas isso não quer dizer que eu tenha me frustrado em ver um monte de estranhos dizendo um monte de coisas. Muito pelo contrário. Eram pessoas muito interessantes, e o filme conseguiu extrair muitos relatos que guardarei comigo para sempre. Vê? Mais importante que a fama do entrevistado é o conteúdo da entrevista em si. O que se pode extrair daquela e pessoa do que pode ser interessante pra nós. Aqui no caso são os jogos. Um diferencial das girls é conseguir trazer coisas interessantes do mundo gamer q não sejam apenas reviews e outras notícias q se pode encontrar em qualquer outro site. Sem fugir do assunto, a entrevista é boa não pq é o fulano tal que faz tal coisa no metal gear, ela boa pq consegue passar pra nós informação de quem está no meio, sacia nossa curiosidade, Informa. Buscar apenas famosos para matéria acaba sendo, por vezes, até perigoso. Deixa-se de lado o essencial, a preocupação em extrair da pessoa informações de interesse, para se preocupar apenas com quem é a pessoa e q grau de relevância ela tem na mídia. OU seja, busca-se ibope gratuito.

    Imaginem um caso em que as Girls anuciem: “em breve, entrevista com Shigero Myamoto”. Daí, quando vc vai ver a entrevista está lá “Olá meninas, eu sou o Shigero Myamoto e o blog de vcs é demais”. Num caso desse, eu pensaria “e eu com isso? Cadê a informação?” e diria q a entrevista com o “zé ninguém” do MGS4 foi mto mais interessante.

    O programa do Jô por exemplo é mto famoso por suas entrevistas e a maior porcentagem de pessoas que vão lá são desconhecidas do grande pública. Acho que houve uma certa inversão de valores nesse caso. Bom… é o que penso.

    • Jhun
      25/11/2009

      Kra, belíssimo exemplo o do programa do Jô.
      Na maioria das vzs naum faço idéia de quem está na tela mas logo me deparo com maravilhosas entrevistas.

      Tb creio q tds tem direito a dar opinião. Agora, uma coisa e dar sua opinião dizendo q naum gostou e outra e desvalorizar totalmente o trabalho do kra e das meninas.

      E daí que o Drebin e o feirante, camelô, muambeiro vendedor de armas? Eu gosto dele e ele tem estilo. Deckard Kain (Diablo series) tb é só o véio que identifica itens mas é o kra. espero que ele volte msm em Diablo III.

      Mas eu naum sou o dono da verdade. ^^ Só me amarrei na entrevista.

      Voltemos a nossa programação normal. Oo

  23. Fabiano
    25/11/2009

    ai ai .,..adorei o papo..a discursao. ate o rapaz lá o caligariburton falou legal. o fato de como eu me expressei aqui no blog das meninas acabou gerando uma boa discursao.mas como eu disse..opiniao é opiniao seja ela boa ou ruim.a receba ta certa numa coisa sobre mim. eu realmente me equivoquei em criticar a entrevista. mesmo ela parecendo um tanto sei lá…ela no fim das contas é valido. eu sei q fui ate errado em queree scolher q elas deveria entrevistar fulano da BIG N ou o sicrano da SEGA. bem..errei sim meninas..e peço desculpas. mas nao sabia q isso fazia um alvororço todo. ate q foi legal falarmos sobre tudo isso de cada um ter seus prorios pontos de vista sobre oq poderia ser bom ou ruim para cada opiniao de leito do blog de vcs.e como um menino falou la em cima…se caso vcs façam uma entrevista com o vendedor de intens do RE4…eu vou dá uma lida e falar dos pontos positivos e negativos.só nao vou terq puxar a sardinha pro lado de ninguem pq nao to aqui pra isso e sim para prestigiar o blog com seus entretenimentos sobre um assunto q gostamos e feito por mulheres q nao é menos qualidade e sim de padrao igual ou ate melhor q muito blog feito por homens.enfim…foi bom dá uma chocalhada no blog e entrarmos num assunto sobre tudo isso. valeu rebequinha e desculpa qualquer coisa.
    ps:
    e para o caligariburton….desculpa a minha delicadeza com vc e com os outros usuarios….foi mal aí…eu errei sim..mas opinioes sao opinioes…e elas sao valorosas pois a cada cristica podemos melhorar.

  24. 25/11/2009

    tudo bem, bom ver que de vez em quando as pessoas tem juízo e reconhecem quando tão equivocadas.

  25. caligariburton
    25/11/2009

    Nossa isso tá rendendo ahuahuhuaa *brinks. Não gostar do cara por ele ser mero secundário por mim é válido, com certeza ele queria alguém mais “importante”, mas ele criticou a entrevista em si e não foi uma critica construtiva, ele até se retratou, achei bem legal isso (e me desculpem se ofendi alguém também ^^) mas o que ninguém pode negar é que essa entrevista foi bastante profissional, as perguntas foram completamente condizentes com a profissão dele, foi bastante técnica e mostra que ele tem potencial para trabalhos maiores porque ele gosta do que faz e o faz muito bem, já cansei de ver entrevista com dublador que quando perguntados sobre o personagem ou algo do tipo ele simplesmente responde: ” Ah, foi legal!” ou “foi bastante divertido” mas não se aprofunda nisso e tb já vi muitos entrevistadores perguntarem coisas nada a ver com nada ^.^…

  26. Fabiano
    25/11/2009

    ok ok crianças….ja basta…todos estamos felizes pq o papo ja ta encerrado e resolvido. bom…nao sou muito de participar mas quando leio algo do meu interesse eu participo sim aqui no blog das gatinhas…e adoro tambem o blog do HADOUKEN.
    bem é isso…saúde para todos boa noite….e torçam para q o flamengo seja campeao.

  27. caligariburton
    26/11/2009

    heeeee \o/

Crie uma conta no gravatar.com para colocar sua foto nos comentários.

Sempre que comentar em algum blog com o email cadastrado, aparecerá sua imagem.