Dragon Age Inquisition – Algumas Impressões

Tags: análise, BioWare, Dragon Age, Dragon Age 2, Dragon Age II, Dragon Age Origins, Dragon Age: Inquisition, Ferelden, Orlais, RPG

dragonage-1

[Não há spoilers de nenhum jogo da série no texto. Podem ler tranquilos]

Vocês devem estar imaginando por que algumas impressões e não já o review completo, certo? Bem, a resposta é simples: ainda não terminei o jogo, mas já joguei o suficiente para tentar convencê-los de jogar também – apesar de já ter detectado alguns bugs que, infelizmente, viraram “moda” nos lançamentos atuais das grandes produtoras.

Acredito que também não seja novidade para ninguém o quanto amo a franquia Dragon Age e a Morrigan é minha ídola sexy-bitch rs. Dragon Age Origins foi para mim um game sensacional, com personagens cativantes e história bem imersiva. Dragon Age 2 foi legal, não sejamos completamente injustos, mas foi muito aquém do antecessor e deixou uma sensação de “é necessário resgatar a honra da franquia” em muita gente.

ps4-game-7084-lower-marqAí, no final de 2014, chega Dragon Age Inquisition e faz tudo o que DA2 deveria ter feito e mais: resgata aquela sensação maravilhosa de exploração, conforme você desbrava os reinos de Ferelden (onde se passou DA Origins) e Orlais (que é mencionado algumas vezes nos jogos anteriores). Novos companheiros de equipe aparecem e antigos e nostálgicos personagens, que antes caminhavam com você, reaparecem como apoiadores da sua causa, novamente como companheiros de party ou como antagonistas misteriosos.

Dragon Age Inquisition se passa exatamente um ano após os acontecimentos de Dragon Age 2 e o seu personagem se encontra no meio de uma guerra épica entre magos e templários. Esse conflito é resultado direto do final de DA2. Mesmo jogando Inquisition no PS4, e ter jogado os dois games anteriores no PC, de certa forma acredito que tenham resgatado um pouco do meu gameplay passado, ou foi mera coincidência, mas minhas escolhas estavam lá. Quem estiver jogando no PC confirme essa informação para mim, por favor.

Inquisition_members

Uma observação importante e que alguns já vieram me perguntar: eu recomendo, fortemente, ter jogado ou jogar antes os dois primeiros games antes de encarar Inquisition. Não que você não vá conseguir entender o contexto da história, mas é que o jogo não se preocupa diretamente em te atualizar dos eventos passados logo no início e você pode, ou não, descobrir o que aconteceu depois – conversando com NPCs ou lendo papeiszinhos por aí. Ter jogado os outros games vai te ajudar também a identificar alguns personagens já de cara e dar aquela sensação nostálgica de reencontrar algum companheiro ou algum personagem marcante.

Visualmente falando, ao menos no PS4, Inquisition está lindo e a variedade de cenários possíveis de se explorar torna a experiência ainda mais marcante. Você em um momento pode estar cercado de neve e ventosdragonage-2 cortantes na vila de Haven, tentando não se afogar nas tempestades da litorânea Storm Coast, lutando contra hordas de undeads em meio a um pântano ou mesmo torrando em pleno deserto. É claro que você também verá cidades humanas, élficas, de anões e bosques floridos, mas dessa vez a Bioware fez questão de sair da zona de conforto em relação a cenários e isso foi ótimo.

Encontrei alguns bugs no jogo e um bug constante que enche o saco, mas é fácil de resolver. Entre os bugs mais simples estão sempre aqueles em que algum NPC fica preso na parede, ou algum companheiro de party fica dando pulos da morte infinitos. O pior que tive até agora foi um crash no jogo e quase perdi o save. Isso só não aconteceu porque eu tenho uma mania doentia de salvar o jogo, em diferentes slots, a cada 10 ou 15 minutos (ou quando algo sério acontece). Inclusive, enquanto a BioWare não liberar um patch para o jogo, recomendo fazer muito isso para quem for jogar. O outro bug irritante que encontrei foi no áudio que, às vezes, simplesmente some. Para resolver é só dar pausa e voltar para o jogo. É rápido de solucionar, mas irrita.

O gameplay de Inquisition está mais amigável com os consoles do que antes e a câmera tática é uma ótima aliada para usar sua estratégia contra adversários mais poderosos ou para enfrentar hordas de inimigos.

dragonage-3

Vocês devem estar se perguntando: “hum… Ok… Mas e a história do jogo?”. Bom, o que não é novidade para ninguém é que neste game você será um Inquisidor e deverá, a princípio, fechar umas brechas para uma outra dimensão, chamadas de “Fade”, que estão atraindo monstros e outros demônios para Thedas (o universo em que o jogo está inserido). Disse a princípio porque o jogo está longe de ser só isso, maaasss… Vou parar por aqui. Se quiserem saber mais da história terão que jogar ou ler o spoiler em outro lugar. :)

E por que você deve jogar Dragon Age Inquisition? Bom, se você – assim como eu – for um fã de RPG, exploração, histórias bem elaboradas e personagens cativantes é sim um must play. Estou adorando o game e devorando cada minuto como se fosse o último, mesmo com alguns bugs irritantes – que espero que corrijam logo. É isso, nos vemos em Thedas! Até porque agora tem multiplayer também.

Dragon Age Inquisition está disponível para PC Windows, Xbox 360, Xbox One, PS3 e PS4.

Vivi Werneck
Share on Tumblr
Feed do Post
9 Comentários em "Dragon Age Inquisition – Algumas Impressões"
  1. 04/12/2014

    Vivi, você vai fazer um Psycho cast como fez com Skyrim né? Todos iriam amar! \o/

    • Vivi Werneck
      04/12/2014

      huuummm… boa ideia! vai me poupar um tempo precioso! Curti. Assim que fechar o jogo faço um cast-review. =)

  2. Rafael
    04/12/2014

    O primeiro Dragon Age. foi um dos melhores jogos que joguei no PS3, por isso estou ansioso pra botar as mãos no Inquisition

    • Vivi Werneck
      04/12/2014

      se curtiu o primeiro, vc vai amar esse!

  3. 04/12/2014

    Uma vez que tive de procrastinar a compra do meu PS4 pro ano que vem… Acho que pegarei a versão do PS3 mesmo! Parece um jogão, mesmo na old gen! Vivi… Bjo, sua linda! :)

  4. Carlyson
    04/12/2014

    Vivi a bioware salvou todo os nossos dados nos seus servidores ( basta vc registra o jogo , independente da plataforma ele fica lá guardado), dai basta logar sua conta que ela faz a verificação dos seus saves e importa. Ela dar até a opção de vc ir lá no site e escolher o save especifico que vc quer usar.

    • Vivi Werneck
      04/12/2014

      boa! obrigada pela dica. =D

  5. 19/12/2014

    ACABEI de comprar o meu! De PS3, é verdade… Mas é o que temos pra agora! ;)

  6. Darth Gama
    25/12/2014

    Joguei o DAO de tanto a Vivi falar bem do game, e curti pacas. O segundo também achei legal, mas deixou a desejar em relação ao primeiro, e o terceiro é compra certa pro ano que vem. Só estou na dúvida de compro pro 360 mesmo ou se aguardo um pouco mais e compro pro One (quando eu tiver o console, claro…).

Crie uma conta no gravatar.com para colocar sua foto nos comentários.

Sempre que comentar em algum blog com o email cadastrado, aparecerá sua imagem.