Aniversário Castlevania: Parte 2

Tags: aniversário castlevania, Castlevania, Girls of War, konami, podcast, supercontrole podcast

Hellow, meus amores!

Lembram que participei de um podcast no SuperControle Podcast sobre o aniversário do meu amado Castlevania? Se não lembra, cliquem AQUIIII ÓÓÓÓ!!

Entonces, como é história pra dedéu, uma encheção de linguiça from hell, tivemos que fazer uma segunda parte sobre a história do nosso lindo jogo vampírico onde SEMPRE controlamos o mocinho que vai no castelo e mata o Draculão-lindo-gostosão-UHUL!, e todos vivem felizes para sempre e têm muitos cachorrinhos! Pois é, pois é, pois é, cliquem no bannerzinho abaixo pra curtirem a segunda parte do Podcast CASTLEVANIA!

Obs: Não estava dentro de uma lata quando gravamos a segunda parte, tá? E tá certo que esse podcast está no ar HÁ MUITO TEMPO, mas acabou passando a hora de eu postar aqui. TCC me consome, gente, entendam! Snif…

P.S: Pode ocorrer de eu ter soltado algumas “pérolas” no meio do podcast, como alguma confusão de informações sobre os jogos, mas como faz MUITO tempo que os joguei, capaz que eu tenha esquecido de algo ou misturado as bolas.

Clarice dos Santos
Share on Tumblr
Feed do Post
16 Comentários em "Aniversário Castlevania: Parte 2"
  1. Marco
    02/10/2011

    Essa imagem do post é do Takeshi Obata? *o*

  2. leandro(leon belmont)alves
    02/10/2011

    sua voz é linda Clarice, assim como você ^__^

    estou ouvindo o podcast e estou adorando, também curto Rondo of Blood. uns dos melhores castlevanias já feitos.

    bom domingo!

  3. leandro(leon belmont)alves
    02/10/2011

    Clarice, essa parte do Galamoth….

    em SOTN, a gente tem que enfrentar Galamoth para aí sim pegar a névoa envenenada. com a névoa normal, é só passar por baixo das pernas dele quando ele lançar o ataque de raios com o cetro e bater nele até morrer. eu cheguei a matar ele só com as faquinhas e a Gladius, e sem a proteção contra trovão.(sou demais ;))

    e esse Castlevania Jugdement, eu só jogaria por causa da Shanoa, uma das minhas Deusas nos games.(linducha) e eu vou agora jogar o Lord of Shadow na locadora aqui. e fã que é fã, não acha defeito em nenhum jogo da série.

  4. Leonardo
    02/10/2011

    Esse podcast está bacano mas, como na 1ª parte, a Jejé monopoliza demais a conversa, e comete erros que podiam ser evitados se ela fechasse a matraca. Por exemplo, dizer que foi o pobretão Vincent Dorin a chamar Jonh Morris e Charlotte quando na verdade foi a a Igreja. O Hammer não foi parar por acaso, ele foi enviado pelo Exército para investigar mas acabou sendo preso na biblioteca. “Não faz sentido que os Belmont tenham sangue vampiro”, claro que faz, isso explicaria o facto de o Trevor já ser tão forte sem o auxílio da alquimia, ao contrário do Leon, e acrescentava mais profundidade à história pois isso significaria que todos os Belmonts são netos do Drácula e são eles que têm o fardo de acabar com o Príncipe das Trevas!.
    Quanto ao Lords of Shadow, tou com a Clarice e não gosto do LofS. Os actores que deram as vozes prometiam muito e fui ver a parte inicial do jogo no youtube só para ver se valia a pena comprar, mas a partir do momento em que o Gabriel e o Pan parecem russos labregos, eu não suportei nem iria suportar jogar. O jogo tem um feel demasiado medieval e Senhor dos Anéis sobretudo na música “épica” em vez do ambiente gótico. Já para não falar…

    SPOILER SPOILER SPOILER

    que o Satã aparece, WTF?? Só falta Deus descer à Terra. No entanto a parte da exploração acho muito boa e deve ser implementada em futuros Castlevanias a sério, nomeadamente num futuro jogo da guerra de 1999.

    • leandro(leon belmont)alves
      02/10/2011

      “Não faz sentido que os Belmont tenham sangue vampiro”, claro que faz, isso explicaria o facto de o Trevor já ser tão forte sem o auxílio da alquimia, ao contrário do Leon, e acrescentava mais profundidade à história pois isso significaria que todos os Belmonts são netos do Drácula e são eles que têm o fardo de acabar com o Príncipe das Trevas!.

      para inicio de conversa, você já deve saber que Lords of Shadow não faz parte da saga oficial. então, essa saga do Gabriel Belmont deve ser ignorada em termos de historia, embora seja um p@!#!# jogo massa.

      Trevor belmont sempre foi sarado,bombado e Kratos da vida, veja os Flyer dos jogos do Nes para conferir. e eu não acho Drácula tão fodão assim para apenas os Belmonts o matarem. Cornell é um lobisomen e o derrotou, Jonanthan e Charlotte(fofinha,totosinha) também deram uma coça nele,Nathan Graves com a suas cartas de YUUUGIIOOHH!! também o venceu, Shanoa(Deusa totosa) o deteve e o trancafiou.(bem feito)

      e estou no seco para jogar esse Lord of Shadow, mas primeiro vou arrancar a cabeça do Zeus em GOW 3.

      PS:Leon Belmont é o cara!!(e muito macho)

  5. leandro(leon belmont)alves
    02/10/2011

    e eu prefiro achar que Matthias Cronqvist é um personagem qualquer, ainda não me desceu aquele papo que ele vai ser o Drácula no futuro.

    ele nem tem o Vlad Tepes no sobrenome.

    • Leonardo
      02/10/2011

      Quanto ao LofS nem vale a pena mencionar. Apenas comentei a questão dos actores e tudo o resto diz respeito quer à timeline oficial quer à timeline com todos os jogos (excepto mesmo LofS).
      Assim sendo, o Trevor ser sarado não quer dizer que alguma força excepcional não fosse resultado do papá Alucard e da mamã Sonia (caso se tenha em conta o jogo e não a timeline limpa pelo IGA).
      Em segundo, realmente não só os Belmont podem destruir Drácula mas todos os exemplos que você deu têm um “quirk”: Shanoa utilizou o própio poder do Drácula (Dominus), Jonathan Morris utilizou o chicote dos Belmont e a Charlotte é parente dos Belnades (não é dito no jogo mas sim numa entrevista dada pelo IGA), quanto ao Nathan, infelizmente esse não faz parte da timeline oficial (acho que podiam voltar a colocar o jogo e quem sabe a Shanoa podia ser a mãe que foi morta juntamente com o pai e só sobrou o velho Baldwin), e se fizesse era preciso saber se o “Hunter Whip” é ou não o “Vampire Killer” com outro nome, caso não fosse, parece ser também um chicote de alquimia mas não existem detalhes. Tendo em conta estes exemplos, volto a repetir que o facto de os eventuais netos e bisnetos Belmont, depois de Trevor, de Drácula serem o seu carrasco daria maior tragédia à história, até porque, nas palavras de Leon Belmont: “This whip and my kinsmen will destroy you (Dracula) someday. From this day on, the Belmont Clan will hunt the night.” Tudo começou com Belmont e acabará com belmont.
      Esta porcaria de confusões deve-se à ditadura do lucro de querer encher os bolsos com jogos sem sentido na cronologia, feitos por vários directores, sobretudo a questão que o próprio IGA criou entre SotN (os 500 anos de Drácula) e o LoI. Já referi noutro post, e acho que foi a Clarice que o mencionou também no podcast, aquela cena do IGA primeiro fazer o sistema: assim nunca mais se tem uma timeline como deve ser e que se entenda, porque supostamente os Belmont desapareceram mas de alguma forma todos os aldeões da aldeia Wygol em OoE são descendentes!? Então não havia nenhum aldeão que tivesse culhões para ser guerreiro!? E ainda estou para perceber porque raios é que o Julius necessitou de ajuda de padres JAPONESES para selar o Drácula! Já para não falar que para nós ocidentais o Soma é Europeu e está de intercâmbio no Japão mas para os japoneses ele é mesmo japonês! Ah, ainda outra: supostamente o Castlevania (o castelo em si) não aparece no mesmo sítio mas o Barlowe faz uma menção de que o mal cresce na “sombra” de Castlevania, e essa treta é viível nas diferentes formas do castelo desaparecer – ou por completo como em Hof D, ou ficando um resto da entrada como em OoE. A sério, castlevania, juntamente com Metal Gear e Pokémon, é dos jogos que mais gosto mas esta incongruência entre jogos me deixa fulo da vida ( e ainda tinham que chamar o Kojima para Castlevania? Ele que se fique pelo MGS, ZOE e Snatcher ou ainda vamos ver o Castlevania a ser unicamente da Kojima Production).
      UFA, acabei!

      • Hélio
        03/10/2011

        Pior q a cronologia de Castlevania, só a de Zelda mesmo. :D

        • Heishiro Mitsurugi
          04/10/2011

          A cronologia do Zelda é realmente bem mais bagunçada mesmo. Pior que eu já vi um vídeo de um gringo que fez a árvore de cronologia da série, encaixando todos os jogos até o Twinlight e pior que o cara ainda vai explicando, tem doido pra tudo.

  6. leandro(leon belmont)alves
    02/10/2011

    “This whip and my kinsmen will destroy you (Dracula) someday. From this day on, the Belmont Clan will hunt the night.”

    foi com essa frase FODÁSTICA que Leon Belmont tornou-se para mim o meu héroi favorito na série.

  7. Leonardo
    03/10/2011

    Pra mim, o melhor Belmont é mesmo o Juste. Foi o meu 1º e assim continuará: teve que encontrar a Lydie e ainda salvar o Maxim. Só não percebo porque é que dizem que o Juste é a cara chapada do Alucard. Pessoalmente acho todos os Belmonts feitos pela Kojima muito parecidos, sobretudo o Trevor e o Juste.
    Ainda não joguei com o Leon mas é um dos meus favoritos. estou à espera por um remake HD dos títulos PS2.
    De Zelda apenas joguei o Oracle of Ages e fiquei lixado quando descobri que para platinar o jogo era preciso o Oracle of Seasons.
    Com MGS, o problema é só mesmo perceber a história dos personagens porque felizmente não há problema com a cronologia, salvo saber se o Portable Ops ainda é canon, face ao Peace Walker.

    • Hélio
      03/10/2011

      Claro q Portable Ops é canon, cara!
      Veja bem, Portable Ops se passa 4 anos antes de Peace Walker, um não exclui o outro.

  8. Leonardo
    03/10/2011

    Mas existe aquela cena logo no início em que o Miller diz para o Big Boss: “We can leave all that crap at San Hieronymo behind” e o facto de ambos os jogos se apresentarem como o “missing link”. O facto de uma das músicas do P.Ops aparecer no MGS4 poderia ser indicatico da canonidade do jogo mas este também faz referência ao MGS Ghost Babel, que não é canon. Pessoalmente, espero bem que seja canon porque as músicas são demais, sobretudo o tema do Cunningham e do Gene, e a própria FOX está muito bacana nesse jogo.

    • Hélio
      03/10/2011

      Bom, amigo, Portable Ops relata eventos q se passaram entre MGS3 e Peace Walker. Um NÃO veio pra substituir o outro. Aliás, não sei pq tanta gente pensa assim, já q se passam em períodos diferentes! Nunca vi nada no PW q contradiz o Portable e vice-versa.

      • Hélio
        03/10/2011

        Essa fala do Kaz não quer dizer q os eventos de Portable Ops não aconteceram, só quer dizer q o Snake deve deixar o seu passado pra trás, sacou?

  9. helinux
    08/10/2011

    castlevania sempre!!!!

Crie uma conta no gravatar.com para colocar sua foto nos comentários.

Sempre que comentar em algum blog com o email cadastrado, aparecerá sua imagem.