Dragon Age Origins: eu terminei!

Tags: dragon age bioware, Dragon Age Origins, neverwinter nights 2


Por Vivi Werneck

(Todas as imagens deste post são do meu jogo!)

Prometo que agora, finalmente, vou sossegar um pouco a respeito deste jogo. Desculpem mais um post sobre o mesmo game, mas é que preciso compartilhar com vocês minhas impressões finais desse épico desenvolvido pela Bioware e publicado pela EA. Minha intenção, nos próximos parágrafos, não é fazer uma análise técnica, aos moldes de alguns sites de games – onde se fala um monte de termos do tipo “core mechanic”, anti isso… Anti aquilo… Não. Quero falar como simples jogadora e adoradora de um bom RPG.

E por falar em RPG, desde meu saudoso Oblivion (há quase quatro anos), e depois passando por Fallout 3, que não me senti tão empolgada e, posso dizer, emocionada com um jogo, especialmente com o clímax (ui) da batalha final. Dragon Age Origins conseguiu a façanha de contar uma história mais batida que tamborim de escola de samba em final de desfile, e fazer algo memorável.

A história, no entanto, passa como mero pano de fundo diante de todas as possibilidades que se podem encontrar pela frente: conflitos étnicos, brigas por poder, traições, romance, sexo (ai que calor!), polêmica, violência e sangue… Sim, pequenos herculoides, muuuito sangue! Nunca vi tanta tripa voando em um só RPG! A-do-rei! É difícil não ver o seu personagem imundo de sangue após uma batalha (se preocupar com hepatite ou Aids, pra quê?).

Combos entre magias, ataques com finalizações em câmera lenta – aumentando a dramaticidade da ação… Tudo isso dá um “T” danado de continuar jogando por horas e horas… Suas atitudes e decisões, ao longo do game, também valem muito: ser bonzinho nunca é fácil e, infelizmente, sair por aí enfiando a faca no bucho de todo mundo também pode não ser a melhor opção (vai que você mata um possível aliado “sem querer”?). Os personagens? Ah… Eles têm um carisma que nunca havia visto antes em games do tipo: ótima expressão facial, gestos bem articulados e as discussões entre o templário Alistar e a bruxa Morringan são memoráveis!

Bom, mas para eu não me perder no meu raciocínio – já comprometido após a maratona final de jogatina durante a última madrugada – vamos separar os tópicos por partes. Espero, do fundo do meu coraçãozinho psycho, que leiam tudinho… Porque senão terei que matá-los!

1) Semelhanças com Neverwinter Nights 2

Assim que assisti aos primeiros vídeos do gameplay do jogo, lembrei logo de Neverwinter Nights 2 (da Obsidian Entertainment). Também terminei esse jogo, bem como suas expansões, e constatar algumas semelhanças entre os dois games foi inevitável. Por exemplo, observem as duas imagens abaixo: a foto da esquerda foi tirada do NWN 2, enquanto a da direita é do DA.

Logo de cara, nota-se a semelhança entre as “quick bar”, ou barra de atalhos para magias, itens e ações, ao pé das imagens. Salvo algumas mudanças de design, trata-se da mesma ferramenta. Mesma coisa em relação ao mini mapa e as figuras da sua “party” (seus companheiros de batalha). Suas magias ou perícias ativas também ficam a mostra, só que em NWN2 elas estão à direita, enquanto em DA, elas ficam logo acima da quick bar. Dois aspectos únicos em cada jogo, porém, é a opção de “resting” (descanso) que existe em NWN2 e não tem em DA, e a quick bar superior central em Dragon Age – com atalhos para seu diário, perfil, skills, estratégias…

Mais semelhanças? Sim! As viagens pelo mapa também são parecidas e, em ambos os jogos, você pode ser atacado durante uma dessas viagens. A forma de clicar nos objetos, de selecionar sua party, o interior e o exterior das locações também são muito parecidos.  Taticamente falando, jogar NWN 2 – na minha opinião – é um pouco mais complicado, já que requer que você tenha, ao menos, um conhecimento básico das regras de D&D para não fazer caquinha com seu personagem e não sofrer penalidades por mudanças de alinhamento. Em Dragon Age, apesar de menções claras a algumas regrinhas de D&D, você não sofre esse tipo de penalidade e nem ao menos tem tantas opções de escolha de raças, atributos e especializações como em NWN 2.

2) Colírio para os olhos e música para os ouvidos

Visualmente, DA é lindo. Estou amaldiçoando até agora minha placa de vídeo dos infernos por não ter conseguido rodar o game em todo o seu esplendor! Mas mesmo usando uma configuração gráfica mediana, consegui perceber a beleza e o detalhamento dos cenários, das sombras, das luzes e os efeitos que elas causam sobre os objetos e os personagens. As cutscenes são muito criativas e por vezes engraçadas. Infelizmente, não posso falar muito delas para não acabar contando sobre o jogo.

A música, em tom épico – é claro, combina bem com cada local que você se encontra e são bem sincronizadas, a ponto de ser quase imperceptível notar quando uma termina e outra começa. A não ser em momentos de batalhas, em que o tom suave é substituído por algo do tipo: “vai pro pau mulé!!! Uuiii…”. Outra coisa, com o tempo aquela mulher gemendo no menu inicial do jogo enche o saco, mas aí é só baixar o volume.

 

3) Sua party e você: uma relação de amor e ódio

Uma das grandes batalhas que você irá travar ao longo do jogo será fazer seus companheiros de aventura (Todynho?) se entenderem ou, no mínimo, conviverem entre si. Isso requer muuuito jogo de cintura e algumas visitas à loja de presentes. Vou explicar o porquê: agradar a “gregos e troianos” é bem trabalhoso. Seus companheiros têm personalidades e desejos (ui) distintos. Tenha sempre com você alguns “mimos” (presentes) para acalmar alguma tensão ou em caso de precisar, desesperadamente, agradar a alguém da sua equipe (lembrando que você só pode presentear membros da sua party). Fique atento as conversas que tiver com seus coleguinhas; geralmente eles dão dicas do que mais gostam e aí você terá como direcionar melhor seus presentes (dar um par de brincos para um golem não dá!).

Aliás, falando em bate papo, trocar ideias com seus companheiros é muito importante, já que aumenta (ou diminui – dependendo do rumo da conversa) o apreço deles pelo seu personagem. Quanto mais alto o nível de aprovação, mais eles podem ser leais a você e até é possível rolar algum romance. No entanto, uma baixa aprovação pode levar a deserção ou mesmo uma traição. (Isso também acontece em NWN 2! Esqueci de falar lá em cima).

Escolher bem quem vai se lascar, digo, viajar com você em cada nova missão, equipar devidamente sua equipe, e evoluí-la de forma a um complementar os atributos do outro é um dos aspectos mais importantes para a vitória no campo de batalha. Esqueça a ideia de querer salvar o mundo sozinho. Sua party não é enfeite, portanto, faça bom uso dela: seja tático, analise o campo de batalha e prepare bem seu ataque e defesa. O jogo te dá a opção de pausar a ação para observar isso.

*Quem quiser me perguntar algo sobre esquema tático e combinações de personagens para algumas missões é só me perguntar nos comentários – sem spoiler, por favor. Pergunte de forma genérica.

 

4) Romance e Sexo (Onde? Onde?)

Banhos de sangue e miolos à parte, uma das coisas que mais aguçou a curiosidade dos gamers em relação a Dragon Age foram as “polêmicas” cenas de sexo (já que romance água com açúcar tem quase sempre nesses jogos). Sinceramente, ainda não consegui digerir a ideia de se fazer sexo usando calçinha, sutiã e/ou cueca (tanguinha, na verdade). Inclusive, essa é uma das minhas críticas ao game. Se era para ter cenas de sexo, que os personagens, no mínimo, ficassem nus. O problema era esconder o “paladino” do Alistar ou a “bruxinha” da Morringan?

Simples. Nada que um ângulo diferente da câmera não pudesse esconder. Pelo menos teríamos a impressão de que os personagens, efetivamente, chegassem aos “finalmentes”. Não necessariamente precisa rolar um romance para você sair da seca. Em um determinado local do jogo, você pode pagar por uma noite de sexo selvagem (uuii). Aí vale tudo. Não importa qual o seu sexo: você pode pegar um homem ou uma mulher e de raças diferentes também.

Detalhe: achei muito interessante a comunhão entre os habitantes de Fereldan. Todos usam o mesmo tipo de tanguinha, calçinha e sutiã, isso independente de raça e classe social. Bonito exemplo! Karl Marx (fundador da doutrina comunista) ficaria orgulhoso!

5) Eu quero jogar de novo!

Do contrário de NWN 2, o fator replay, ou seja, a vontade de jogar novamente, em Dragon Age foi muito bem construído. O fato de cada possível personagem que você montar ter uma origem diferente – e esta refletir durante quase todo o desenrolar do jogo, é incrível! Senti falta desse “incentivo” na série Neverwinter Nights. Assim que minhas costas pararem de doer, eu voltar a sentir os meus pulsos e as pontas dos dedos, e ver se tenho algum amigo que ainda queira me ver, prometi a mim mesma recomeçar o game testando outras combinações de personagens.

Joguei essa primeira vez como elfa (terminei o game com level 20 – no nível normal), oriunda do Círculo de Magi, com especializações em Arcane Warrior e Shapeshifter. Tentarei, da próxima vez, um personagem sem magia – o que para mim vai ser um grande desafio, já que sou uma maga nata! rsrs.

6) Nem tudo é perfeito…

Além das pseudo cenas de sexo, tenho algumas outras críticas a fazer também. Na versão PC (da qual eu joguei), notei alguns pequenos bugs: em um algum lugar dentro de uma certa caverna (na missão de Ozamar) fiquei presa em um buraco entre um morrinho e uma parede. Teoricamente, deveria ter como eu sair de lá, já que eu caí no buraco, simplesmente, andando e nada mais. Ainda bem que eu tenho a mania psicótica de salvar sempre a partida, senão eu estaria fuuu….

Outra coisa: na missão de defender um vilarejo, alguns soldados de sentinela na parte inferior do local adquiriam uma forma espectral bem peculiar na hora da batalha. A única coisa que aparecia dos corpos deles eram as mãos, as cabeças, os pés e as armas. Cadê o resto??? Acho que foi comido pelos darkspawn e eles nem perceberam…

Mais uma: cocô fedido da porcaria da tela de loading, que enche o saco o tempo todo! Cara, eu só preciso subir um pequeno lance de escadas para chegar ao segundo andar do palácio. Tira essa meleca grudenta do loading e desenha a droga de uma escada kct!

E para fechar: o título do jogo remete a uma “Era dos Dragões”, mas dos bichinhos escamosos você vê poucos. A não ser uns dragõeszinhos nanicos, que aparecem do além, em alguns buracos por aí. Os graúdos mesmo você pode contar nos dedos. Eles dão certo trabalho para matar, dependendo do seu nível é claro!

7) Considerações finais (Meus dedos doem! Aaaiii….)

*Acorda aí já está acabando!*

Espero que nessa minha análise mais pessoal e menos técnica do game, eu tenha conseguido passar um pouco do universo de DA para vocês. Qualquer dúvida que venham a ter sobre o jogo, e caso esteja ao meu alcance e não seja SPOILER, ficarei muito feliz em responder (Nossa, estou muito educada hoje. TPM?).

Dragon Age Origins é um game que, merecidamente, entrou para o meu hall da fama como um dos melhores jogos da minha existência gamer. Também mereceu mesmo o prêmio de melhor título para PC e melhor RPG de 2009, pelo Video Game Awards. Deveria, inclusive, ter concorrido a melhor game do ano – na minha humilde opinião.

 

Minha personagem overpower

Minha personagem overpower

Enfim, aos adoradores de RPG – joguem DA! Senão serei obrigada a rasgar seus ventres com meu machado e os enforcá-los com suas entranhas (aprendi isso com os darkspawns). Para quem não gosta muito de RPG, vale muito tentar se aventurar pelas terras de Fereldan. Este é mais um game viciante e com mais uma jogadora serelepe de felicidade! Baldur´s Gate, finalmente, encontrou um sucessor a altura!

PS: advinha qual era minha arma preferida? Uma bala Juquinha para quem descobrir! Hehehe…

*Um agradecimento especial ao pessoal da EA Brasil, que escolheu o Girls of War para divulgar o lançamento do jogo e, ainda, presenteou as girls e ao vencedor da promoção – realizada no blog – com uma cópia do game. Valeu mesmo e conte com a gente para futuras parcerias!

Fotogaleria (Clique para ampliar):

 

Evil Dragon Airlines

Evil Dragon Airlines

Broodmother

Broodmother

Ooowww...

Ooowww...

Darkspawns

Darkspawns

Cachorrinhos fofos e mulher sem vergonha

Cachorrinhos fofos e mulher sem vergonha

Ai danado!!!

Ai danado!!!

Galerinha do mal!

Galerinha do mal!

O machado tem o poder!

O machado tem o poder!

* Este é o post mais comprido da minha vida! =P

Vivi Werneck
Share on Tumblr
Feed do Post
128 Comentários em "Dragon Age Origins: eu terminei!"
  1. Rodrigo Hosken
    26/12/2009

    Estou jogando o “Dragon Age Origins” e é altamente viciante. Bom post. Mas poderia ter falado das possibilidades de mods feitos por usuários.

    • 26/12/2009

      claro que poderia! até havia listado isso, dentre outras coisas. Mas percebi que o post ia ficar enooooorme (mais ainda). Também tinha feito uma ficha completa dos principais personagens (da party e NPCs), bem como uma análise tática das combinações mais recomendáveis para cada tipo de missão. Só que tive que cortar senão ia ficar cansativo demais para ler. Por isso, pedi q quem quiser discutir sobre o assunto (e esses pontos que não escrevi – inclusive o seu) é só desenrolar por aqui! Vou experimentar vou baixar o mod e tentar criar alguma coisa! Vc já modificou algo no jogo?

      Valeu pela visita! Bjos!

  2. 26/12/2009

    Aeee Vivi! Terminou!!!
    Esse jogo é maravilhoso. Não terminei ainda. Tb encontrei alguns bugs cabulosos, não sei se tu já tentou, mas eu simplesmente não consigo conversar com o Shale no acampamento. Quando faço isso dá um conflito loco e o cenário desaparece, ficando apenas o terreno. e o Dialogo q aparece é o de quando o encontrei pela primeira vez e depois de conversar com ele ainda dava pra caminhar pelo terreno (naquele vazio chinfrim) sem nenhum limite de colisão. Coisa doida!
    Ontem eu estava numa batalha e a Morrigan gerou uma estatua de si própria ao dar um golpe. Só percebi que haviam duas Morrigans no fim da batalha (uma só já é aquele trem todo, imagine duas… rerere) tentei tirar um print das minhas duas morrigans, mas não consegui (outro bug?)

    O importante é que o jogo dá uma imersão mto boa. Meu personagem já ficou com a Leliana (tenho costume de trata-lo como se ele fosse eu própio já q lhe dei o meu nome e algo próximo de minha aparência, mas se eu falar “eu peguei a Leliana” minha namorada me mata), agora q conquistou a menina boazinha, tá dando em cima da Morrigan, já conseguiu até um beijinho. (esse homens são tudo sem vergonha mesmo!! nem Elfo se salva. rerere)Mas o interessante é que depois disso, vi a Morrigan ameaçando a Leliana, quero ver se isso vai gerar realmente um conflito entre elas. Essas coisas demonstram uma preocupação com detalhes.

    Não joguei Neverwinter Nights, mas depois de Dragon Age, fiquei mto curioso com o jogo.

    Grande matéria Vivi!!

    Agradeço a EA Brasil tb, por proporcionar às girls a fazer a promoção mais bacanuda q já participei e q me possibilitou ter o game pela módica quantia de valor nenhum :D .

    *este é o maior comentário em blog da minha vida!

    • 26/12/2009

      Eeeee cabei papai!!! ahahahaha

      Cara, nunca tive problema em falar com Shale no acampamento. O máximo que acontecia era ele perguntar: “It doesn’t have better things to do?” (sempre getil)… rss

      “Só percebi que haviam duas Morrigans no fim da batalha (uma só já é aquele trem todo, imagine duas… rerere)”

      Aff! ¬¬

      Tenho q admitir que a Morringan é uma das minhas personagens preferidas mas, no meu caso, é pela personalidade dela! rs. Olha deve ter sido outro bug, pq eu nunca vi ela dar (ui) esse golpe alá sub-zero!

      Eu deis uns pegas, digo minha personagem, no Alistar, mas o Zevram ficou de olho em mim tb e ele ficou meio que com ciúmes. rsrs. Até a Morringan tinha ciúmes de mim! Consegui a façanha de de alcançar 100% da aprovação dos 2! E olha que agradá-los é difícil, já que são dois extremos!

      E que bom que gostou da matéria! =D

  3. Jonathan Pedroza
    26/12/2009

    Mas vc jogou a versão para pc? Eu vi que as conquistas do xbox forçam vc a jogar o game por todos os caminhos possíveis, que deve da umas 200h de jogo… mais ou menos o que e fiz no Oblivion em quase 2 anos oO

    • Jonathan Pedroza
      26/12/2009

      …a, faltou dizer que eu só não joguei o Dragon age ainda pq eu to juntando grana pra comprar o ODST ainda T_T, e depois ainda vem o Forza 3, MW2, Assassins 2… quem sabe um dia eu compre o Dragon Age…

      • 26/12/2009

        Tb ouvi uma papo desse de 200h de jogo. Imagino eu que seja somando todos os possíveis personagens para se montar e detonando 100% do jogo (incluindo as side quests). Porque, ao menos na versão para PC, se eu tivesse jogado direto, no ritmo alucinante que eu tava, já tinha terminado o jogo em menos de 1 mês fácil.

  4. Thiago
    26/12/2009

    Meu esse jogo é muito lindo,to muito viciado ^^
    Eu tenho uma pergunta,ql mais ou menos o level pra mata aquele dragão lá na montanha do mau(um que ta dormindo),é que passei por lá parecia que não era pra matar (até pq eu não dava conta)daí eu passei reto ^^

    • 26/12/2009

      Bom, antes de tudo vc precisa chamar a atenção dele usando alguma coisa (não pense besteira menino!). Após chamar o bonitinho ele (ou ela) vai vir pra cima de vc com tudo (ui). Aí eu preciso saber qual é seu personagem e que atributos ele tem pra te dar alguma direção mais precisa. Mas não recomendo encarar o bicho se vc estiver abaixo do level 10.

      E não se esqueça: se vc for só um mago, nada de querer ir dar paulada no bicho! Mande sua infantaria p cima dele (warrior, rogue – se bem que o primeiro é melhor) e mande magias de terreno no bicho (aquelas que devastam o mundo) e tente fazer combos até achar o ponto fraco do dragão. Se vc nao for mago é só fazer o ospoto disso: mande seu mago atacar de longe, é claro (se vc tiver 2 magos, use um deles como healer – vc pode precisar). E caia pra dentro da salamandra escamosa. Não se esqueça de colocar na sua quick bar poções de cura e injuries kit. No geral, sem saber qual é seu personagem, seria mais ou menos isso. bjoss

  5. rafaelx1bm2
    26/12/2009

    vivi: vc ja notou que quando se tem morrigan e sten na equip as vezes tem conversar engraçadas, eu vi ali quem tava na sua equip … cade o sten e o “war dog” ? (loading incomoda sempre caso naum tenha um PC muito rapido …)

    • 26/12/2009

      deixei p pegar o sten depois e qd tentei voltar, o lugar onde ele estava já tinha indo para os ares. o cachorro fiquei sem saco de buscar mesmo. No meu próximo personagem, que vou jogar de forma mais exploradora, eu pego todo mundo! ui!

  6. Edgard
    26/12/2009

    Vivi, estou pensando em adquirir esse game para o XBox 360, mas li alguma coisa a respeito de o game no 360 ter ficado muito inferior à versão para PC. Vc sabe alguma coisa à respeito disso?
    Kisses…

    • Jonathan Pedroza
      26/12/2009

      A diferença é que no pc vc tem mais opções de câmera, tpw tirar zoom para observar de cima e tal…

      • Edgard
        26/12/2009

        Não me lembro exatamente onde li (se foi na net ou em revistas) que os gráficos dos consoles ficou bem inferior. Essa informação procede?

      • 26/12/2009

        a questão das câmeras é o ponto importante! controlar a câmera é bem mais fácil com o simples movimento do mouse. no controle será mais uma coisa pra vc esquentar a cabeça.

    • 26/12/2009

      vi sim e te dou um bom motivo para isso. na minha opimião, RPG em console não funciona. já viu a quantidade de coisas que vc tem q administrar durante uma única batlhazinha? quick bar, party members e por aí vai. Tentar concentrar tudo isso no joypad é coisa de louco. RPG, especialmente nesses moldes, foi feito para PC. A não ser que eles criem uma espécie de “teclado” acoplado ao videogame, minha opinião não muda. outra coisa: geralmente o jogo para PC costuma ser melhor graficamente porque eles podem bombar o visual e o pobre do jogador que se vire com o computador que tem ou compre um melhor. já nos consoles eles tem um “limite” para isso. não se pode comprar uma “placa de vídeo” para seu console.

      resumindo: já testei a versão para console e quase joguei o controle pela janela. na minha opinião, o único DA que presta é o do PC.

      • Edgard
        26/12/2009

        Então já vou pensar duas vezes se compro mesmo esse game ou invisto em algum outro que tenha tido melhores referências.
        Valeu pelas respostas… abraço (Jonhathan) and kisses (Vivi)…

      • Marcel
        29/12/2009

        Ei vivi,

        Descordo da sua opnião sobre a versão para console. Tipo, tanto o a Xcaixa 360 qto o ps3 (possuo o da microsoft) são quase super computadores, superiores em capacidade de processamento da maioria (maioria mesmo) dos pcs.

        Eu joguei os dois e particularmente prefiro a versão dos consoles. Qto ao fato de usar o controle, não tive problemas, acho mais facil q no mause, sério…

        mas no geral não digo q o do console ou do pc é o “unico que presta”, no meu ver, todos os dois são sodahs!

        • 22/11/2010

          Achei a versão para console muito mais pratica e imerssa ao mundo de DA, tenhos para as duas plataformas tbm e creio que no console vc tem muito mais emoção!!! Bjo à galera do gilrs of war adorei o blog virarei espectador desde já!!!

  7. 26/12/2009

    Já repararam numa coisa? Há 3 tipos de Morringan: a que aparece nos trailers, a que aparece nas artes conceituais do jogo (com cara de 15 anos) e a do game efetivamente. Custava padronizar uma cara só?

  8. Jonathan Pedroza
    26/12/2009

    Eu só sei jogar League of Legends no pc… o resto todo é só no console…

    Já tentei jogar CS e tal, mas nunca me dei bem; mas em compensação, no Halo 3 so imbativel xD

    A questão dos controles é bem pessoal, mas a câmera do console não fica como a do PC (tipo estratégia, Age of empires e tal). Mas no quesito gráficos, é a mesma coisa =p, mas deve ficar melhor se vc não tem um pc top de linha…

  9. PH!
    26/12/2009

    No início, pensei comigo mesmo:
    “Ah, esse jogo deve ser bom, mas estão exagerando. Vou experimentar só pra ter o q comentar nas rodas gamers.”

    Desde q iniciei, há uma semana atrás, perdi minha vida social. Minha esposa ameaçou divórcio caso eu não saísse pelo menos pra ceia de natal. Obviamente voltei ao jogo logo depois. VICIANTE!

    Vivi, tb comecei com um mago, e acho q preciso de mais dicas em relação a estrategia de jogo: me sinto um pouco embananado com isso. Qdo (e SE) puder, me manda umas dicas básicas por e-mail?

    Obs. inútil: tá, é uma paranóia eskisita digital, mas… TÔ DOIDO PRA PEGAR A MORRIGAN!

  10. 26/12/2009

    O post ficou muito bacana!
    Também zerei com um mago e fiquei com vontade de zerar de novo.

    Principalmente pois escolhi tantas magias sem utilidade para ele que ficou uma bagunça!

    • 26/12/2009

      rsrsrs… me especializei em maga elemental. até tinha outras magias suportes como a “walking bomb” e algumas de arcane warrior, mas as elementais já davam conta do recado! o problema de ir catando uma magia de cada é esse: vc sabe tudo, mas mesmo assim não ajuda muita coisa. Tente se especializar em algo bem destrutivo e depois invista em algumas poucas coisas só para suporte.

  11. Ruston
    27/12/2009

    Eu tô com mais de 80 horas de jogo em Dragon Age, e, honestamente, ainda estou um pouco longe de chegar no final dele. Calma, eu explico: é que eu tô procurando explorar o máximo do jogo, fazendo o maior número de sidequests possível, pegando o maior número de itens que posso, etc…

    Minha personagem é uma guerreira que, apesar de não causar muito dano, ela aguenta MUITA porrada. Além disso, ela atualmente está namorando Lelianna, mas isso já é outra história…

    Dragon Age é a mostra de que a capacidade da Bioware de fazer jogos clássicos e criar histórias cativantes não enferrujou nem um pouco ao longo dos anos. Tá, eu sinto falta do tempo em que o portfólio deles era mais diversificado (que saudades de Shattered Steel…), mas os RPG’s deles são tão bons que, por hora, acabam compensando por isso. O universo de Dragon Age pode não ser exatamente original, e nem ser tão complexo quanto o de outras obras de Fantasia Medieval, como o Senhor dos Anéis ou Forgotten Realms (mundo onde se passa as séries Neverwinter Nights e Baldur’s Gate), mas isso não faz com que o mesmo deixe de ser algo rico e bem construído.

    Vivi, gostaria de fazer uma pequena correção sobre algo que você escreveu no seu texto: a Bioware foi Responsável por Neverwinter Nights 1. Quem fez Neverwinter Nights 2 foi a Obsidian Entertainment (empresa formada por veteranos da Black Isle Studios, e responsáveis por jogos como Icewind Dale e Planescape: Torment – ambos os jogos citados anteriormente são RPG’s para PC ambientados no universo de Dungeons and Dragons).

  12. Raphael Franck
    27/12/2009

    Vivi, muito bom seu review, aliás acho que é assim que um review deve ser feito, pois o jogador de verdade está interessado em uma análise feita por quem realmente joga, ou seja, termos técnicos são dispensáveis, fiquei com uma vontade “danada” (eu hien!) de jogar o game depois de ler sua análise, gosto muito dos jogos da BioWare até mesmo do controverso Baldur’s Gate…para ter ideia o quanto fiquei curioso com o jogo eu perguntei a “Brunet’s Torrent” se ela não teria o jogo para me vender :D XD! …

    • 27/12/2009

      Ahahaha… Fico feliz que tenha gostado da análise. Escrevi ela na mesma madrugada que terminei o jogo pq estava com medo da minha cabeça esfriar e eu esquecer alguma coisa! rss

      Gosto de escrever análises mais “didáticas” sabe, até pq não conheço muito de termos técnicos (estou me esforçando pra aprender) mas para análises voltadas para jogadores o que importa mesmo é se o jogo é bom ou não é! bjos

  13. Erick Lessa
    27/12/2009

    Boa noite, depois da tanto tanto sumido… preciso responder esse post!!! (motivo do sumiço ainda é o DA) uhashuhasuhasuhas

    acho q ja reinicie umas 4x esse game, so pra ver os começos das raças uhasuhasuhasuha é demais demais demais…

    depois de 4 recomeços estou indo com um fight é muito bom sair metendo escudada em todo mundo uhasuhasuhasuhasuhasuhasuhas

    é muito dificil mesmo conseguir a aprovação de todo mundo, consegui já do alistair, morrigan (quero pega-la uuuuuuuuuiiiiii), leliana (quero pegar tbm :P) e da veinha q esqueci o nome uhasuhasuhasuash, são os que eu mais jogo na pt…

    esse jogo é mais q viciante,,.. tem horas q eu preciso ter forças pra desligar o cpu senão eu varo a madrugada e o dia a dentro so nele :P

    eu queria um post falando dos personsagens da PT :P

    como sempre seus posts são ótimos linda!!! adoro eles…
    se DA tivesse online,seria um dos melhores games q eu ja vi na vida! pode juntar 4 amigos e jogar ele, seria bom demais!!!!

    bom, melhor parar q eu preciso ir jogar,,, fazem 3 dias q não jogo…. =D uhasuhasuhasuhasuhuhas

    beijão lindas e ótimo trabalho!!!

    • 27/12/2009

      queria muito fazer um perfil de cada personagem da party. ia até fazer isso nesse post mas ele ia ficar mosntruoso de grande. ainda não sei se vou fazer isso pq acho q o pessoal não aguenta mais eu falando de Dragon Age! rss

  14. 27/12/2009

    sem brincadeira vivi, a foto da sua personagem em cima do dragão com um machado pronto para arrancar a cabeça dele é A SUA CARA! HAUEHAEUAEHAUEHAEUH.

    enfim, meu 360 foi pro espaço, entao vai demorar um bom tempo para q eu possa jogar dragon age, infelizmente. se bem q eu gostaria MESMO de jogar ele no pc. aliás, eu tenho pensado ultimamente eh investir num pc. mas isso eh conversa pra outro dia.

    enfim, agora vai e tente terminar o jogo com um dos outros 8 personagens XD

    • 27/12/2009

      “sem brincadeira vivi, a foto da sua personagem em cima do dragão com um machado pronto para arrancar a cabeça dele é A SUA CARA!”

      ahahahahah. tb achei!

  15. Victor
    27/12/2009

    Bom, eu não tava muito afim desse jogo (mesmo com os prêmios do VGA), mas depois de ler a análise me deu vontade de jogá-lo, só tenho preguiça de baixar 20gb. Vou ver se eu baixo o NWN 2 que deve ser mais leve. ^^

    • 27/12/2009

      tenta comprar ele original. nem tá tão caro assim (o do PC). dá uma olhada no mercado livre, eles sempre tem umas ofertas bem legais.

  16. Sovereign
    27/12/2009

    Se o DA for melhor pra pc, entao ira demorar muito ate joga-lo(se resolver algum dia), meu pc abriu o bico e to com preguica de arruma-lo e pra jogar terei que montar outro, bem atualizado. To jogando agora o FF XIII e comecei gostar de RPG(o 1o rpg que jogo na vida), quando terminar o jogo, acho que comprarei outro rpg da vida, mas nao sei quando, ja que tenho varios jogos para terminar e meu vicio(race game) ta pra ser lancado em marco.
    Vivi, pra sua primeira “zerada” quanto tempo jogou(em horas)? pelo que vi, foram 2 meses aproximadamente. Eu demoraria anos pra terminar uma vez, ja que se encalho em alguma parte, largo o jogo e parto pra outro, ate esfriar a cabeca e voltar novamente. Esse voltar pode ser ate meses depois rs. Li o post completo(nao va me matar hein!) mas nao vi os videos. Sua analise foi diferente mesmo, agora virar o jogo varias vezes, com todos os personagens, para chegar aos 100% tem que dizer adeus a vida social rs.

    • 27/12/2009

      só levei uns 2 meses pq só tinha como jogar aos sábados ou nos domingos. tenho que ver mais acho que tenho, aproximadamente, umas 70 e poucas horas de jogo. eu acho, vou confirmar…

      • Sovereign
        27/12/2009

        Ah, entao nao eh tao grande assim, o FF XIII tem entre 50 a 60 horas, segundo o produtor.

  17. 27/12/2009

    esse elfo loiro não é da minha party não (mas tem 1 que é). ele é um NPC que foi feito só pra uma coisa…. er…. rsrsrs

  18. 27/12/2009

    Ai que droga! Me deu vontade de jogar do novo! SOCOOOORROOOO!!!! Alguém me tire desse computadooooooooooooooor!!!!!!!!!!!!!!

  19. erick
    27/12/2009

    Parabéns pelo excelente post Vivi. Ficou ótimo e acho que a idéia de fazer um post não técnico ficou ótima.
    Depois deste post definitivamente esse será meu próximo jogo. Preciso terminar Fallout 3 e só consegui isso agora nas férias.

    Parabéns novamente.

  20. 27/12/2009

    42 horas do jogo e ainda num terminei

  21. 27/12/2009

    89% por cento q mal

  22. 27/12/2009

    VIVIIIIIIIIII!!!

    VC ME VICIOU EM DA-O!!!!!!!!

    ARGGGGGGG

    vou lá jogar mais!

    • Shadow Warrior
      27/12/2009

      ahhh agora tá explicado o seu sumiço “srta Towers” hehehe
      Olha aí, Vivi o que você fez!!! Pelo jeito vamos ouvir muitos grilos cantando e bolas de feno rolando no blog durante as férias (isso se os grilos não estiver jogando também XD).

  23. LuisMOrpheu
    27/12/2009

    Vivi, vc já jogou Sacred 2 Fallen Angel, eu achei ele muit bom e pra mim é o sucessor de Baldur’s Gate, mas não joguei DA ainda, se vc jogou os dois, tem uma comparação entre eles?

  24. Khronny
    27/12/2009

    Ahhh eu comprei Dragon Age, mas não cheguei a jogar muito. O jogo definitivamente é bom, mas essa formula tá muito batida. Depois de passar 50 horas jogando Demon’s Souls, fica meio que inconcebível a idéia de alguém fazer um RPG por turnos.

    Eu vo voltar a jogar quando eu terminar Mirror’s Edge e Chronicles of Riddick (ahhh vocês viram a promoção de natal do Steam que coisa mais maravilhosa?), mas sinceramente o jogo não me empolgou tanto quanto eu imaginei que me empolgaria.

    Enfim, o jogo é bom, mas para mim tá longe de melhor do ano. Aliás, na minha opinião pessoal nem melhor RPG ele merece (Demon’s Souls pra mim ficaria com esse prêmio, sem sombra de dúvidas), mas de qualquer forma é um belo jogo. Só gostaria de deixar uma questão no ar, com todo o avanço tecnológico, será que ainda é interessante a idéia de um RPG por turnos? Não que seja realmente um problema (nossa também to jogando Star Wars Knights of the Old Repúblic, também da Bioware e to achando maravilhoso), mas será que a experiência não ficaria mais rica baseando o gameplay em jogos como Demon’s Souls ou Mass Effect da própria Bioware?

  25. Rass
    28/12/2009

    Esse RPG na minha opinião é perfeito faz muito tempo q eu ñ ficava tanto tempo na frente do pc jogando 1 jogo e os DLC dele dexam ele ainda melhor principalmente o shale sem fala q o unico jeito d vc avança nele e c vc tive um grupo equilibrado pq c ñ ja era ja to zerando ele pela segunda vez e francamente esse jogo ñ enjoa ele é muito bom msm e otimo post ae

  26. Jhun
    28/12/2009

    Depois me uma temporada longe do PC eis que estou de volta. ^^
    Feliz Natal atrasadão pra todos. ^^

    Ótima matéria Vivi. Vc conseguiu me deixar com mais água na boca. Não vejo a hora de pegar o Dragon Age. ^^

    Ontem saí para comprar games e tinha em mente o Dragon Age até que me deparei com o The Last Remnant e acabei comprando ele afinal, não é todo dia que tem um rpg da Square pra pc. =D

    Tb me deparei com Oblivion e tive que comprá-lo pois, desde que passei a acompanhar o GoW é um dos games mais citados aqui. Sò tenho uma coisa a dizer: ESTOU APAIXONADO. ^^

    Vou tirar a poeira dos meus NW 1 e 2, KOTOR 1 e 2 e Fallout 3 e declarar 2010 como o ano onde terminarei todos os meu rpgs. ^^

  27. Marcos
    28/12/2009

    Ola Vi e geral do GoW sempre visitei mas numca postei vo estrear no meu game favorito xD sempre fui fã de rpg eh mmorpg apesar dos mmo não estarem me agradando muito (loco para testar Aion), então tambem terminei o game de mago arcane warrior e blood mage xD, foi legal comecei de rogue> arqueiro mas sei lah todo rpg eu so mago xD num me acostumo a jogar com outra classe bem voltando vim deixa minha opnião sobre o game, depois de ter jogado fable que nossa me rendeu meses ate enjoar xD 4 anos depois es que surge um rpg para me prender no pc de novo to super viciado em dragon age meus amigos viajaro fechei as portas da vida social ate eles voltarem mesmo, bem como disse a vi quem gosta de rpg ta ai um dos melhores do mundo, quem num curte vale a pena experimentar.

    Salvei no Nightmare(espero que tenha escrito serto) o/ 60 horas de jogo sem fazendo apenas as questes principais e fuçando um pouco.

  28. 28/12/2009

    Já estava pensando em jogar esse game pelos vídeos que eu vi! Com a sua análise, eu acho que irei jogar mesmo… Não sou muito fã de RPG, mas acho que vale se aventurar, como você mesmo disse!

    Sua análise ficou muito boa, parabéns!

    E um feliz ano novo adiantado! \o/

  29. Renan Rodrigues
    28/12/2009

    A análise do jogo ficou muito boa, me deu mais vontade ainda de querer jogá-lo.
    O jogo realmente parece ser muito bom.
    Parabéns pela ótima análise Vivi.

  30. aureliox
    28/12/2009

    O jogo é absurdo de bom! Zerei 2x (um com um anão guerreiro, outra com um humano roque) e já comecei com um terceiro personagem (elfo mago). Esse foi um dos raros jogos que de tão fã fiz um esforço e comprei o original.
    Depois de terminar Dragon Age fiquei doidinho pra falar mil coisas sobre o jogo, tudo que eu achei e “desachei” aqui no blog, tanta coisa que daria um livro! Mas agora que li a excelente análise da Vivi e percebi que, de maneira geral, concordo com tudo o que ela escreveu, me sinto mais aliviado. Porém, ainda sinto a necessidade de comentar algo, e como todo mundo falou de coisas boas, vou tentar priorizar as não tão boas.
    Efeito “banho de sangue”: Com certeza não sou tão fã de “sangue e tripas” quanto a Vivi é, mas também não sou contra esse “recurso estilístico”, desde que, é claro, ele faça sentido dentro do jogo. Em Dragon Age há sangue, muito sangue, isso é legal, mas pera aí, banho de sangue eterno à menor espadadinha? Desmarquei a opção do “banho de sangue” simplesmente porque achei muito exagerada. Se o sangue pelo menos sumisse com o tempo ou fosse acumulando aos poucos, mas não, basta uma espadadinha num monstro pra a gosma vermelha cobrir o personagem da cabeça aos pés e não sair nunca mais, até voltar para o acampamento, ou seja, uns 80% do jogo pintado de rubro. Depois de um tempo você nem saberá mais qual a cor da pele do seu personagem, sem falar que é estranha a naturalidade com que os cidadãos conversam com seus personagens abarrotados de sangue, sem ao menos perguntar se estão feridos. Além disso, aparece um rastro de sangue quando se anda no mapa, nas malditas telas de loading o sangue transborda numa dança psicodélica e já notaram que o dragão da abertura é feito de sangue? Praticamente um Blood Age.
    Música e sons Pra mim a música do menu é legal e as músicas das lutas é que poderiam ser mais baixas – é discrepante o som dos diálogos e os berros e espadadas durante as lutas, tenho que ficar baixando e aumentando o volume pra não ficar surdo e não perder as magníficas dublagens, devia ter uma opção a parte para sons das batalhas no menu. Fora isso, a trilha sonora é boa e os sons de efeito excelentes.
    Evolução, Equipamentos e Combate:Você não precisa jogar muito para perceber que o ponto forte do jogo não é a construção da ficha do personagem, feito Diablo e outros em que abundam itens e árvores evolutivas; a variedade de itens é bem pouca e o design deles podia ser bem melhor (como os magos conseguem sair na rua com aqueles chapéus ridículos?) e é tão difícil conseguir cada level com seus parcos 3 pontos de características e 1 de habilidade que faz até medo arriscar-se em outros caminhos que não sejam o feijão-com-arroz da sua classe. E tem as tais runas para melhorar as armas, coisa que é quase dispensável, já que são pouquíssimas armas que as aceitam. Em contrapartida, as habilidades de fazer poções, venenos e armadilhas ficaram interessantes, e, como a Vivi disse, as regras do D&D original foram simplificadas deixando o jogo mais dinâmico e acessível aos iniciantes. O negócio de pausar durante as batalhas ficou show; as magias podem acertar tanto inimigos quanto os amigos, o que estimula a estratégia. Mas os inimigos são fortes hein? Tanto que de primeira foi impossível jogar no normal, apelei pro easy, e olha que não sou principiante! O primeiro chefão é a prova viva e assassina. Mas o patch de atualização do jogo que tem no site deixa o jogo mais fácil.

    Enfim, acho que é isso. Não lembro agora de mais nenhum “problema” do jogo. Na próxima eu reforço as qualidades. Vai dar o dobro do post :D

  31. 28/12/2009

    Vivi… ta muito bom o seu post… não me atrevo a começar esse jg por agora pq estou usando a minha concentração para outras coisas mais importantes.. (estudando p concurso)… mas jgrei futuramente com certeza… tmbm completei os dois NWN Full… o um 2x até… rsrsrs… e realmente não dá pra deixar de notar a semelhanças entre estes dois jogos de RPG classico, ainda mais pq a BioWare era a desenvolvedora do NWN1… com certeza eles aplicariam a velha formula no DA… claro com muitas novidades e coisa e tal… como bom e velho jgdr de RPG estou lambendo o sangue da faca pra jgr esse jg… mas realmente tenho q me conter… parabens pelo termino do jg e pelo post.

  32. 28/12/2009

    Nossa, foda de mais. me deu vontade de jogar. quando for comprar mais jogos esse vai ser minha prioridade. ainda nao entendi tudo sobre mais beleza.xD mais tipo pra ps3, tirando a parada dos controles como que é? xD eu li o coments sobre o dragão eu sou do tipo que passa e ve, nao quer encar mas sempre volta pra ver se ta vivo, ta morto ta oque ate a hora que o bicho se estressa e ja eraXD

  33. 29/12/2009

    Qdo comecei a jogar, também deixei esse cabelinho na minha personagem xD
    Huahuauhahu
    Acho que hj pego pra valer pra jogar \o/

  34. Giovanni
    29/12/2009

    Adorei o post! É de análises assim que precisamos, indeferentes à qualidade técnica (ou boa parte dela) dos games e mais próxima da visão gamer. Me sinto mais próximo dessa sua explicação do game do que as de sites especializados em críticas.
    Por fim o que sinto é uma put@ vontade de colocar as mãos nesse RPG (parabéns, vc me convenceu xD)! Fica um dúvida: A versão dos concoles (já que prefiro jogar em consoles) consegue manter uma jogabilidade aceitável? Não consigo imaginar alguém manipulando essa quick bar sem ser com um teclado.

    Enfim, parabéns pela qualidade do blog! Esses “simples” posts simplesmente me aprisionam no monitor até terminar a leitura.

    • 29/12/2009

      fico feliz q tenha gostado gio. bom a versão console, na minha opinião, nao supera d pc e o fato principal seria mesmo a questão de todas as funções p se controlar. mas creio q vale a tentativa no console tb, mas acredito q vc terá alguns probleminhas d adaptação no início com os controles e a câmera.

  35. 29/12/2009

    vivi, começa a cobrar um percentual da ea e da bioware, todo mundo ta querendo jogar depois de ler o seu post hahahaha…

    deixando a brincadeira de lado… a bioware juntou em DA toda a experiencia adquirida nos titulos anteriores… personagens cativantes tais como eram em Baldur´s Gate, graficos bonitos e melhorados de neverwinter, história envolvente de knights of old republic… enfim, fica dificil sair um jogo ruim reunindo o q havia de melhor dos outros…

    ótimo post… vou demorar ainda pra zerar, sou muito preguiçoso…

    • 29/12/2009

      “vivi, começa a cobrar um percentual da ea e da bioware, todo mundo ta querendo jogar depois de ler o seu post”

      será q alguém da EA ou da Bioware leu isso? rsrsrs *_*

  36. Fernanda
    29/12/2009

    Oh meu deus! Melhor que Oblivion? Isso existe?
    Me convenceram…

    • Marcelo
      01/01/2010

      oie…. olha… pra mim esse jogo nao chega nem aos pés de Oblivion.

  37. aureliox
    29/12/2009

    Ah sim, esqueci de comentar sobre o que a Vivi disse da raridade dos dragões. Achei muito interessante um jogo chamado “Era do Dragão” ter poucos dragões. Se bem que não são tão poucos assim se você contar com os dragões em fase de crescimento. Mas o motivo do nome é explicado durante o jogo, e se os dragões são criaturas legendárias extintas que estranhamente voltam a aparecer no mundo, nada mais natural que sejam poucos, até porque faz parte da natureza dos dragões a reclusão. E o que seria do ar de mistério e religiosidade que cercam essas criaturas no jogo se elas aparecessem a cada esquina?

  38. Victor.
    30/12/2009

    Tipo, eu comecei a jogar o Dragon Age essa semana, e tô jogando de warrior no xbox.

    Ainda tô me perdendo um Pouco Porque Meu Warrior tá parecendo mais um Barbáro, escudo ele abdicou a zilhões de anos AHUAHUIAUI

    Queria saber como fazer para abrir aquele Monte de Baú FDP que aparece no decorrer do Jogo? [Sem a chave lógico.]

    eu curti a skill de “steal”, só que eu não consegui roubar o “Ducan” ou coisa assim ;_; mimimi.

    Queria saber tbm se quando o jogo for finalizado pode dar New game + com o mesmo personagem. ?

    Cada Raça tem uma História diferente, ou depois tudo fica a mesma coisa, e você acaba com todos aqueles personagens na Party.

    Queria Saber se o Nivel Max é somente 20, e se eu posso trocar itens entre personagens que eu mesmo criei. [?]

    Por favor respondam a todas as minhas perguntas. Grato.

    • 31/12/2009

      1) “Queria saber como fazer para abrir aquele Monte de Baú FDP que aparece no decorrer do Jogo?”

      Se o baú, ou até mesmo uma porta estiver trancada, e não aparecer nenhuma mensagem do tipo “key required”, só um rogue poderá abri-la. Nenhum outro personagem tem a skill “lock pick”, ou seja, abrir fechaduras. Dica: procure, sempre que possível, ter um rogue na sua party. Eles são úteis tanto para abrir esses baús e portas quanto para detectar armadilhas, além de serem rápidos assassinos e excelentes arqueiros.

      2) “Queria saber tbm se quando o jogo for finalizado pode dar New game + com o mesmo personagem?”

      Você pode montar um personagem identico ao que vc jogou primeiro, mas o game começará do zero. Pelo menos ainda não tem como importar todos os seus itens para um novo jogo.

      3) Queria Saber se o Nivel Max é somente 20, e se eu posso trocar itens entre personagens que eu mesmo criei. [?]

      O level máximo é 20 mesmo. Eles devem ter se baseado numa regra de D&D p isso. Level 20 é o chamado “nível épico”. E como disse acima vc não pode trocar de itens entre os seus personagens criados, mas pode trocá-los com os membros da sua party.

      Espero ter respondido as suas dúvidas! Bjos!!!

      • Victor.
        31/12/2009

        Respondeu, eu entendo as questão de Nível e tal, jogo D&D a algum tempo já, e percebi a questão das chaves hoje, porque criei um rougue.

        Em D&D tem Campanhas Épicas pow, em Dragon Age tbm poderia ter algumas, pois iriam aumentar a diversão ;D

        E como em D&D Os Magos são estupidamente overpower. D:

        EU estou louco para ver um “Dargão” mais acho que vai demorar um pouco ainda, agora que a morigan entro na Party.

        Eu estou curtindo os Banhos de Sangue, cadê vez mais eu faço combinhos Lécais.

        Matei o Primeiro Ogro só com o Personagem Principal. foi Lécal pra Cacild’s

  39. Felipe
    31/12/2009

    valeu pela dica vivi terminei de baixar ontem e estou adorando o jogo.
    fica a dica em alguns sites o jogo está somente 7Gb
    mais é necessário uma maquina boa pra rodar

  40. Marcelo
    31/12/2009

    olá! gostei do tópico e acho muito legal esses comentários sobre esse jogo que também me chamou a atenção…

    o forte do jogo realmente é a interação dos personagens do grupo e também a consequencia das decisões tomadas ao longo do jogo.

    isso nesse nível até agora era inétido em um game.

    só achei que o jogo poderia ser muito mais magnânimo se tivesse duas coisas:

    – um mundo gigante (ao estilo Elder Scrolls – Oblivion) que para mim é o melhor RPG ja lançado.

    – gráficos melhores, no sentido de inovar (DA perde para o Oblivion e perde feio para The Witcher que traz gráficos realmente belos)

    enfim… gostei do topico e vou frequentar mais….

    boas jogadas!

    • aureliox
      07/01/2010

      Mais um para o a lista amarrotada de fãs de Oblivion :D
      Oblivion meu, não teve outro que superasse!

  41. Erich
    02/01/2010

    muito bAUM

    agora o melhor é a putaria que rola no camp da galera ahuahuuahuhauha xDD

    putz joguei uma vez mas tambem fiz todos os tranbiques possiveis, infelizmente tenho um botão de “good fella” que não me deixa fazer maldades em rpgs ahuahuhahua… mas dou uma dica pode cobrar(cash) tudo que fizer no jogo, que vc não perde ponto com os aliados(cuidado com a leliana)

    dou só uma dica no pc vc só pode fazer a maioria dos achivement em poucas jogadas(vc pega e volta no load que ele aceita)

    ahuauha o massa ou o constrangedor é que querendo agradar todo mundo jogando com um human noble, peguei a Morrigan logo no inicio(cobrando uma bitoca por um presente) e XDDDD (safadinn) peguei o Zevran uhauhahuaahuahuhuaAHAH, o loco é que se tu é elfo vc faz um papel passivo/ativo e quando vc é humano tu é ativo (ahuauha não joguei com anão ainda mas deve ser muito loko)

    dái a Leliana não quis mais saber de mim (ela não gosta de promiscuos) hehehe

    vai uma dica, jogando com cabra homi xDD

    vc tem que fazer a sequencia (pra pegar tudo xD): Leliana (tem que ter aproval alto e ter dado o andraste flower pra ela, depois disso um evento de travel dela vai habilitar) depois da leliana vc pode pegar quem quiser, mas uma hora eles vão dar piti e perder pontos de aprovação, geralmente mais de 20, esse valor é de acordo com o aproval quanto mais vc tiver mais vai perder, por isso guarde os presentes (procure na net quem gosta do que?, ou olhe no codex deles)

    PS todos eles mentem todo mundo fala que se vc quiser só sexo casual ta tudo bem, mas quando veêm vc saindo com outros armam o barraco, se for dar o fora em alguem ao que parece eles perdem menos pontos no camp, eles devem ter vergonha de levar fora no meio da galera

    ahh lembrei não rola menage a trois do zevran com a morrigan/leliana nem a sorte de rolar leliana x morrigan

    Pra pegar o alistair só com mulher e a Morrigan só com homen (apesar dela por a Aranha pra brigar xDD), a leliana e o zevran são os curiosos da parada…

    Queria pegar a Whyne tbm, porque a vóvó é um pitél(ui)

    • aureliox
      07/01/2010

      Oooowww, uma verdadeira aula de sexologia dragon agiana, o cara tentou todas as possições possíveis e escreveu um verdadeiro kama sutra hauhauhua :D

      Isso é uma coisa engraçada nesse jogo. Só que eu nunca consegui pegar a Leliana :x A morgan é a coisa mais fácil e depois fica se fazendo de difícil. E uma vez eu fiz uma elfa para ver se o Alistair era homi mesmo, mas não teve jeito, pensei que ele tivesse nascido pra santo. huahuahua

      Nunca tentei pegar a véia, mas acho preconceito não existir essa possibilidade, se até relação homo rola, pq não com a podre velhinha?

  42. 04/01/2010

    Realmente uma obra prima do universo gamestico (nem sei se essa palavra existe), e rpgista (tb não sei), depois de centenas de milhares de comentários e um post magnífico nem tenho muito o que comentar… só concordar…

    XXX XD

  43. 05/01/2010

    Novo DLC!!!

    Dragon Age Return to Ostagar liberado!!!

    http://dragonage.bioware.com/addon/rto

  44. Kodamakun
    05/01/2010

    Adorei o post! Estou adorando o jogo, que ainda nao terminei.
    To com uma dvida, eu estava sedento por RPGs no PS3, daí peguei o Demons Souls (que é muito bom), agora o Dragon Age (sei que no PC é muito melhor, mas enfim, quem nao tem cao…)… será que se hoje eu pegar o Oblivion vou curtir? Meu amigo disse que já está meio ultrapassado… o que vcs acham?

    • 05/01/2010

      Oblivion é o jogo da minha vida (levei 3 anos p detonar ele todo). recomendo q vc jogue, especialmente, se vc curte liberdade de exploraçao e jogo sem fim! =D

      • Kodamakun
        05/01/2010

        Po, perfeito! Vou conferir sim!! Valeus!!

      • 07/01/2010

        olá :)! que ótimo achar um post sobre esse game em português, estou querendo muito comprar o game, mas como estamos no Brasil não é uma decisão muito fácil, já que o game original custa cerca de 90 “realetas” e depois de Need for speed:Shift, que é eu achei odiei estou sendo cuidadoso.

        Sendo bem sincero o Último RPG de que eu joguei foi The Elder Scrolls : Morrowind … eu adorava a liberdade que eu tinha no game, me parece que oblivion como continuação ficou ainda melhor.

        Minha dúvida é se eu vou ter uma experiencia parecida com Dragon Age : Origins?

        Ah! se vc souber onde eu consigo um TES: Oblivion Original para PC eu ficaria muito grato! é impossivel achar esse jogo a não ser no ML, onde eu não sei se o game vai vir com o manual em frangalhos ou pior todo riscado :/

        • 07/01/2010

          A experiência em Morrowind é um pouco diferente em Dragon Age. A principal delas é q o jogo realmente acaba quando vc zera a missao principal, o q nao acontece em Morrowind e nem em Oblivion. E por falar nele, vc ainda encontra ele p vender em lojas sim, mas acho que compra-lo online será mais facil. nao precisa comprar no ML, as vezes em lojas como fnac vc encontra tb! =D

  45. Kodamakun
    05/01/2010

    Ah, só queria dizer que minha personagem é uma Warrior Humana especializada em Dual Weapon, é muito legal isso! Falta 1 de DEX para eu poder usar duas espadas longas (eta), uma em cada mão!! hahaha!!

  46. 05/01/2010

    Expansão DRAGON AGE AWAKENING em março!!!

    http://dragonage.bioware.com/awakening

    Ai meu bolso meu deus!!! rss =P

  47. 06/01/2010

    […] *Leia a análise completa de Dragon Age Origins AQUI. […]

  48. 07/01/2010

    […] Resenha do jogo no Girls of Wars; […]

  49. Marcelo
    07/01/2010

    to numa parte muito chata do jogo… poxa essa história nao vai pra frente…

    reconheço o esforço dos criadores do jogo para tornar a história interessante, mas esse jogo simplesmente não se desenvolve bem… é só um monte de missões obrigatórias para unlockar outras missões… sem nenhuma sidequest interessante… e que tenha realmente importância.
    quer coisa mais chata que aquela cidade dos anões ? uma tentativa de criar algo parecido com os senhor dos anéis que no final não traz nenhum ar empolgante pro jogo, muito pelo contrário…

    e esse mapa do mundo … essa cidade la que dizem que é mais importante do reino… só tem meia duzia de casas… e uma feirinha que nao tem nada pra vender…

    esse jogo nao empolga nada, só continuo jogando porque sou overpower de nascença e a unica coisa legal é conseguir XP e itens mais legais pros personagens.

    espero que se tiver o Dragon Age 2, seja bem melhor ambientado…

    • aureliox
      14/01/2010

      CUIDADO, O COMENTÁRIO ABAIXO CONTEM SPOILERS:

      Poxa, eu achei a história bem envolvente, a história inicial do personagem é sempre legal e motiva a continuar a aventura, além de dar profundidade ao personagem. Em seguida tem a história da Iniciação e tal, que é show, e a inesperada (pelo menos para mim) traição. Aí você fica pensando, Oh grande Maker, o que fazer agora para salvar o mundo?? Daí, nessa parte do jogo a história começa a se ramificar e são muitas quests para poder voltar a resolução da missão principal. Quando eu joguei pela segunda vez achei mesmo meio chatinho esse meio, ir em cada cidade levar os pergaminhos e em cada uma delas encontrar um problema a ser resolvido… porque é muita dungeon e você já sabe o que vai acontecer (com algumas variações). Eu concordo plenamente com você que a cidade dos anões é o inferno, tirando o torneio que é massa, aja tela de loading nessa cidade. E de brinde ainda tem aqueles túneis…
      Mas a cidade dos elfos eu achei o máximo, gostei da história, e dá uma sensação legal de “resistam seus mongolóides, protejam suas mulheres e filhos!” aquela cidade ataca por zumbis :D. E claro que a cidade principal é quase nada, porque simplesmente está acontecendo uma guerra mundial, é o fim dos tempos, o Apocalipse! É tudo precário e carente de ajuda.

      ———————FIM DO SPOILER—————————

      O negócio é que os diálogos são muito bem feitos, inteligentes e eles que dão a graça do jogo, toda motivação. Se você não tem paciencia para ler ou instalou a versão em um idioma que não entende, então vai achar o jogo uma porcaria. Porque de combate, itens e poderes avacalhados o jogo não tem muito não, ou pelo menos não tem o suficiente para se destacar da grande massa de games medianos que circulam por aí. Bem, é a minha opinião.

  50. Matador de Healer
    11/01/2010

    Reclamações, todos temos, tenho uma lista até que grande, mas o que realmente me incomoda é o fato de não poder subir em uma colina e mandar flecha na testa dos inimigos e não ter online, queria poder jogar com 4 amigos, seria uma mão na roda, pois tem momentos que a Falta de Inteligência Artificial ferra minha vida!

    Mas é um p…jogo, história épica, personagens bem elaborados, escolhas de caminho.. bem odeio essas escolhas, porque sempre sou malvadão e perco personagens por decapitá-los (mas é claro, isso deixa o jogo muito mais interessante).. não foi diferente dessa vez, acabei por matar a dona healer, que veio pedir minha ajuda e levou facada nos zóio! lol.. tadinha da “mor” tá virando dps e healer.. sobrecarreguei a dona! ahhaahhaha

    • aureliox
      14/01/2010

      O melhor é que você pode fazer muitas escolhas egoistas, mas seu personagem vai continuar sendo um herói que se arrisca para salvar o mundo.

  51. alemao
    14/01/2010

    esse jogo to conhecendo agora , gosto de jogar jogos de rpg mas utimamentye eu estava jogandu mt counter strike, treinando, jogandu camps e etc. e parei com rpg to voltando agora o ultimo rpg q joguei e fexei foi o final fantasy 7 do play rs agora to voltanmdo a jogar e to com esse jogo aki um amigo me arrumou e tava pesquisando sobre eles e li o comentario sobre o jogo aki e gostei mas pra eu nao passar mt perrem no jogo keria umas dicas de personagem eu gosto de jogar com mago o q seria bom para um mago? quais as melhores habilidafes para ele obter, kual a melhor equipe, taticas e etc, tudu q podem me ajudar com informacoes q possa fazer com que eu desenvolva melhor o jogo ficarei grato, porq e foda jogar rpg e depois que vc tiver no meio vc descobri q se tivesse feito o char de outra forma evoluido outras coisas ele estaria melhor, entao me de algumas dicas e informaçoes, desde ja agradeco!

    • aureliox
      14/01/2010

      Eu aconselharia a investir na magia de gelo (congelar é A APELAÇÃO do jogo!)e fortuitamente ter uma magia de cura para não ficar assim tão dependente de healers. Magos tem pouca vida, procure ficar mais distante nos combates e mantenha os guerreiros na frente, cuidado com os safadenhos dos arqueiros que ficam atacando os magos de longe. Não joguei muito de mago, então é isso.

      • alemao
        14/01/2010

        qual a magia de cura qual o nome?

        • aureliox
          14/01/2010

          Bem, no meu jogo é “Sanar” porque está em espanhol. Em ingles eu nao sei como é. Mas é fácil, é a magia com uma cruz verde na seção abaixo da seção das magias elementais.

  52. alemao
    14/01/2010

    como e melhor fazer o mago evolui primeiro as magia primordial as de atakes? evoui kelas magia de espiritu entropia e bom akilo ? e na ghora de escolhe habilidade la, ladrao, etc

  53. signorini klerk
    16/01/2010

    muito bom o post, o jogo é bom, muitas opções e finais diferentes.

    primiero jogo onde o mago vale a pena, o que me chamou a atenção foi o modo de controlar e propor taticas de combate com os party. Primeiro jogo onde se pode “segurar” seus companheiro atras de um blizzard sem que eles literalmente entre dentro da tempestade.

    uma resalva, arcane warrior é muito apelão, 70 de armadura e 80 de defesa (140 caso tiver a wyner no grupo), simplismente impenetravel.

    Mais apelão e arcane warrior + blood mage (controla 1, blood woond nos outros e inferno se caso sobreviver saca a espada e vai pro pau com sua humilde defesa – party para que????).

  54. Rafa
    17/01/2010

    Esse é o verdadeiro sucessor de Baldur’s Gate, Neverwinter Nights tentou ser mas não conseguiu, aproveitou o mesmo universo mas pecou em algo que Icewind Dale também pecou, que foi a falta de história dos personagens que compoem a equipe, Baldur’s Gate foi um marco, vc formava sua party durante o jogo, cada personagem tinha sua história e entrava em conflito com outros, e acontecia romances dependendo da sua evolução, Dragon Age seguiu os mesmo passos e está aí mais um sucesso, obrigado Bioware por nos dar um sucessor do lendário Baldur’s Gate

  55. Bart
    21/01/2010

    Ola Vivi!

    Muito fera esse post.

    Assim como vc, só Dragon Age superou meu vício por Oblivion e Fallout 3, uma única ressalva, achei o game muito curto. Já terminei ele uma 3 vezes e ainda não enjoei.
    Vc apontou alguns bugs, mas não ocorreram comigo. Quanto ao “Loading”, acho que vc precisa trocar o PC :) rs.
    Fui!

  56. Eden
    27/01/2010

    Tentei arduamente jogar Dragon Age mas não consigo, esse jogo não desce pela goela.

    Os gráficos são muitos bons (com exceção das mulheres que parecem uma tábua de passar roupa) mas a jogabilidade do combate é muito fraca. Os skills também são muito mal projetados, parecem até que não investiram muito nisso. Dá até pra se divertir um pouco conversando, mas quando vai pro combate, pronto vira “zergueação”.

    Outra coisa que eu não gostei é como você consegue aprovação dos personagens. Tem que ficar se preocupando com “eita fulana não pode ver isso, deixa ela em casa” o tempo todo. Aff esse povo se revolta demais por pequenas ações da gente.

    Não tem comparação com NWN2, que por sinal é uma obra de arte. Tudo lá te envolve, a estória, os personagens, o combate.

    Outro jogo assim é Mass Effect, que por sinal o relacionamento com os personagens é de uma forma mais natural, sem “ganhou tantos pontos de aprovação” e sim você ter que perceber conversando apenas. E o combate, simplesmente o melhor. Gráficos muito reais, dá pra realmente entender os personagens olhando os rostos deles. Fiquei muito envolvido com Mass Effect 2.

    Achei muito estranho Dragon Age ter recebido tantos premios. Acho que se não tivesse BIOWARE escrito na caixinha, teria tido bem menos fusuê em cima desse jogo.

    Vixe o post saiu maior do que eu plenajava. Bem se não jogou mass effect, jogue! Ahh e as cenas de sexo lá são sem roupa de baixo, sem mostrar as partes! do jeito que você comentou como ideal.

  57. Mateus
    01/02/2010

    alguem ae pegou a juggernaut armor?
    xD

  58. Gabi
    02/02/2010

    Gente eu virei O ermitão da montanha enquanto jogava DA!!!

    Sério mesmo foram duas semanas em casa, sem sair. E o trem foi ficando pior com o tempo, nos últimos três o qutro dias antes de terminar o jogo eu dormia super tarde jogando e acordava cedo pra jogar!

    Mas eu tenho que contar o meu drama, quanto mais tempo eu jogava mais travado ficava o jogo e o mais legal é que da segunda vez que joguei (sim, sou viciada) aconteceu a mesma coisa, no início ia fácil sem arrar nenhuma vez no fim eu tinha que praticamente matar uma galinha preta, acender sete velas e pedir pra Maker!
    O momento mais lindo foi da primeira vez em que joguei, tinha praticamente virado a noite jogando, tinha dormido pouquissimo, já era dez da manha quando finalmente matei o Archedemon e o jogo travou numa tela de loading eu esperei uma meia hora e o jogo não carregou, foi por muito pouco que não chorei, tive que matar tudo novamente!

    Amei o jogo de paixão, quero casar com alistair e tudo, mas alguém também achou o final corrido? Não estou dando uma de fã que queria 3064 horas de jogo, eu não escolhi o Alistair pra ser rei e mesmo assim ele deu um discurso digno do Aragorn no portão de mordor, até procurei os hobbits! Eu achei o fim meio pelas coxas, sabe o cara cansou de fazer o jogo e terminou assim mesmo.

    Eu queria tanto poder fazer um pacto com o Archedemon e não matá-lo.

  59. Mateus
    03/02/2010

    saUHsAHUSAUHuahsuhsauhsa
    meu personagem chama Aragorn
    EURI

  60. 03/02/2010

    […] de novo! A Bioware anunciou para 16 de março também o lançamento da primeira expansão do RPG Dragon Age Origins. O conteúdo extra, que ainda não tem preço definido (eu nem queria…… imagina!), […]

  61. Walter
    21/02/2010

    E ai pessoal,

    Deixo aqui meus comentários sobre está aventura, no mínimo interesse para aquelas que detestam RPG.

    O jogo apesar de muito demorado, deixa no jogador a sensação de querer mais, ou já acabou? Além disso, são infinitas as possibilidades de jogo, sendo que você escolhe por onde acabar, o jogo remete às famosas táticas de RPG, que puderam ser exploradas graças ao “Pause”.
    Enfim, terminei, nem sei quantas horas de jogo, o final deixou MUITO desejar, curto demais, mas são raros os jogos com finais bons, ou somos nós que por ver um jogo tão bom, ficamos muito exigentes.

    Meus personagens durante quase todo jogo foram, Maga como Principal, Whynne outra maga, Morrigan +1 maga hehe e então fiquei OBRIGADO a pegar um lixo de personagem para abrir baús e invocar urso, só isso mesmo pessoal.

    Deixo a dica que personagem mago é muito roubado, pois cada um dos 3 lança magia de área que fica quase impossível alguém chegar perto de você.

    Do mais é isso galera, bom jogo para todos.

    Att. Walter
    Dúvidas para meu e-mail.

  62. dj sallen
    04/03/2010

    estou começando a jogar o D A no xbox 360 e estou adorando muito louco….recomendo demais,……

  63. Marcelo
    23/04/2010

    Dragon Age é muito phoda.

    Eu sou fã de RPG, desde a época do Atari, alguém lembra daquele jogo que tinha um castelo branco e outro preto, que a gente tinha que matar uns mostros com uma seta e vc era um quadrado amarelo que ficava piscando? Pois é, sou dessa época bizarra.

    Aconteceu uma coisa inesperada com Dragon Age, eu estava jogando Fallout 3 pela segunda vez, fazendo o estilo manual do sobrevivente, visitando vários locais que nunca tinha ido. Quando cheguei no OASIS, quem joga sabe o que é. Lá chegando me deu um banzo da idade média que comecei a procurar nas lojas alguma coisa do gênero. Eis que li um comentário sobre o game, não o conhecia, então resolvi levar e experimentar.

    Fiquei viciado. Muito viciado, de procurar coisas na internet, dicas e tudo o mais. A história é muito boa, os personagens são muito cativantes e vc acredita na história contada, por mais que seja clichê. Meu personagem é Arathorn, sobrinho bastardo de Aragorn. Esse jogo fez com que deixasse as westerlands de lado por um tempo…um longo tempo….

    Cara muito phoda o jogo.

    Marcelo

  64. Cuzfozfóz
    05/05/2010

    Hoje 04/05/2010 finalmente eu zerei com meu elfo mago ! nunca vi um jogo de rpg tão bom quanto esse ! lembra muito um “neverwinter nights 2” melhorado. é admiravel !

    Só não gostei muito do meu final, eu finalmente derrotei o chefão, mas isso custou minha vida ! é claro que fui honrrado com estatuas, libertação do circulo da magia e um pouco mais de respeito aos elfos, mas ainda sim fiquei morto ! caramba queria ter tido um final menos cruel viu.

    Mas ainda sim o jogo é emocionante, lembro que a adrenalina correu solta quando eu estava levando xingo do viado do logain, e quase pulei de emoção aqui quando decepei a cabeça dele. huhu !!

    Recomendo à todos que gostem de rpg !

    Ps: excelente blog(não pude deixar de elogiar;)

    • joão
      29/05/2010

      ola!
      estou jogando DA jah tem uns dias e acabei e completar a missão de Ozamar e queria saber como desbloqueia as especializações de guerreio arcano e a do mestre em cura(esueci o nome XD)se poder me ajudar agradeço

      obs: meu char eh um mago lvl 15.

  65. 08/07/2010

    […] Análise de Dragon Age Origins […]

  66. 11/07/2010

    […] para PC, Xbox 360 e PS3. Enquanto a sequência não chega, náo percam a oportunidade de jogar Dragon Age Origins, que se tornou o jogo mais vendido da história da Bioware. (E meu atual xodó também! […]

  67. 27/07/2010

    preciso saber como faço para ver as missões em português??

  68. Ana
    11/08/2010

    Eu já zerei o jogo e realmente Dragon Age foi uma ótima experiencia em relação aos jogos, especialmente rpg. Nunca tive paciência para jogar rpg, até que resolvi sentar diante do jogo e acabei indo até o fim. rsrsrs
    Não sei se há outros jogos semelhantes a ele no que se diz respeito a escolher personagens femininas, tomar decisões, etc. Mas se houver lá estarei eu de novo!
    Pena que em awakening você não tem opção de continuar ou investir em outro romance. Espero que eles mantenham isso nas próximas expansões. Achei bem interessante.

    • 17/08/2010

      Teste também: Neverwinter Nights e The Elder Scrolls IV: Oblivion ^^

  69. 17/08/2010

    […] de Dragon Age 2. – Leia mais sobre Dragon Age 2. – Análise para quem ainda não conhece o universo Dragon Age Origins. ………………………….. [Atualização] Veja […]

  70. Setimo7
    18/08/2010

    To tentando da uns pega na Wynne , mas, me parece impossivel , qnto mais ganho o carisma dela ,mais me trata como filho !!! A Morrigam ja peguei (chatinha viu) , agora to no tesão com a Wynne, depois q ela me falou q nunca conheceu o amor , é minha obrigação faze-la descobrir a alegria de amar (ossos velhos tbm merecem amar), mas to achando q n tem jeito a bioware é contra esse tipo de romance entre um jovem e uma linda senhora !!! Será q tenho chance ?

  71. Lior
    03/09/2010

    Vivi! Tô com um probleminha aqui no jogo. Eu não consigo achar todos os membros da party!!!Falta a Leiliana e o monstrengo…Eu me sinto muito pressionado quanto a isso…Me ajudaa.I beg you u.u

  72. BARNABÉ
    17/09/2010

    nossa vivi,
    como voce fala (escreve) bem!!! comecei a ler seu post, e como de constume ia dar uma olhadinha bem superficial, afinal….time is money…. mas nao consegui parar de ler… me cativou… até as respostas aos comentarios eu li todas!!!
    a partir de hj, esse site esta nos meus favoritos e pode esperar por mais comentarios meus…. eu sei que aki nao eh twiter mas eu vou te sguir!!!!!!!!
    i think i fall in love………..:] first saw love (nossa,,, essa expressão existe….ushsuhsus)

  73. will
    17/11/2010

    as escolhas naum fazem tanta diferenca no fim sao 2 escolhas pegar ou largar

  74. Elrond
    06/12/2010

    alguem ai tem todos os membros da party?

  75. cleiton
    15/12/2010

    Eu tambem ja terminei este jogo,cara muito manerotudo que da pra fazer fentiços,magias,poderes,caraca,eu já dei final mas mesmo a sim continuo jogando,a parte mais dificil foi matar a mãe da morigam no level mais dificil caraca meu.
    o mulher chata ela e muito forte
    mas eu quero saber como que eu faço pra conseguir chamar o golem pro meu grupo

  76. 08/01/2011

    […] Leia a análise de Dragon Age Origins. GostoBe the first to like this […]

  77. Fragnani
    18/06/2011

    Vivi, o motivo do nome do jogo ser Dragon Age ser esse é por cause do calendário do mundo de Thedas. nele, a cada 100 anos é uma nova era. A época do jogo se passa na era do dragão = Dragon Age.

  78. gui begotti
    03/01/2012

    vivi eu queria saber se o alistair sai da party?? não quero encher ele de coisas e ele sai e me abandona sem nada hahahah

  79. 19/01/2012

    eu ja zerei esse jogo e ele e otimo porem não sei se tem jeito de jogar depois de zera-lo
    alquem me ajuda

  80. Marco Gabriel
    25/04/2012

    to na luta contra o uldred da torre dos magos. Minha party é Wynne, Alistair e Zevran. E eusou um Guerreiro de espada e escudo. Nao consigo passar. Qual e a melhor tatica pra isso

  81. 17/07/2012

    Vivi
    Não sei tu sabe responder minha pergunta,mas pra mim entender TODA a história eu tenho que baixar a expansão do DAO ?????

  82. 17/07/2012

    Eu terminei o DAO(dragon age origins)
    E baixei e instalei o DA2

  83. 17/07/2012

    Eu presciso ou não da expansão??

  84. Elizandro
    05/06/2014

    Sem dúvidas o melhor jogo RPG que já joguei, e talvez um dos melhores em geral. não é pra menos que praticamente todo mundo gostou (quem não gostou ou é porque não conseguiu se adaptar ao jogo, afinal os players de hj só querem fps fps fps ou porque é retardado) o jogo é ótimo, mescla a história e o combate de um jeito ótimo, tô na segunda campanha agora no hard (primeira foi um mago, agora tô de elfo da cidade guerreiro) depois dessa vou baixar as expansões e ir pro DA2 pra outubro pegar o DA3

Crie uma conta no gravatar.com para colocar sua foto nos comentários.

Sempre que comentar em algum blog com o email cadastrado, aparecerá sua imagem.